conecte-se conosco


Opinião

JORGE MACIEL – De Selma às nádegas do Chico Rodrigues

Publicado

JORGE MACIEL

O spn ou sistema político nacional é uma instituição nada republicana, flexível e perversa, alimentada por uma leva de deseducados e desinformados que a cada eleição votam sem avaliar, pois que  são alimentados com promessas e melhorias feitas por candidatos – parte crias de mandatários já de longa data.

Como reclamou certa vez a ex-presidente [a] Dilma, no desespero ante à prestes cassação, o parlamento e a justiça brasileiros são extremamente seletivos. Todos que têm critério e bom senso concordam com ela. Pelo menos nisso.

O Senado Federal é uma bolha em que quem está dentro não sai (a depender da conivência com a sujeira) e quem está fora não entra. Enquanto cassaram a senadora Selma Arruda por abuso de poder econômico e caixa 2, numa investigação curta, inconsistente e ridícula, há ‘n’ senadores investigados por caixa 2, recebimento de propina, lavagem de dinheiro, participação em organizações criminosas – aí sim com processos robustos e inegáveis – , cujas decisões de perda de mandato ocorrerão quando nosso netos estiverem velhos, cansados e senis.

No universo jurídico, a cassação da Selma é uma das mais absurdas decisões do TSE e STF, até porque as duas arguições não são, para a maioria, devidamente comprovadas. Foi uma espécie de inquisição espanhola, ou a mesma acusação de heresia que levou a guerreira Joana d’ Arc à fogueira. Mas sem se fazer aqui comparações entre mandato e santidade.

O recente caso do dinheiro na cueca do senador Chico Rodrigues é regra no congresso. Falta de decoro e corrupção são fatos sem qualquer importância. Quando algum crime (ou suspeita) de crime ocorre, os senadores forjam um “acordão”, para livrar o dono do malfeito da punição. Chico Rodrigues tirou licença remunerada e ainda pôs o Chico júnior, seu suplente, no seu lugar.

Se se for elencar, desde Color de Mello até Ciro Nogueira, de Aécio Neves a Fernando Bezerra ou Renan Calheiros, há mais 17  senadores com o conceito de ética carcomido e sob investigação resguardada pelo instituto do foro privilegiado e pela prisão só após esgotados todos os recursos – e que só vale para eles.  Há, também, 107 deputados federais numa lista de gente com a moral deteriorada e com processos que consomem décadas e décadas.

Enquanto o Congresso – deputados e senadores- surfa no mar de lama e estercos, o país trabalha recolhendo impostos que bancam todos os tipos de privilégios e falcatruas.

E enquanto o mesmo Congresso e o STF se fingem de mortos e os processos encalham seletivamente, a miséria de alastra, os mortos se empilham nas Upas e hospitais, a educação vai para o brejo, a falta de empregos medra em um país que consome perto de quatro trilhões de reais todos os anos. Millor Fernandes disse certa vez que de nada vale o Brasil ser a 5ª economia do mundo e que melhor que fosse o penúltimo.

O spn é cinicamente funcional para o bem-estar de políticos, procuradores, ministros e empresários acobertados e entranhados nos três poderes. Enquanto isso, e até para blindar esse sistema, um pool de entidades de comunicação, financiado pelo erário, trata de sepultar informações. Os meios de comunicação rebeldes e investigativos tomam bordoadas, sofrem investidas diariamente até que caiam no descrédito ou se transformem numa leitura, audição e visualização extremamente aporrinhadoras.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Opinião

WILSON FUÁH – Força interior

Publicado

Não fique parado na esquina da vida, esperando que o ontem seja o orientador da escolha de novos caminhos.

O passado é apenas um grande arquivo que está cheio de lições de felicidade e tristezas, de sucessos e de derrotas, por isso não fique dirigindo o seu futuro olhando pelo retrovisor, porque o passado nunca mais voltará.

O seu futuro representa um estágio incerto, mas a sua conquista depende do seu primeiro passo e da sua vontade de seguir sempre enfrente, dando passos seguros e levantando a cabeça porque o tesouro que procura, não está no chão, e sim lá no alto, onde a fé fez a morada. Entenda que é através das conquistas das coisas mais simples, que conseguimos entender a magia da vida.

O grande mentor do seu futuro é a sua própria força de vontade, é nela que está instalado o forte sentimento de vencedor, tenha certeza que todas as futuras realizações estão situadas no plano invisível, e querer conquistar ou realizar um objetivo, é acima de tudo saber entender o estágio do passado e aceitar o presente com a situação mais realística possível, porque ninguém vive no futuro sem antes planejar o presente.

Perceba que em todos os momentos, aquilo que chamamos de destino, está a nos oferecer uma vaga de aprendiz na escola da vida, e em todos os momentos recebemos orientações poderosas, mas por serem silenciosas, não conseguimos ouvi-las.

Às vezes não pressentimos os fatos que podem ocorrer contra ou a nosso favor, porque somos transformados em escravos das nossas rotinas desnecessárias, porque muitos dormem com os olhos dos outros e acorda sem visão do mundo real.

Não devemos deixar que as influências externas tomem conta das nossas decisões, é por isso que existem pessoas perdidas pelo meio do caminho ou deitadas nos divãs tentando organizar os pensamentos permutados por falta de amor próprio e as vezes até impróprios.

Econ. Wilson Carlos Soares Fuáh – É Especialista em   Recursos Humanos e Relações Sociais e Políticas. Fale com o Autor: [email protected]    

 

Continue lendo

Opinião

LICIO MALHEIROS – Um sorriso bonito faz a diferença

Publicado

Ao longo dos anos, o problema de saúde bucal é cada vez mais reconhecido como precursor do impacto negativo na qualidade de vida dos indivíduos e da sociedade em que estão inseridas. A saúde bucal é essencial na vida das pessoas e desempenha papel importante na manutenção da qualidade de vida.

Esta qualidade de vida está atrelada a uma condição bucal saudável possibilitando ao indivíduo, desde desempenhar funções simples a funções mais complexas como falar, mastigar, viver livre de dor e desconforto, sorrir, reconhecer o sabor dos alimentos e se relacionar com outras pessoas sem constrangimento.

Vale ressaltar, as principais desordens bucais que atingem os indivíduos ao longo da vida são: cárie dentária, a doença periodontal e a perda dentária; para evitar tais desordens bucais, os cuidados devem ser implementados  na infância, adolescência, vida adulta e na velhice, pois em todas as etapas da vida, o indivíduo estará sujeito à desordem de saúde geral, física e psicossocial, em consequência de uma saúde bucal debilitada.

A chamada em questão tem como objetivo central, não apenas mostrar a importância da saúde bucal, como também a plêiade de ótimos dentistas que atuam nas 11 áreas, entre as quais: Cirurgia Geral, Ortodontia, Saúde Coletiva, Implantodontia, Odontologia Legal, Traumatologia e Cirurgia Bucomaxilofacial, Odontopediatria, Periodontia, Odontologia Estética, Endodontia, Odontologia do Trabalho.

Hoje, as redes sociais, desempenham papel importantíssimo em nossas vidas, pois no mundo virtual, são sites e aplicativos que operam em níveis diversos, mas sempre permitindo o compartilhamento de informações entre pessoas e/ou empresas.

Entre tantos dentistas, que atuam de forma decisiva e com qualidade nas diferentes áreas, como as acima citadas em nossa capital.

Como acompanho pari passu à atuação de alguns deles, um chamou atenção, não apenas por sua competência, como também por estar atuando nessa área há mais de 30 anos, portador de um curriculum invejável.

Reporto-me, ao cirurgião dentista, Ernani Caporossi, Especialista em Dentística Restauradora e Prótese Dental, MBA em Gestão de Saúde, membro fundador da Sociedade Brasileira de Odontologia Estética (SBOE), da Academia Brasileira de Osseointegração (ABROSSI) e da Sociedade Brasileira de Reabilitação  Oral (SBOR), formou-se em 1980, pela Faculdade de Odontologia de Volta Redonda, para, em seguida, cursar mais dos anos de especialização em dentística restauradora e prótese dentária, na Universidade Federal do Rio  de Janeiro (UFRJ).

Professor Licio Antonio Malheiros é geógrafo

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana