conecte-se conosco


Policial

Depois de um histórico de violência, mulher denuncia ex-companheiro, preso em flagrante por perseguição

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Policiais da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Sinop (Dedm) prenderam em flagrante nesta quarta-feira (01.12) um homem de 53 anos por perseguição contra sua ex-companheira. Contra o suspeito, os policiais civis constataram um mandado de prisão pelo crime de estupro de vulnerável decretado pela Justiça de Goiás.

A mulher de 35 anos chegou de Goiás nesta semana e na quarta-feira procurou a Polícia Civil para denunciar o ex-companheiro, que saiu do estado vizinho e veio até Sinop procurá-la.

Histórico de abusos

A vítima relatou na Delegacia da Mulher que conviveu com o suspeito por dez anos, em Goiânia. Durante todo o relacionamento, foi brutalmente espancada, mantida em cárcere privado, sendo impedida de sair à rua, a não ser em companhia dele, e também de ver seus familiares ou usar telefone.

Ela contou ainda que era obrigada a vestir-se com roupas masculinas e a viver com o cabelo raspado. Em diversas ocasiões, foi agredida fisicamente e teve o braço fraturado por duas vezes, não podendo receber atendimento médico. O suspeito também a ameaçava de morte.

No fim de novembro, ela decidiu se separar e pediu ao suspeito para vir a Sinop, o que ele concordou. Contudo, dias após ela chegou na cidade, o agressor começou a procurá-la, indo inclusive a um canal de televisão local pedindo ajuda para encontrar a vítima. O suspeito também ofertou dinheiro a pessoas conhecidas dela para que informassem o paradeiro da ex-companheira.

A vítima então procurou a delegacia e relatou todo o histórico de violência sofrida ao longo dos dez anos.

Após o registro da ocorrência, os policiais realizaram diligências e localizaram o agressor em um hotel próximo à rodoviária de Sinop. Ele foi conduzido à central de flagrantes da Delegacia de Sinop, onde foi autuado pelo crime de perseguição, previsto no Artigo 147-B, do Código Penal.

Os policiais tambem cumpriram o mandado de prisão por estupro de vulnerável expedido em 2019 pela 2a Vara Criminal da Comarca de Aparecida de Goiânia. O suspeito é investigado pelo crime cometido contra a própria filha de 13 anos.

Depois dos procedimentos na delegacia, ele foi encaminhado à penitenciária de Sinop.

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Diretoria Geral e Prefeitura de Colíder discutem sobre projeto da nova delegacia para o município

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT 

A Diretoria da Polícia Civil se reuniu nesta semana com gestores da Prefeitura de Colíder para tratar sobre a construção da nova delegacia do município.

No encontro realizado na quarta-feira (19), o delegado-geral adjunto, Gianmarco Paccola e o diretor de Interior, Walfrido Nascimento, receberam o prefeito de Colíder, Hermerson Máximo (Maninho) e o secretário de Comunicação, Ed Motta. A proposta para a construção da nova delegacia foi discutida também com a equipe da Diretoria de Execução Estratégica (DEE).

“Uma parceria importantíssima, que fortalece a atuação do Estado e a melhoria na prestação de serviços e de um ambiente de mais qualidade para servidores e população”, destacou o delegad-geral adjunto.

De acordo com a delegada Ana Paula Faria Campos, da DEE, a Prefeitura de Colíder fará o projeto executivo da nova unidade, que passará pela análise da equipe de engenharia da Polícia Civil, assim como a área que será doada pela Prefeitura.

Após a construção, a Polícia Civil ficará responsável pela informatização da unidade e instalação de rede lógica e mobiliário.“Vamos organizar toda a parte de terrenos, infraestrutura e demais parcerias para construir em definitivo o novo prédio para a Delegacia da Polícia Civil de Colíder”, disse o prefeito.

O projeto prevê uma unidade moderna, ampla e com estrutura adequada em conformidade com as necessidades de uma delegacia da Polícia Civil.

Também participaram da reunião a delegada de Colíder, Paula Araújo e a delegada regional de Alta Floresta, Ana Paula Reveles.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Traficante é preso em flagrante pouco tempo após sair de penitenciária, no sul do estado

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem de 46 anos, reincidente no tráfico de entorpecentes, foi preso em flagrante nesta quinta-feira (20.01) pela equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Rondonópolis. A prisão ocorreu pouco tempo depois dele sair de uma unidade prisional da região.

A equipe da delegacia especializada tem intensificado o combate ao tráfico na região do bairro Jardim das Flores e estava investigando a atuação do suspeito, que retomou a venda de drogas, como maconha e cocaína, na modalidade ‘formiguinha’, logo após sair da Penitenciária Major Eldo de Sá Corrêa.

Com base nas informações reunidas sobre a atuação do traficante, os investigadores passaram a monitorá-lo e observaram a movimetação típica de usuários de entorpecentes na residência do Jardim das Flores.

Nesta quinta-feira, os policiais da Derf abordaram um usuário que saía da casa e com ele encontraram uma porção de pasta base de cocaína. Em buscas na residência, foram encontradas resquícios de drogas, embalagens, outros apetrechos característicos da venda de entorpecentes.

No ano passado, o traficante foi preso pela Polícia Civil pela mesma prática criminosa. Ele responde também por homicídio.

Encaminhado à Derf, ele foi autuado em flagrante por tráfico e depois enviado para a unidade prisional.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana