conecte-se conosco


Várzea Grande

Curso da Fundação Oswaldo Cruz ‘Saúde e Segurança na Escola’ inicia em Várzea Grande

Publicado

O curso de aperfeiçoamento “Saúde e Segurança na Escola”, reuniu diversos profissionais da Administração Pública de Várzea Grande. A oportunidade forneceu elementos teóricos e práticos para a formação no enfrentamento da violência nas comunidades, a partir de uma abordagem intersetorial centrada nos fatores de risco. A finalidade do curso é a criação de projetos com foco na promoção da saúde e da segurança, como condições para melhorar a qualidade de vida na escola e na aprendizagem.

O curso “Saúde e Segurança na Escola” foi promovido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), orientado pela Fundação Oswaldo Cruz e Universidade de Brasília (UnB).  O evento ocorreu no auditório da Secretaria de Assistência Social. Várzea Grande foi selecionada para receber o curso juntamente com o município de Pedra Preta – Mato Grosso.

Neste primeiro encontro, a palestrante e coordenadora das ações programáticas da Secretaria Estadual de Saúde de Mato Grosso, Luciana Gomes, explanou sobre desafios de promover ações integradas de saúde, educação, assistência social e segurança, com garantia das condições protetivas aos estudantes de escolas públicas em territórios identificados de alta vulnerabilidade social, em decorrência da violência.

Para o secretário Silvio Fidelis, a formação de educadores integrada com demais profissionais da Rede visa a promoção da saúde, incentiva e aprimora a busca por espaços de conhecimento, reflexão, trocas e, principalmente, construção coletiva de novas formas de pensar e agir, com a renovação de posturas, mais ampliadas e corresponsáveis, no manejo compartilhado de conflitos e na dinâmica do processo de trabalho. “Um trabalho que reflete o apoio e a capacidade da gestão municipal, assim como a sustentabilidade deste coletivo, de suas propostas e ações, enquanto importante indutor das diretrizes das Políticas Nacionais”, frisou.

A secretária de Assistência Social, Flávia Omar disse que o curso possibilita a integração de uma rede pública ampla e conectada de serviços e atenções voltadas às crianças e adolescentes. “A capacitação é uma possibilidade de implementação das políticas públicas de assistência social voltada ao público infanto-juvenil, com clara definição das responsabilidades e iniciativas já existentes no município”.

De acordo com a coordenação do curso, a partir do dia 23 de agosto, os participantes podem acessar a plataforma virtual para dar o seguimento complementação da carga horária da Educação à Distância (EAD). “O curso ‘Saúde e Segurança na Escola’ tem carga horária de 180 horas na modalidade EAD (virtual) e 68 horas semipresencial, com certificação de aperfeiçoamento pela Escola Fiocruz e pela Universidade de Brasília”, explica.

Com o apoio e articulação do Comitê Gestor de Políticas sobre Drogas e Cidadania da Prefeitura, o curso tem a participação intersetorial de técnicos das Secretarias de Saúde, Assistência Social, Defesa Social, Desenvolvimento Urbano, Econômico e Turismo, Conselho Municipal de Educação, Rede Protege, além de professores e profissionais da Educação das Escolas Lúcia Leite Rodrigues e Joaquim da Cruz Coelho.

A abertura do evento contou com a participação da subsecretária de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Benedita Santana Ponce, da secretária de Assistência Social, Flávia Omar, da apoiadora da Fundação Oswaldo Cruz em Várzea Grande, Eunice de Fátima Pedreira, entre outras autoridades municipais.

Por: Fred Nogueira – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Várzea Grande

Blitz educativa alerta sobre violências contra crianças e adolescentes, mulher e idoso, neste carnaval

Publicado

Com o objetivo de conscientizar cidadãos sobre as diversas violações do direito no período carnavalesco e efetuar denúncias sobre casos de abuso e exploração sexual e trabalho infantil, de crianças e adolescentes, violência doméstica, violência ao idoso, violência do gênero, violência contra pessoa com deficiência, a Prefeitura de Várzea Grande, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social promove a campanha carnaval em Várzea Grande “Carnaval é 100”. A blitz educativa foi realizada nesta sexta-feira (21), em vários pontos da cidade e reforça as políticas públicas em prol dos direitos das crianças e adolescentes e dos cidadãos da cidade. Em casos de violação, disque 153 e 191.

A campanha educativa de Carnaval integra também a conscientização sobre os perigos do álcool x direção. Na ação de abordagem foi feita entrega de kits e panfletos orientativos aos condutores de veículos e motos.

Conforme a secretária de Assistência Social, Flávia Omar, as ações têm o objetivo de conscientizar a população acerca da importância de se combater o assédio como um todo, violência e exploração sexual contra crianças e adolescentes, distribuindo materiais educativos, preservativos, adesivos, entre outros.

“A ação tem como objetivo conscientizar a população que identificar e denunciar esses crimes, além de mostrar aos várzea-grandenses e visitantes que a cidade tem políticas públicas de proteção e conscientização atuantes no que diz respeito a campanhas e ações a favor da dignidade humana. Vale ressaltar que violações dos direitos da criança e do adolescente podem ser denunciadas através do disque 153 e o telefone para denunciar a violência contra a mulher é o 100”, explica a secretária Flávia Omar.

Durante o dia orientadores socioeducativos dos Serviços Especializados da Secretaria atuaram por meio de abordagem no Terminal André Maggi, Rotatória do Cristo Rei, Terminal Rodoviário de Várzea Grande e Trevo do Lagarto. O foco é no trabalho social com abordagem contra a violência dos mais variadas espécies neste período carnaval, onde a população pode utilizar a ferramenta do disque-denúncia para proteger as pessoas vulneráveis. Além da conscientização nesta época, o trabalho é realizado diariamente durante todo o ano em diversos pontos da cidade.

A secretária de Assistência Social disse que a ação foi um meio de sensibilizar, informar, conscientizar e esclarecer a população com relação aos direitos das crianças e adolescentes e demais segmentos principalmente no período de festas de Carnaval. “Esperamos que a sociedade agora faça a sua parte e não fique na omissão, que denuncie violência e maus tratos contra criança e adolescentes, idoso, mulher, trabalho infantil, entre outros”.

A campanha foi realizada por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS); Guarda Municipal; Conselho Tutelar; Polícia Rodoviária Federal e Comitê Estadual de Prevenção e Enfrentamento de Tráfico de Pessoas de Mato Grosso (CETRAP) e articulada pela Secretaria de Assistência Social de Várzea Grande.

Por: Cláudia Joséh – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande
Continue lendo

Várzea Grande

Várzea Grande anuncia mais R$ 50 milhões em obras e fiscalização em contratos pela CEF

Publicado

Duas importantes conquistas foram anunciadas pela prefeita Lucimar Sacre de Campos, pelo vice-prefeito, José Hazama e pelo superintendente da Caixa Econômica Federal – CEF, José Antônio da Silva. Um novo empréstimo de R$ 50 milhões para obras de saneamento básico e pavimentação asfáltica e um convênio para que engenheiros e técnicos da própria instituição financeira promovam a fiscalização e auditagem das obras executadas.

“Além de fazermos obras, queremos ser fiscalizados e auditados por uma instituição da envergadura da Caixa Econômica Federal”, disse a prefeita ao ser informada pelo superintendente da Caixa estar muito próximo a liberação deste novo pedido de empréstimo de R$ 50 milhões que se somará a outro em execução de R$ 80 milhões. “Tudo por ser Várzea Grande, parceira, transparente e eficiente nas obras que executa em prol de uma cidade melhor e com mais qualidade de vida para sua população”, disse José Antônio da Silva, superintendente da Caixa Econômica Federal.

Das cifras que serão liberadas pela CEF, R$ 22 milhões irão para projetos de ampliação no fornecimento de água potável e tratamento de esgoto e outros R$ 28 milhões para pavimentação em ruas de vários bairros da cidade. Esse asfalto novo será avaliado dentro da demanda já existente na secretaria de Viação, Obras e Urbanismo.

Esses novos R$ 50 milhões se unem aos R$ 80 milhões já liberados pela Caixa Econômica, no ano passado, cifras que estão sendo 100% aplicadas em pavimentação e revitalização da malha urbana da cidade. Somente com esse valor já celebrado, Várzea Grande pretende pavimentar e recuperar cerca de 220 quilômetros de vias até o final do mandato da prefeita Lucimar. “Estamos respeitando prazos e a legislação colocando em prática o maior programa de pavimentação de ruas e avenidas de Várzea Grande e a prefeita quer avançar ainda mais e atender mais pessoas”, disse o secretário de Viação e Obras Públicas, Luiz Celso Morais.

Conforme dados atualizados no final de janeiro, todos os projetos que envolvem os R$ 80 milhões estão praticamente licitados e nos últimos 20 dias tiveram suas ordens de serviços liberadas. Em execução estão R$ 10 milhões, restando R$ 70 milhões para finalizar esse primeiro convênio.

“Serão R$ 130 milhões para investimentos em infraestrutura para aplicação direta nesse ano. Fora tudo que já foi aplicado nos últimos anos, desde 2015, em todos os setores da prefeitura. Somente do PAC estamos investindo quase R$ 500 milhões. Mais que desenvolvimento e qualidade de vida, estamos gerando empregos em nossa cidade ao transformar Várzea Grande em um canteiro de obras. Em todos os cantos da cidade há um caminhão e uma equipe da prefeitura, uma empresa contratada, uma obra acontecendo”, disse Lucimar Sacre de Campos.

O contrato assinado hoje, como reforçou a prefeita, demonstra o zelo da gestão com o recurso público, pois as equipes de engenheiros e técnicos da Caixa Econômica estarão fiscalizando cronogramas, planilhas e gerenciando todos os projetos em andamento em nossa cidade que estão sendo empreendidos pelas empresas que venceram as licitações. “Projetos com transparência, zelo e qualidade. Várzea Grande tem e passará a ter isso tudo certificado por uma das instituições públicas mais respeitadas no país pelos órgãos de controle”.

O contrato de prestação de serviços entre a prefeitura e a Caixa é o segundo assinado no País, para acompanhamento e fiscalização de obras. O primeiro foi celebrado em Feira de Santana (BA) e tem como princípio proporcionar redução sobre os custos, melhorar análise das planilhas, tudo sob a expertise que a Caixa tem no mercado da construção, destacou o superintendente de Rede da Caixa, José Antônio da Silva.

“A Caixa desenvolveu um amplo conhecimento em acompanhamento de projetos, em preços de mercado. Obras aferidas constantemente resultam em economia e em projetos de qualidade. A prefeita se empenhou pessoalmente em celebrar esse contrato. É uma parceria muito importante para o Município, assegura o desenvolvimento, renda, empregos e em breve vai mostrar resultados. É uma parceria de 24 horas”, disse José Antônio.

O gerente da Filial da Caixa, Ubiratan Alves de Freitas, destacou que a relação estreita entre Caixa e Município resultará em obras com a qualidade e o prazo que a cidade precisa. “A Caixa confia em Várzea Grande”.

O coordenador dos projetos de pavimentação do Município, Olindo Pasinato, disse durante o ato de assinatura que todas as obras lançadas pela prefeita Lucimar visam sempre a melhoria da qualidade de vida da população. “Essa parceria com a Caixa traz todo um know-how técnico de acompanhamento de obras, etapa por etapa. Além de segurança, nosso corpo técnico terá muito auxílio e aprendizado também ao longo desse ano. Será uma excelente oportunidade para troca de experiências”.

Representando a Câmara Municipal, o vereador Claido Celestino (Ferrinho), reforçou a importância em se levar obras de infraestrutura aos bairros da cidade. “Em todos os cantos da cidade existem obras e são obras em todos os níveis, na educação, na saúde, no esporte e no lazer. São 40 anos em quatro anos de gestão”.

Finalizando a prefeita Lucimar Sacre de Campos lembrou que o fato de Várzea Grande estar com suas finanças em ordem, ter todas as certidões negativas e o mais importante, ser considerada como boa pagadora, estimula instituições financeiras como a CEF, Banco do Brasil, BNDES entre outros a emprestarem recursos. “Somos procurados constantemente por sermos bons pagadores e por entenderem que os recursos serão aplicados em prol de uma cidade melhor e com mais qualidade de vida para nossa gente”, disse a prefeita.

O CONTRATO – se refere a um convênio na ordem de R$ 80 milhões liberado no ano passado pela Caixa à prefeitura, em razão da sua estabilidade político-financeira e sua capacidade de endividamento. Conforme o contrato de prestação de serviços, os técnicos da Caixa Econômica irão, entre outras atividades, acompanhar o andamento das obras por meio de visita “in loco”, verificar a viabilidade de execução do projeto apresentado e a adequação dos custos e cronograma previstos para execução do empreendimento, assessoria no desenvolvimento de Planos, Projetos e Empreendimentos em Trabalho Social/Socioambiental, análise de viabilidade socioambiental de empreendimentos, verificação de compatibilidade entre os preços planejados para as atividades e aqueles praticados pelo mercado, apoio técnico operacional com intuito de caracterizar a conformidade financeira do empreendimento objeto da prestação de contas, conhecer as características da área de intervenção e seu entorno e/ou área de reassentamento, entre outros.

Por: Marianna Peres – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana