conecte-se conosco


Política MT

Dal Molin defende integração com a União para reduzir índices de criminalidade no campo

Publicado


Foto: Michel Ferreira / Assessoria de Gabinete

“Não podemos admitir que àquela família que trabalhou exaustivamente ao longo do dia, seja privada de uma merecida e segura noite de descanso”. A afirmação foi feita pelo deputado estadual Xuxu Dal Molin (PSC), na terça-feira (23), em Sinop, durante a abertura da terceira etapa da Jornada Nacional de Segurança Pública e Defesa Social.

 Idealizado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), com apoio da Prefeitura de Sinop, o evento reuniu integrantes das forças de segurança de várias regiões do país para troca de experiências e informações que auxiliem no combate à crimes praticados em áreas rurais.

Para o deputado, que também coordena a Frente Parlamentar da Agropecuária da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), é preciso investir em capital humano, além de garantir condições mínimas para que agentes de segurança pública atuem de forma mais efetiva e com abrangência em todas as regiões do estado.

 “Não estamos aqui apenas para cobrar. Muito pelo contrário, queremos reforçar nosso comprometimento com a segurança pública. O setor produtivo sempre estendeu a mão para o poder público, mas é preciso que essa relação seja recíproca”, avalia.

Ao se dirigir às autoridades políticas que participavam do evento, Dal Molin reiterou a necessidade de os municípios e estados se integrarem, ainda mais às ações desenvolvidas pela União.

Em outro momento, o parlamentar relembrou os seguidos escândalos de corrupção o que, segundo ele, contribuem para aumentar a sensação de impunidade no país.

“Há muitos anos eu venho reiterando que o pior inimigo de uma nação é a impunidade (…). Estamos há praticamente 3 anos sem nenhum caso de corrupção em âmbito federal ou estadual e é assim mesmo que deve ser. Não podemos esquecer que a corrupção alimenta a insegurança no campo e na cidade, além de ‘roubar’ a esperança do povo brasileiro”, disse.

 Presidente do Sindicato Rural de Sinop, Ilson José Redivo, destacou a contribuição do setor produtivo para a economia brasileira. Segundo ele, somente em 2020, o estado produziu cerca de 37,4 milhões de toneladas de grãos.

“O agronegócio de Mato Grosso é decisivo para o PIB do Brasil. Geramos empregos, renda e somos a mola propulsora para o desenvolvimento do país”, disse Redivo ao cobrar mais atenção ao setor.

Em resposta, o secretário de Estado de Segurança Pública (Sesp), Alexandre Bustamante dos Santos, anunciou a destinação de 50 novas viaturas para a Patrulha Rural da Polícia Militar.

O gestor afirmou, ainda, que a pasta investiu na compra de armamento, fardamento, drones, comunicação digital com rádios criptografados, entre outros equipamentos tecnológicos para garantir a expansão do serviço. “Reforçamos o patrulhamento na área urbana, mas sem esquecer do homem do campo. Até o segundo semestre de 2022, a Sesp estará cobrindo 100% das propriedades rurais do estado”, assinala.

Já o secretário Nacional de Segurança Pública (Senasp), coronel PM Carlos Renato Paim, reafirmou o compromisso do governo federal em manter os investimentos para o aprimoramento das ações relacionadas a segurança pública.

“Que tenhamos a capacidade de ter um diálogo franco, objetivo e transparente para que as boas práticas apresentadas, a respeito da segurança no campo, sejam aprimoradas e levadas para todas as regiões do Brasil. Além disso, que possamos propor novas estratégias para aprimorar o trabalho das instituições de segurança pública no campo e na cidade”, disse.

Jornada – A Jornada Nacional de Segurança Pública e Defesa Social, é uma iniciativa inédita do MJSP, que começou em setembro e será realizada em sete etapas, até março de 2022, com a discussão de temas como Encontro Nacional de Gestores de Estatísticas de Segurança Pública; Município, Segurança Pública e Criminalidade; Segurança nas Fronteiras – Integração e Apoio Mútuo; e Violência Doméstica e Contra a Mulher. A ação tem papel fundamental na discussão de novos caminhos e perspectivas para a segurança pública do país.

Fonte: ALMT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política MT

Dal Molin destaca importância de atuação conjunta para resolução de problemas agrários

Publicado


Foto: Marcos Lopes

O deputado estadual Xuxu Dal Molin (PSC) representou a Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) no 2º Seminário Agelider/Cidesa, realizado nesta quinta-feira (25), em Sorriso. Com o tema: “Selo de Inspeção Municipal e Regularização Fundiária”, o encontro contou com a participação de representantes de 13 municípios que compõe o Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico e Social (Cidesa), além do deputado estadual, Gilberto Cattani (PSL), e do secretário Especial de Assuntos Fundiários do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Luiz Antônio Nabhan Garcia.

 Ao garantir apoio para as ações de fortalecimento dos municípios da região, Dal Molin anunciou a celebração de um convênio que prevê a cessão de servidores do Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat) ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

“Há alguns meses estivemos no Incra, mas não para criticar ou reclamar do órgão, mas sim, para propormos algumas medidas a fim de dar celeridade ao processo de regularização dos assentamentos de Mato Grosso. Ao identificarmos a demanda, neste caso a ausência de servidores em número suficiente, apresentamos uma indicação por meio da Frente Parlamentar de Agropecuária (FPA) ao qual tenho a honra de coordenar”, disse Dal Molin, ao afirmar que “compete ao poder público a solução do problema. Independentemente de qual seja a esfera; municipal, estadual ou federal. Se existe um problema, temos a obrigação de resolvê-lo. O trabalhador rural não pode ficar à mercê da inércia do estado”, afirmou.

 O prefeito de Sorriso e presidente do Cidesa, Ari Genésio Lafin, também ressaltou a importância da atuação conjunta de municípios e o programa Agelíder. Este último formado por membros da sociedade civil organizada que atuam voluntariamente em busca de soluções para as demandas regionais.

 “O objetivo principal dos prefeitos é fazer com que o consórcio discuta as ações com os secretários municipais de desenvolvimento, economia e social em todos os sentidos (…). Sorriso já tem a descentralização e a velocidade é enorme. Agora temos que trabalhar para que os outros municípios tenham essa ferramenta em mãos”, pontua.

 “Os governos anteriores fizeram uma reforma agrária de forma inconsequente e irresponsável. Deixaram as pessoas jogadas ao léu. Encontramos inúmeras famílias abandonadas numa situação catastrófica”, lamentou Nabhan Garcia.

 Segundo o representante do governo federal, o número de títulos entregues em três anos já superou aqueles entregues nas últimas três décadas. Isso mesmo diante das dificuldades enfrentadas no órgão responsável pela regularização.

“Pegamos um Incra falido, sem recursos, sem estrutura técnica e totalmente contaminado por uma ideologia política. Sem alternativa, o governo partiu para as parcerias com as prefeituras dando surgimento ao programa Titula Brasil que já conta com 86 municípios mato-grossenses devidamente cadastrados”, comemorou.

Fonte: ALMT

Continue lendo

Política MT

Estado cumpre calendário e paga folha salarial de novembro aos servidores nesta terça-feira

Publicado

Folha de pagamento de novembro chega a R$ 535 milhões

O Governo do Estado paga, nesta terça-feira (30), os salários e proventos do mês de novembro dos servidores públicos ativos, inativos e pensionistas. A folha de pagamento líquida deste mês, segundo a Secretaria Adjunta do Tesouro Estadual, da Secretaria de Fazenda, foi de R$ 535.376.562,46.

Desse total R$ 350.816.123,91 destinam-se ao pagamento dos servidores ativos e R$ 184.560.438,55 para inativos e pensionistas. Vão receber salários e proventos cerca de 115 mil pessoas. As ordens de pagamento foram encaminhadas ao Banco do Brasil nesta segunda-feira (29).

Até meio dia de terça-feira todos os depósitos já terão sido processados pelo Banco do Brasil. Os valores estarão liberados tanto para quem tem contas no Banco do Brasil, como para aqueles que fizeram portabilidade a outros bancos.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana