conecte-se conosco


Política MT

De olho em 2022, Niuam Ribeiro ensaia candidatura majoritária para ano que vem pelo PSD

Publicado

Niuam, com baixa densidade eleitoral, já que não aparece em pesquisas, para tonificar o nome para 2022

JORGE MACIEL

Os partidos começam a traçar planos não apenas para 2020, mas para as eleições estaduais e federais, daqui a pouco mais de três anos. Um dos degraus é formar presença nas eleições do ano que vem, para, quem sabe,  fazer decolar uma candidatura para deputado estadual ou federal, senador e até vice-governador ou governador em 2022.

Como acontece frequentemente, candidatos e partidos tomam as eleições intermediárias [as municipais, como as do ano que vem] para fortalecer nomes para a jornada de dois anos seguintes, em 2022.

Um desses tantos exemplos e eventuais anúncios é do vice-prefeito de Cuiabá, Niuam Ribeiro,lque migrou recentemente para o PSD. Niuam não esconde sua intenção de disputar a eleição de 2020. Na solenidade de reabertura da Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá, o vice do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), afirmou que qualquer partido que quiser construir um projeto para Cuiabá tem o seu apoio.

“Vou analisar todos os fatores antes de uma decisão, mas o partido que quiser construir um projeto para Cuiabá tem o meu interesse”, disse, argumentando que tem militado no PSD. “Tenho militado no PSD, a gente está caminhando junto, mas é uma coisa que ainda são projetos. Faz um tempo que não converso com Carlos Fávaro, mas de qualquer forma eu estou no PSD”, disse.

Para o vice-prefeito da Capital, “fazer política é conversar com pessoas e eu tenho conversado com pessoas. O Podemos tem um projeto de formar um grupo, quem sabe à prefeitura. Ele [Medeiros] quer crescer o partido dentro do estado. Com gente nova, renovação”, acrescentou Niuam Ribeiro.

Segundo ele, “da mesma forma que surgiu esse convite do Medeiros surgiu de outras siglas. Fazer política é conversar com as pessoas e eu não posso me isolar dentro do PSD, até porque qualquer candidatura à majoritária passa por uma coligação”, afirmou.

A postura do vice-prefeito cuiabano teve resposta imediata do presidente do PSD em Mato Grosso, o ex-vice-governador Carlos Fávaro. Segundo ele, “Niuam tem espaço no partido, é importante ele ficar no partido. Mas a gente entende a movimentação política também. O PSD trabalha candidatura majoritária em Cuiabá e ele sabe disso, não só em Cuiabá como em todos os pólos. É uma determinação da Executiva Nacional concorrer à majoritária em municípios com mais de 100 mil eleitores e retransmissores de televisão”, disse Fávaro, que também participou da solenidade na Santa Casa de Misericórdia.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política MT

Dr. Eugênio faz indicações ao Executivo para aquisições de ambulâncias a municípios do Araguaia

Publicado


.

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

O deputado estadual Dr. Eugênio apresentou indicações ao Executivo estadual solicitando a aquisição de ambulâncias para os municípios de Água Boa, Campinápolis, Cocalinho e Ribeirão Cascalheira. 

Na justificativa, referente a Cocalinho, o parlamentar explica. “ A população do município de Cocalinho, quando precisa de um atendimento especializado na área de saúde, sofre sistematicamente com as dificuldades impostas pela distância de centros com melhor estrutura hospitalar. Quando é disponibilizada uma ambulância para qualquer localidade, é sem dúvida nenhuma um alento, uma mensagem de esperança para àquela comunidade”.

Nas indicações, o deputado fala sobre a importância das ambulâncias para cada uma das cidades. “As ambulâncias equipadas são importantes para o deslocamento dos pacientes mais graves. Neste cenário de pandemia, a remoção de pacientes em veículos apropriados fará grande diferença, seja aqui na capital como ou interior do estado e, com certeza, ajudará a salvar muitas vidas, sobretudo onde o acesso à rede hospitalar é mais restrito, no caso dos municípios de Água Boa, Campinápolis, Cocalinho e Ribeirão Cascalheira. A remoção com suporte pode determinar a continuidade da vida de uma pessoa”, encerrou.

Fonte: ALMT

Continue lendo

Política MT

STF suspende requisição administrativa da União e manda empresa entregar respiradores ao Governo de MT

Publicado


A Procuradoria Geral do Estado deve entrar em contato com a empresa nas próximas horas para agilizar o processo de entrega dos equipamentos ao Estado

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu a requisição administrativa feita pelo Governo Federal e determinou que a empresa Magnamed Tecnologia Médica S.A. forneça os 50 ventiladores pulmonares (respiradores) comprados pelo Governo de Mato Grosso.

A decisão foi proferida nesta quinta-feira (28), quando foi deferida parcialmente a tutela de urgência requerida pelo Estado, afastando todos os argumentos do Governo Federal e da empresa.

A Procuradoria Geral do Estado deve entrar em contato com a empresa nas próximas horas para agilizar o processo de entrega dos equipamentos ao Estado, que serão utilizados em leitos de UTI’s.

Entenda o caso

O Governo de Mato Grosso havia comprado e efetuado o pagamento de 50 respiradores, por meio da Secretaria de Estado de Saúde. Contudo, quando o Estado já aguardava a entrega dos equipamentos, o Governo Federal fez uma requisição administrativa de todos os equipamentos produzidos pela empresa, que atingiu os aparelhos de Mato Grosso.

Por esse motivo, o Estado recorreu ao STF para que fosse garantido a entrega dos respiradores. Na primeira decisão judicial, do dia 1º de maio de 2020, o ministro determinou a entrega dos equipamentos, sob pena de multa diária de R$ 100 mil.

Contudo, após a União recorrer a decisão foi suspensa. Agora, com a tutela de urgência concedida, o Estado deverá receber os respiradores nos próximos dias.

 

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana