conecte-se conosco


Esportes

Debaixo de forte chuva Corinthians estreia em casa e empata com Palmeiras

Publicado


O Corinthians empatou sua primeira partida em casa, pelo Paulistão, na noite desta quarta-feira (03). Após sair perdendo por 2 a 0, o Coringão conseguiu correr atrás do empate em noite marcada por muita chuva e desfalques por conta do Covid-19.

Timão escalado

O técnico Vagner Mancini decidiu levar a campo uma equipe formada por: Matheus Donelli; Bruno Méndez, Jemerson, Gil, Lucas Piton; Cantillo, Roni, Rodrigo Varanda, Cazares, Mateus Vital e Jô.

À disposição no banco de reservas, o treinador corinthiano contou com: Caíque França, Luan, Otero, Matheus Araújo, Araos, Antony, Adson, João Victor, Gabriel Pereira e Xavier.

Bola em jogo

O Corinthians começou o jogo com dificuldades na troca de passes. Logo aos 5 minutos o Timão errou um passe no meio de campo, e a bola sobrou pra Lucas Lima, que conseguiu driblar e finalizar para abrir o placar.

Aos 10 a primeira grande chance corinthiana. Após ótima inversão de jogo, Cantillo achou Lucas Piton na lateral, que cruzou pra Rodrigo Varanda cabecear levando muito perigo ao gol adversário. Pouco tempo depois, aos 18, nova jogada com Piton, parecida com a anterior. O lateral driblou pela esquerda e rolou para Jô, que dentro da área acabou não conseguindo finalizar, pois o zagueiro travou a jogada.

Aos 25, o segundo gol palmeirense. Após nova bola perdida no meio de campo, o Palmeiras conseguiu um contra-ataque que terminou em finalização de Gabriel Silva, ampliando o placar.

Aos 28, o Timão conseguiu trabalhar bem a bola na intermediária adversária até que Mateus Vital conseguiu uma finalização de fora da área levando muito perigo.
Logo no minuto seguinte, Rodrigo também finalizou de longe para defesa do goleiro palmeirense.

As duas equipes tiveram muita dificuldade para trabalhar a bola depois dos 30 minutos, quando a chuva aumentou e acabou impossibilitando as jogadas pelo chão. Em uma jogada aérea, o Timão conseguiu diminuir. Em falta na lateral do campo, Cazares levantou na área e Jô conseguiu o desvio para Mateus Vital. O camisa 22 dominou e bateu rasteira na saída do goleiro, aos 35.

Aos 40 outro lance de bola parada. Cazares jogou novamente na área palmeirense e a zaga conseguiu afastar, mas no rebote Rodrigo Varanda cabeceou para Vital bater forte, mas pela lateral do gol, sendo o último lance de perigo da primeira etapa.

Segundo tempo

O Timão voltou sem alterações para o segundo tempo. A partida recomeçou com o Corinthians melhor em campo, e logo aos 3 veio o empate. Roni conseguiu uma bola enfiada para Mateus Vital, que cruzou para Rodrigo Varanda fazer o primeiro gol como profissional, deixando tudo igual em Itaquera.

Após esses primeiros minutos, a partida começou a ficar picotada no meio de campo. As duas equipes tentando o domínio, mas sem efetividade.

Aos 18, um susto para o Timão. Em chute de longe, Cássio conseguiu um leve desvio na bola que ainda tocou a trave e logo depois fez outra defesa em cabeceio fraco do ataque alvirrubro.

Vagner Mancini realizou suas primeira substituição aos 16 minutos, com a entrada de Otero no lugar do Cazares, já que o venezuelano tem a característica do chute, aproveitando o campo molhado e aos 30, alteração dupla, com a entrada de Xavier no lugar de Cantillo e Luan ocupando a vaga de Rodrigo Varanda.

Nenhuma das equipes conseguiu criar mais chances de gol até os 33, quando Piton cruzou para a área e Jô conseguiu o desvio de cabeça, levando perigo para o gol palmeirense. Logo no minuto seguinte outra jogada do lateral esquerdo, que dessa vez cruzou, mas a zaga adversária afastou para escanteio.

Aos 42, a penúltima substituição: Mateus Vital deu lugar à Antony, mais um garoto da base, de 19 anos, que fez sua estreia.

O jogo continou sem nenhum dos times criar outra chance de gol. Aos 48, Edina Alves Batista encerrou o Derby, que acabou empatado em 2 a 2.

COMENTE ABAIXO:

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Mato-grossense: Com chuva de gols neste domingo, mata-mata das quartas será agendado pela FMF

Publicado

Neste domingo, na Arena Pantanal, o Ação venceu o União por 3 a 0, e se garantiu na quinta colocação.

Nas quartas de finais, as equipes voltam a se encontrar para decidir um semifinalista. Pikachu, Pedro Paulo e Lukako fizeram os gols do Tuiuiú.

NO PASSO DAS EMAS
Em Lucas do Rio Verde, Luverdense e Poconé empataram por 0 a 0 no fechando da 1° fase. Com os resultados de momento, o Luverdense enfrenta o Nova Mutum nas quartas de finais.

NO DITO SOUZA

No Cristo Rei, o Operário venceu o Sorriso, de virada, por 2 a 1. Willian abriu o placar para o Lobo do Norte. Luan e Odair Jr viraram para o Tricolor.

COMO FICA?

Na próxima fase, as equipes voltam a se encontrar, caso o Dom Bosco não ganhe do Cuiabá, logo mais a tarde.

 

Continue lendo

Esportes

Palmeiras inscreve 50 jogadores para disputa da CONMEBOL Libertadores 2021

Publicado


Dentre os profissionais, apenas Danilo Barbosa fará sua estreia na competição – reforço contratado para a temporada 2021, o meio-campista chegou ao Verdão em março deste ano. O jogador mais jovem do grupo é o atacante Giovani, de 17 anos. O garoto integra o elenco Sub-17 alviverde, mas já acumula três jogos pelo time profissional, todos pelo Campeonato Paulista 2021.

A lista palmeirense conta ainda com seis atletas estrangeiros. Do profissional, foram inscritos o chileno Benjamín Kuscevic, o paraguaio Gustavo Gómez e o uruguaio Matías Viña; da base, o equatoriano Erick Pluas, o colombiano Marino e o panamenho Newton.

Veja a lista de inscritos:

Goleiros: 1– Vinicius, 21 – Weverton, 24 – Natan, 31 – Mateus e 42 – Jailson.
Zagueiros: 3 – Renan, 4 – Benjamín Kuscevic, 13 – Luan, 15 – Gustavo Gómez, 33 – Alan Empereur, 43 – Jhow e 44 – Henri.
Laterais: 2 – Marcos Rocha, 6 – Lucas Esteves, 12 – Mayke, 17 – Matías Viña, 22 – Davi, 26 – Victor Luis, 32 – Gustavo Garcia e 46 – Vanderlan.
Meio-campistas: 5 – Patrick de Paula, 8 – Zé Rafael, 9 – Erick Pluas, 14 – Gustavo Scarpa, 16 – Vitinho, 18 – Danilo Barbosa, 20 – Lucas Lima, 23 –  Raphael Veiga, 25 – Gabriel Menino, 28 – Danilo, 30 – Felipe Melo, 34 –  Ramon, 35 – Fabinho, 40 – Caio Cunha e 45 – Pedro Bicalho.
Atacantes: 7 – Rony, 10 – Luiz Adriano, 11 – Wesley, 19 – Breno Lopes, 27 –  Gabriel Veron, 29 – Willian, 36 – Kevin, 37 – Rafael Elias, 38 – Marcelinho, 39 – Marino, 41 – Giovani, 47 – Robinho, 48 – Newton, 49 – Gabriel Silva e 50 – Pedro Acacio.

Os clubes podem fazer até cinco trocas na lista antes das oitavas de final, três antes das quartas de final e outras três antes das semifinais. A final da CONMEBOL Libertadores será realizada em jogo único, no dia 20 de novembro, ainda sem local definido.

Primeiro desafio fora de casa

O Palmeiras estreia no torneio continental na quarta-feira (21), às 21h, contra o Universitario-PER, no Estádio Monumental, em Lima-PER. No histórico entre as duas equipes, a vantagem é palestrina: em 12 partidas disputadas, são oito vitórias alviverdes e apenas quatro derrotas. Pela Libertadores, os times se cruzaram nas edições de 1971 e 1979, e o Verdão levou a melhor vencendo em três oportunidades e sendo superado em uma.

Desde a edição de 1979, o Alviverde não perde em uma estreia de CONMEBOL Libertadores – de lá para cá, foram 14 jogos com 11 vitórias, 3 empates, 35 gols marcados e 12 gols sofridos. O último revés na primeira rodada foi diante do São Paulo, pelo placar de 2 a 0, na edição de 1974.

Além Palmeiras e Universitario, Defensa y Justicia-ARG e Independiente del Valle-EQU completam o Grupo A. Os próximos desafios do Verdão na competição são contra o Independiente del Valle-EQU, no dia 27 (terça-feira), no Allianz Parque, em São Paulo-SP, e o Defensa y Justicia-ARG, em 4 de maio (terça-feira), no Estádio Norberto Tomaghello, em Florencio Varela-ARG.

Esta será a sexta participação consecutiva do Palmeiras no torneio, algo inédito na história do clube. O Verdão busca, além do terceiro título, o primeiro bicampeonato da CONMEBOL Libertadores conquistado no século XXI – o último time que levantou a taça duas vezes seguidas foi o Boca Juniors-ARG, em 2000 e 2021

O Maior Campeão do Brasil ostenta ainda uma série de marcas impressionantes na competição. O Palmeiras é o clube brasileiro com mais edições disputadas, ao lado de Grêmio e São Paulo,  com 21 (dos três, no entanto, o é o único que nunca caiu antes da fase de grupos), com mais gols marcados (363 gols em 197 jogos) e com mais vitórias como visitante (40), além de ser o segundo que mais venceu no geral, com 107 triunfos, atrás apenas do Grêmio, com 108. O Alviverde foi também o primeiro brasileiro a chegar em uma final de Libertadores, em 1961, ocasião em que ficou com o vice-campeonato.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana