conecte-se conosco


Esportes

Cuiabá x América-MG – Hoje, é tudo ou nada na luta pelo acesso

Publicado

O Campeonato Brasileiro da Série B está chegando ao fim e todo jogo a partir de agora é encarado como uma final. Nesta segunda-feira, Cuiabá e América-MG fazem um confronto direto por uma vaga no G4, a partir das 22 horas, na Arena Pantanal. A partida abre a 35ª rodada.

Invicto há sete jogos, o Dourado voltou a sonhar com o acesso depois de emplacar três vitórias seguidas, sobre Bragantino, CRB e São Bento. Na oitava colocação, o time mato-grossense tem 50 pontos e pode ficar a apenas um do G4.

Por outro lado, o América-MG tem a chance de saltar para o quarto lugar nesta segunda-feira. Para isso, precisaria emplacar a segunda vitória seguida depois de ter batido o Londrina, por 1 a 0, fora de casa. O Coelho tem 52 pontos e é o sexto colocado.

OS TIMES
O Cuiabá encerrou a preparação para o jogo com um treinamento realizado na tarde do último domingo e Marcelo Chamusca deu a entender que vai manter a base da última rodada. O zagueiro Anderson Conceição retorna após cumprir suspensão automática.

A principal dúvida do treinador é na lateral direita. Léo pode ser mantido, mas existe a possibilidade de Toty, que entrou bem na última partida no meio-campo, aparecer na posição.

Leia Também:  Chapecoense e Atlético-MG vencem pela primeira rodada do Brasileirão

Sem nenhuma baixa por suspensão ou contusão em relação a última partida, o técnico Felipe Conceição deve manter o mesmo time que ganhou do Londrina. O goleiro Jori e o atacante Neto Berola seguem vetados pelo departamento médico.

publicidade
1 comentário

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Menezes Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Menezes
Visitante
Menezes

a partida é as 21:00 hs, horário de cuiabá.

Esportes

Cruzeiro perde no Mineirão e disputa a Série B junto com o Cuiabá em 2020

Publicado

Apesar da fé e do apoio vindo das arquibancadas, o Cruzeiro perdeu para o Palmeiras, por 2 a 0, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG) e foi rebaixado no Campeonato Brasileiro. O único gol da partida foi marcado por Zé Rafael, no início do segundo tempo. O PLACAR FI acompanhou TUDO em tempo real.

A missão dos mineiros para escapar da Série B era difícil. O Cruzeiro entrou em campo sendo obrigado a vencer o vice-líder Palmeiras, além de torcer por derrota do Ceará para o Botafogo, no Rio de Janeiro. Na teoria, resultados possíveis de acontecer. Porém, na prática, o futebol apresentado em campo não iludia o esperançoso torcedor celeste.
O rebaixamento tira o Cruzeiro do rol de times que nunca haviam sido rebaixados à Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro. Situação esta que hoje só pertence a Flamengo, São Paulo e Santos. Importante dizer que além do Cruzeiro, a Chapecoense também foi rebaixada e consequentemente conheceu em 2019 o primeiro descenso de sua história.

POUCOS CHUTES E TUDO IGUALdestaque
O primeiro tempo esteve longe de ser o ideal para que o Cruzeiro conseguisse abrir o placar e mantivesse vivo o destaquecarrocelsonho de permanecer na Série A. Logo no primeiro minuto, Marcos Rocha cobrou lateral na área e o zagueiro Léo desviou contra o próprio gol. Fábio se esticou todo e mandou para escanteio.

Leia Também:  Copa do Brasil: Vasco carimba a classificação ao bater o Avaí

Melhor tecnicamente, o Palmeiras apostou nas jogadas em profundidade e quase abriu o placar aos 15 minutos. Zé Rafael saiu em velocidade e invadiu a área. O meia finalizou cruzado e Fábio desviou para escanteio. Uma defesaça.
Numa das raras oportunidades de gol, aos 23 minutos, Marquinhos Gabriel tabelou com Jadson e o meia cruzou para Pedro Rocha, que finalizou de primeira, mas pela linha de fundo. Curiosamente, o time mineiro impôs ritmo maior quando foi avisado da derrota parcial do Ceará para o Botafogo, no Rio de Janeiro, mas insuficiente para balanças as redes do Mineirão.

DRAMA CRUZEIRENSE
Sem efetividade no campo ofensivo durante os primeiros 45 minutos, o Cruzeiro voltou para o segundo tempo com Sassá, que já vinha sendo pedido pela torcida na primeira etapa. Porém, o Palmeiras seguiu com mais posse de bola e levando mais perigo ao gol cruzeirense.

Aos 12 minutos, Weverton lançou Dudu, que ganhou na corrida do jovem zagueiro Cacá. O atacante cruzou rasteiro na área e Zé Rafael, com a perna esquerda, superou o goleiro Fábio. Gol que complicou ainda mais o Cruzeiro na luta contra o rebaixamento, mas que manteve o time paulista na segunda posição do campeonato.

Leia Também:  Com gol contra da Chape, Santos vence e reassume liderança do Brasileirão

Não bastasse o gol palmeirense, o Ceará também acabou empatando o duelo contra o Botafogo, no Rio de Janeiro, dificultando ainda mais a situação do Cruzeiro. O gol de Raphael Veiga veio como uma ducha de água fria, desanimando os jogadores para seguir acreditando na fuga contra o rebaixamento.

O rebaixamento do Cruzeiro foi sacramentado aos 37 minutos do segundo tempo, quando Bruno Henrique cruzou na área e o baixinho Dudu, sem marcação, cabeceou no ângulo de Fábio. Segundo gol que selou a derrota e consequentemente o descenso do Cruzeiro à Série B.

CONFUSÃO NAS ARQUIBANCADAS
Minutos antes do segundo gol do Palmeiras, torcedores do Cruzeiro entraram em confronto com a Polícia Militar nas arquibancadas do Mineirão. Muitas bombas e correria em alguns dos setores do estádio. O jogo foi paralisado aos 40 minutos e, por ordem da Polícia Militar, o árbitro encerrou a partida.
FICHA TÉCNICA

Continue lendo

Esportes

Aunciado pelo Guaraní-SP, volante Alê, ex-Cuiabá, é contratado pelo América-MG

Publicado

O meia foi um dos destaques do Estadual, Copa Verde e Brasileiro da Série B no Cuiabá

O Guarani esperava anunciar a contratação do volante Alê nos próximos dias para a temporada 2020, mas o América-MG entrou na jogada e fechou com um dos destaques do Cuiabá na Série B do Brasileiro. A informação é exclusiva do Portal Futebol Interior.

Alê entrou na mira do Guarani após indicação do executivo de futebol Michel Alves, que trabalhou com o jogador no Dourado. O volante de 29 anos tinha em mãos propostas oficiais de Água Santa, Novorizontino e CRB.
No entanto, a possibilidade de voltar para o estado onde mora pesou na decisão de Alê. Natural de Osasco-SP, o volante se casou quando atuava pelo Uberlândia e acabou se mudando para a cidade mineira.
“A escolha se dá por questão pessoal mesmo. O Guarani já estava no negócio há um pouco mais tempo por conta do Michel Alves também né. Nós trabalhamos juntos. As coisas com o América aconteceram tudo nesta semana. Eu fechei agora. Vou para Belo Horizonte só no dia 02 de janeiro de 2020”, disse Alê ao Portal FI.
Com passagens por Taubaté, Grêmio Osasco, Grêmio Barueri, Audax Rio, Uberlândia, URT e Caldense, entre outros, Alê estava desde 2018 no Cuiabá. Nesta temporada, ele foi eleito o melhor jogador do Campeonato Mato-grossense e um dos destaques do time na Série B. Foram 46 jogos e cinco gols.

Leia Também:  Chapecoense e Atlético-MG vencem pela primeira rodada do Brasileirão
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana