conecte-se conosco


Internacional

Curva ascendente do Coronavírus dispara e Itália tem recorde de quase 800 mortes em um único dia

Publicado

Funeral de vítima de coronavírus em Bergamo

A Itália bateu mais um recorde no número diário de mortos na pandemia do novo coronavírus. Segundo balanço divulgado neste sábado (21) pela Defesa Civil, mais 793 pacientes faleceram em apenas 24 horas, elevando para 4.825 o total de vítimas no país.

O novo dado representa um aumento de 19,7% na quantidade de óbitos desde sexta-feira (20) e faz a Itália concentrar 38% de todas as 12,7 mil pessoas que já perderam a vida na pandemia no mundo inteiro.

Até o momento, o país contabiliza 53.578 casos, o que significa um crescimento absoluto de 6.557 contágios. Com as medidas de isolamento impostas pelo governo, a Itália conseguiu desacelerar o ritmo de avanço da pandemia, mas em velocidade insuficiente para frear a escalada de mortes.

Até 10 de março, quando entrou em vigor o decreto que colocou todo o país em quarentena, os contágios cresciam a uma taxa média de 25,10% ao dia; agora o índice é de 20,74%. Entre 20 e 21 de março, o número de casos subiu 13,94%, menor cifra dos últimos três dias.

“Esse é um sinal forte para dizer que ainda não levamos o perigo suficientemente a sério. Sem o respeito sistemático das medidas, não seremos capazes de retardar a difusão do vírus”, disse Silvio Brusaferro, presidente do Instituto Superior da Saúde (ISS), órgão subordinado ao governo.

Curados e internações. Ainda de acordo com a Defesa Civil, a quantidade de pacientes curados passou de 5.129 para 6.072 (+18,4%), enquanto o de casos ativos cresceu de 37.860 para 42.681 (+12,7%).

Desse total, 2.857 estão em terapia intensiva; 17.708 pacientes estão internados em quartos normais; e 22.116 estão em isolamento domiciliar. A Lombardia, no norte, ainda é a região com mais casos (25.515) e mortes (3.095).

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Internacional

França é 4º país a ultrapassar marca de 10 mil mortes por coronavírus

Publicado


.

 A França registrou, oficialmente, mais de 10 mil mortes por infecções em decorrência do coronavírus nesta terça-feira (7), tornando-se o quarto país a ultrapassar esse marca depois da Itália, Espanha e Estados Unidos, enquanto a taxa de crescimento das mortes avançou pelo segundo dia consecutivo.

Durante uma entrevista coletiva, Jerome Salomon, chefe da autoridade de saúde pública, disse que o número de pessoas que morreram da doença nos hospitais franceses aumentou 9% em um dia, para um total acumulado de 7.091, contra 10% na segunda-feira.

Mas ele acrescentou que, incluindo dados parciais sobre o número de pessoas que morreram em casas de repouso, o número total de mortes pela doença subiu para 10.328, ante 8.911 registrados na segunda-feira, em um aumento de 16%, contra 10% na segunda e 7% no domingo.

Continue lendo

Internacional

Covid-19: Turquia tem o número mais rápido de casos confirmados no mundo

Publicado


source
turcos arrow-options
AAMIR QURESHI/AGENCE FRANCE PRESSE/ESTADÃO CONTEÚDO

País registra velocidade de infecção acima das outras nações


O número de infecções por coronavírus na Turquia está aumentando: são mais de 3 mil novos casos por dia, chegando a 30.217 desde que o primeiro foi confirmado há quatro semanas.

As mortes relatadas permanecem muito mais baixas do que outros países gravemente atingidos, com 649, mas os números de infecção sugerem que a Turquia tem o número mais rápido de casos confirmados no mundo.

O presidente, Recep Tayip Erdoğan, resistiu aos apelos dos sindicatos médicos e políticos da oposição para ordenar que as pessoas parem de ir trabalhar, insistindo que as “rodas da economia devem continue girando”.

O país ainda está se recuperando de uma grave crise econômica que aconteceu em 2018, levando economistas e especialistas a temerem que uma recessão induzida pelo coronavírus seja inevitável.

O governo aumentou, gradualmente, as medidas para combater o vírus, incluindo a suspensão de vôos internacionais, passagens de fronteira e viagens entre cidades, a proibição de reuniões públicas e orações comunitárias e o fechamento de escolas e da maioria das lojas.

Pessoas com menos de 20 anos e mais de 65 anos estão sujeitas a toque de recolher , e os movimentos de tropas na vizinha Síria foram limitados a combater a pandemia. Na segunda-feira (06), Erdoğan disse que a venda de máscaras foi proibida, e que elas seriam distribuídas às famílias gratuitamente. A sua utilização é agora obrigatória nos transportes públicos e em espaços públicos.

O presidente também prometeu que dois hospitais de campanha em Istambul, com capacidade para mil leitos cada, estarão operacionais em 45 dias, um no local do antigo aeroporto de Atatürk e outro em Sancaktepe, no lado asiático da cidade. Istambul, o coração cultural e econômico da Turquia, lar de cerca de 17 milhões de pessoas, possui 60% dos casos da Covid-19 do país.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana