conecte-se conosco


Política MT

Decreto do governo estadual determina “fecha tudo” a partir das 19 horas em todos os municípios

Publicado

Governador Mauro Mendes, presidente da AL, Max Russi e o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo durante reunião virtual com prefeitos [Foto – Maike Toscano]

Em uma rápida fala com a imprensa, no início da tarde desta segunda-feira (1), o governador Mauro Mendes (DEM), falou das medidas que serão adotadas em Mato Grosso para o combate do coronavírus e evitar um colapso no sistema público de saúde.

“O governo conseguiu segurar a ocupação dessas taxas da ocupação de UTIs, mas chegamos no limite. Lamentavelmente temos que adotar aquilo que o Brasil inteiro está fazendo, o mundo inteiro já fez, que é diminuir a circulação de pessoas para diminuir a situação do vírus”, disse Mendes.

Conforme o governador, “essas medidas ainda não são um lockdow geral, o fecha tudo, mas vai funcionar das 5 da manhã até as 19 horas, neste horário as atividades permanecem normais. A partir das 7 da noite até as cinco da manhã, só farmácias e equipamentos da saúde e postos de combustíveis”.

“O sistema delivery vai poder funcionar até às 22 horas, mas a partir das 19 horas, todos terão que fechar. E a partir das 21 horas vai existir o chamado toque de recolher, a polícia vai estar nas ruas, com barreiras, nas principais cidades, onde nós tivermos força policial para isso”, explicou o governador democrata.

Segundo Mauro Mendes, “os prefeitos participaram conosco de uma grande reunião, onde nós informamos isso, o Ministério Público vai estar fiscalizando. Eu espero que a população compreenda. Lamentavelmente, essa semana vamos chegar, provavelmente, a quase 100% da ocupação de nossas UTIs. Se não frearmos o vírus teremos muita perda de vidas”.

Mendes explicou que ainda hoje encaminha, em regime extraordinário, um projeto de lei para a Assembleia Legislativa, com as novas medidas. “Nesse projeto estará contida a possibilidade de multa para quem descumprir. Teremos multas pesadas que não gostaríamos de aplicar. Mas quem descumprir será multado”.

Sobre a questão da vacina, Mauro Mendes observou que “essa sempre foi uma responsabilidade do Ministério da Saúde. O governo compra e manda para os governos estaduais. A do coronavírus é uma corrida mundial. Independente do governo federal, eu estou tentando comprar há mais de um mês, já falei com vários laboratórios. Amanhã mesmo estamos indo em Brasília para uma reunião com os demais governadores e a presidência, para tentar um acordo com o fabricante da vacina Sputnik”.

 

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política MT

Deputado diz que apoio de Bolsonaro é importante e reconhecimento por seu trabalho

Publicado

Presidente anunciou que Medeiros é o seu candidato ao senado em 2022

O deputado federal José Medeiros (Podemos), que teve o apoio declarado do presidente Jair Bolsonaro para disputar o Senado na eleição de 2022, disse a jornalistas nesta terça-feira (20), que recebeu a notícia com surpresa, e que a posição do presidente é uma sinalização importante.

“Fiquei muito contente, óbvio que tem muito tempo ainda. Em termos político, há ainda uma eternidade. Mas é uma sinalização importante porque a gente tem trabalhado bastante e isso é reconhecimento do trabalho que temos feito”, declarou.

Conforme José Medeiros, “Mato Grosso é um Estado que tem reconhecido o trabalho do presidente Jair Bolsonaro, ele tem muito apoio aqui. Eu tenho representado o governo no Congresso Nacional. Então, quando o presidente lembra de um nome, de um parlamentar do Estado, eu digo que é importante até para o próprio Estado. Mostra que Mato Grosso está no radar do presidente”, disse.

“Foi surpresa, e óbvio que isso a gente ainda vai discutir, se vai ser isso mesmo que ele quer e assim por diante. Você não pode ser candidato de si mesmo, tem que conversar com toda a direita aqui de Mato Grosso, ciscar para dentro, unir todo mundo porque, acima de tudo, nosso projeto maior é reeleger Bolsonaro presidente da República”, declarou Medeiros.

Segundo o parlamentar federal, “se tudo der certo, isso se concretiza, mas é preciso ter muita habilidade, construção de projetos. Eu acho que está aberto, tanto a candidatura a governo quanto a de Senado, e eu estou pronto para definir”.

Medeiros destacou que esse projeto “está muito embrionário, o importante agora é ficar rouco de ouvir, e conversar também, porque política é feita de prosa e neste momento estamos conversando com todos os atores. Mas o momento não é de pensar em eleição agora, o foco total tem que ser na pandemia. O Governo Federal está focado, neste momento, é para fazer as coisas funcionarem e até o meio do ano, a população esteja vacinada”, completou.

 

Continue lendo

Política MT

Mauro Carvalho rebate críticas e cobra deputado para que deixe as redes sociais e trabalhe por Mato Grosso

Publicado

Chefe da Casa Civil lamenta que prefeito não tenha trabalhado para trazer benefícios para MT

Em entrevista na rádio CBN Cuiabá (95,9 FM), nessa segunda-feira (20), o secretário-chefe da Casa Civil de Mato Grosso, Mauro Carvalho (DEM), criticou a postura do deputado federal José Medeiros (Podemos), de promover acusações infundadas, de ‘baixo nível’ nas redes sociais contra o Governo do Estado.

“É lamentável, vejo com tristeza. Se o deputado Medeiros pegasse toda essa energia que ele tem nas redes sociais e se dedicasse a ajudar o povo de Mato Grosso, realmente as coisas estariam diferentes. Eu pergunto: o que o deputado José Medeiros fez?”, questionou o secretário-chefe da Casa Civil.

O secretário acrescentou que Medeiros destinou poucos recursos para o estado de Mato Grosso no combate da pandemia, e fez questão de destacar que todos os parlamentares da Bancada Federal e da Assembleia Legislativa também destinaram. “O que ele fez de diferente? Então pegue toda essa energia e traga em benefício”, disse Mauro Carvalho.

Sobre o fato de o parlamentar federal ter declarado que a compra da vacina russa, a Sputnik, pelo governador Mauro Mendes (DEM), é uma jogada política, o secretário Mauro Carvalho afirmou que “espero que ele ajude Mato Grosso a realmente adquirir e ficar com essas vacinas, que interfira junto ao presidente Jair Bolsonaro, junto às Embaixadas, ajude Mato Grosso. Porque se ele pegar toda essa energia no sentido de ajudar, com certeza vai ser diferente, mas ele usa toda essa energia para criticar, vir com coisinhas baixas, para fazer embate sem valor nenhum, sem conteúdo nenhum”, disparou Carvalho.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana