conecte-se conosco


Política MT

Decreto que autoriza a relicitação da rodovia BR-163 deve ser assinado por Bolsonaro nos próximos dias

Publicado

Deputado federal José Medeiros

Em reunião na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), na última sexta-feira (10), o deputado federal José Medeiros (PL) cobrou uma solução para a concessão da BR-163, uma vez que a Rota Oeste, concessionária que administra a rodovia, ingressou com pedido de devolução do trecho no final do ano passado. A boa notícia, de acordo com Medeiros, é que o presidente Jair Bolsonaro (PL) deve assinar nos próximos dias um decreto que autoriza a relicitação da rodovia.

“Durante visita na ANTT fomos informados que viabilidade técnica e jurídica para relicitar a concessão da rodovia já foi assegurada. Enquanto o processo de relicitação não é concluído, será feito um contrato emergencial com a Rota Oeste ou com outra empresa para manutenção da BR-163, que já é chamada de rodovia da morte”, comenta o vice-líder do governo Bolsonaro na Câmara Federal.

Em fevereiro deste ano, Medeiros acionou o Ministério Público Federal (MPF) pedindo a suspensão da cobrança do pedágio na BR-163. Além disso, o parlamentar solicitou que o MPF investigue o contrato da Rota Oeste e a legalidade da cobrança do pedágio mesmo com a devolução “amigável” da concessão da rodovia.

“É um absurdo a concessionária cobrar pedágio sem contrato e sem fazer a manutenção da estrada. Esse contrato é uma herança maldita do PT. Tudo nele favorece a Rota Oeste, garantias e mais direitos expressos para a concessionária, enquanto para o povo nada. São mortes, corpos e mais corpos que se avolumam e creio que esse sangue está nas mãos de quem não pensou na população ao estabelecer esse contrato. Pagar pedágio e não ter uma rodovia é inaceitável, é um crime! Felizmente o governo do presidente Bolsonaro está tentando resolver essa aberração deixada pelo PT”, disse Medeiros.

A Rota Oeste, que é subsidiária do Grupo Odebrecht, assumiu o contrato de concessão da rodovia no governo Dilma Rousseff (PT). No contrato, previa a duplicação de todo o trecho, mas a empresa acabou se valendo de diversas cláusulas, argumentou diversos direitos infringidos para não fazer a duplicação e entregar a concessão. A duplicação do trecho entre Rondonópolis à Cuiabá foi realizada pelo DNIT.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Política MT

Janaina nega racha no MDB por candidatura própria e diz que só Emanuel quer o partido fora da base de Mauro

Publicado

Deputada negou crescimento de movimento na legenda para que ex-prefeito Percival Muniz seja lançado ao governo

O vice-presidente do MDB de Mato Grosso, deputada estadual Janaína Riva, afirmou à imprensa nesta quarta-feira (6), na Assembleia Legislativa, que o seu partido está coeso no apoio à candidatura do governador Mauro Mendes à reeleição. Segundo ela, não existe ala crescente no MDB em favor de candidatura própria, como exemplo, a do ex-prefeito de Rondonópolis, Percival Muniz.

“Não vejo uma ala que está crescendo, é a mesma ala que sempre discordou das decisões do partido, que é a do prefeito de Cuiabá, Emanuel e do seu filho agora, que entrou no partido, migrou na janela eleitoral. Fora isso eu desconheço qualquer político com mandato que defenda que o partido deixe a base do governador Mauro Mendes”, declarou.

Segundo a deputada, seria, no mínimo, desleal o MDB abandonar Mendes neste momento. “Eu considero que quem deixa a base aos 45 minutos do segundo tempo, fez parte da gestão, endossou o governo, agora vai deixar de apoiar de última hora. Se essa fosse a decisão teria que ter deixado lá atrás, teria que ter tido a coragem de abrir mão de cargos no governo, abrir mão de espaço e trabalhar por um novo projeto”, opinou a parlamentar.

Conforme Janaína Riva, há um entendimento em torno da reeleição de Mendes. “Não só eu, mas todos os deputados tem o entendimento de que o partido tem que caminhar com o governador. Mas o partido é democrático e vamos votar em convenção”.

Janaína Riva entende que a candidatura do ex-prefeito de Rondonópolis é coisa dessa pequena ala. “Acho que o Percival está sendo fomentado por esse grupo de descontentes dentro do partido. Não aprenderam que isso tem que ser trabalhado dentro do partido, não tem clima para candidatura própria. Se tiver um ou dois prefeitos do partido que não apoiam o governador é muito. O governador está consolidado no Estado e o partido coeso com a gestão. Não menosprezo qualquer candidatura, mas temos que defender um projeto de grupo e nada pessoal”.

 

Continue lendo

Política MT

Beto Dois a Um acompanha abertura dos Jogos Estudantis e de Seleções Mato-grossenses em Pontes e Lacerda

Publicado

Pré-candidato a deputado estadual, Beto participou da etapa regional da competição e também visitou o município de Jauru

Em visita ao município de Pontes e Lacerda, o ex-secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), Alberto Machado, o Beto Dois a Um (PSB), a convite do prefeito, Alcino Barcelos, acompanhou a 49ª edição dos Jogos Escolares e Estudantis de Seleções Mato-grossenses. Competição disputada nas modalidades coletivas do basquete, futsal, handebol e vôlei para atletas/alunos de 12 a 17 anos masculino e feminino, que conta com mais de 2 mil atletas dentre as equipes participantes.

Pré-candidato a deputado estadual, Beto, que fez parte do processo de organização da competição à frente da pasta do Governo do Estado, parabenizou a todos os envolvidos na iniciativa e ressaltou a importância de que eventos dessa natureza continuem sendo promovidos, para que o esporte se consolide como ferramenta de transformação social.

“São dois grandes eventos do calendário esportivo mato-grossense. O prefeito Alcino e o secretário Gustavo Lana sabem da importância do esporte e investem neste setor no município de Pontes. Importante reconhecer também o trabalho do time da Secel e a todos que contribuíram para a realização deste evento”, destaca Beto.

“É preciso parabenizar, principalmente, os atletas de todas as delegações, técnicos, árbitros, famílias que sabem da importância do esporte para vida de cada um de nós, que possamos seguir firmes nesse rumo de usar o esporte  como fator de transformação social na vida das pessoas”, completa.

Beto Dois a Um relembra ainda a importância dos jogos estudantis e da continuidade que o atleta pode ter na modalidade com incentivos do Governo Estadual. “Criamos o projeto Olimpus pensando no fortalecimento da base, que começa dentro das escolas. É uma valorização para que nossos atletas e treinadores tenham condições de continuar nos representando”, afirma.

O Governo do Estado de Mato Grosso, através Secel-MT, em parceria com as prefeituras dos 12 municípios-sedes, promoveu o evento que compõe o calendário esportivo do estado.

A etapa de Pontes e Lacerda contou com participantes de nove cidades diferentes, tais como: Campos de Júlio, Comodoro, Figueirópolis d’Oeste, Jauru, Rondolândia, Sapezal, Vale de São Domingos e Vila Bela da Santíssima Trindade. Além da participação de uma equipe de Santa Cruz de La Sierra, Bolívia.

Jauru

Beto Dois a Um também cumpriu agenda na cidade de Jauru, onde foi recebido pelo prefeito Passarinho, a secretária de Cultura e o secretário de esportes do município, onde foram debatidas pautas relacionadas à promoção do esporte, cultura e lazer dentro da cidade.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana