conecte-se conosco


Esportes

Cuiabá retorna ao calendário do maior torneio de vôlei de praia do país

Publicado


Capital mato-grossense volta a receber uma etapa após sete anos, com presença de duplas selecionadas aos Jogos de Tóquio-2020

A maior competição de vôlei de praia do país está de volta a Cuiabá. Após sete anos longe da capital mato-grossense, a disputa do Circuito Brasileiro Open desembarca na cidade neste mês, de 23 a 27 de outubro. Será a segunda etapa da temporada 2019/2020, contando com a presença de vários medalhistas olímpicos. A arena será montada no estacionamento do ginásio Aecim Tocantins, com entrada franca à torcida.

Os duelos contam com transmissão de todos os jogos do torneio principal. Da fase de grupos às semifinais, os jogos podem ser assistidos ao vivo no site voleidepraiatv.cbv.com.br e no Facebook da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). As finais são exibidas exclusivamente pelo SporTV, no sábado à noite (masculino) e no domingo de manhã (feminino).

Será a quinta vez que Cuiabá recebe a competição nacional, sediando também em 2001, 2002, 2003 e 2012. Nesta última edição disputada no estado, em 2012, os campeões olímpicos Emanuel, que se aposentou em 2016, e Alison, foram os vencedores no masculino, enquanto Juliana/Larissa venceu no feminino. As cidades de Cáceres, Rondonópolis, Sinop e Várzea Grande também receberam etapas do Circuito Brasileiro (veja a lista completa abaixo).

A competição ocorre com 24 duplas em cada naipe. Os 16 times mais bem colocados no ranking de entradas já estão garantidos na fase de grupos, que começa a partir de quinta-feira (masculino) e sexta-feira (feminino). As outras oito vagas permanecem ‘abertas’ para duplas de fora do ranking e serão decididas no classificatório, realizado na quarta (masculino) e quinta (feminino).

Leia Também:  De Lucas Lima a Borja, Mano pode recuperar "esquecidos" de Felipão na crise

As 24 equipes classificadas são divididas em seis grupos de quatro e jogam entre si, com os dois melhores times de cada grupo e os quatro melhores terceiros colocados avançando às oitavas de final. A competição segue no formato eliminatório tradicional, com quartas de final, semifinais e disputas de bronze e ouro.

O torneio terá a participação dos medalhistas olímpicos Alison (ES), Bárbara Seixas (RJ), Juliana (CE) e Ricardo (BA), além do campeão mundial André Stein (ES) e dos medalhistas pan-americanos Álvaro Filho (PB), Ângela (DF), Carol Horta (CE) e Vitor Felipe (PB), além de vários atletas revelação da nova geração.

No naipe masculino, duas duplas que representam Mato Grosso estão inscritas na disputa do classificatório: Alcir/Paulo e Ricardo/Ricardo Queiroz. No feminino, são cinco atletas representando o estado: a dupla Ana/Bárbara, além das atletas Dani, Laryssa e Priscila, com parceiras de outros estados.

O Circuito Brasileiro 19/20 conta com sete etapas, três realizadas no segundo semestre deste ano, e quatro que acontecem no primeiro semestre de 2020. A estreia do tour aconteceu em Vila Velha (ES), em setembro, com ouro para Ágatha/Duda (PR/SE) e André Stein/George (ES/PB). Após Cuiabá, o torneio segue para Ribeirão Preto (SP), em novembro. Já as etapas de 2020 passarão por João Pessoa (PB), Maceió (AL), Aracaju (SE) e Rio de Janeiro (RJ).

Leia Também:  Dedicação e amor: Conheça histórias de algumas mães atletas pelo mundo

Além das duplas campeãs de cada etapa, também existem os campeões gerais da temporada, somando a pontuação obtida nos sete eventos. A competição distribui R$ 45 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos quase R$ 500 mil por etapa.

MAIORES VENCEDORES

Os três atletas que mais venceram em Cuiabá são Emanuel, no naipe masculino, e Juliana e Larissa, no feminino. Todos subiram ao lugar mais alto do pódio em quatro oportunidades (veja lista abaixo). Emanuel e Larissa se aposentaram em 2016 e 2017, respectivamente, mas Juliana estará em ação junto da parceira Josi (SC).

TODOS OS CAMPEÕES EM  MATO GROSSO:

2001 – Cuiabá – Adriana Behar/Shelda (RJ/CE) e Harley/Luizão (DF/AM)
2002 – Cuiabá – Adriana Behar/Shelda (RJ/CE) e Márcio/Benjamin (CE/MS)
2003 – Cuiabá – Sandra Pires/Ana Paula (RJ/MG) e Ricardo/Emanuel (BA/PR)
2004 – Rondonópolis – Adriana Behar/Shelda (RJ/CE) e Fábio Luiz/Paulo Emílio (ES/BA)
2005 – Sinop – Juliana/Larissa (CE/PA) e Márcio/Fábio Luiz (CE/ES)
2006 – Várzea Grande – Juliana/Larissa (CE/PA) e Ricardo/Emanuel (BA/PR)
2008 – Cáceres – Juliana/Larissa (CE/PA) e Ricardo/Emanuel (BA/PR)
12/13 – Cuiabá – Juliana/Larissa (CE/PA) e Alison/Emanuel (ES/PR)
2013 – Sinop – CHALLENGER – Vivian/Pri Lima (PA/RJ) e Fábio Luiz/Oscar (ES/RJ)*
2014 – Rondonópolis – CHALLENGER – Elize Maia/Carol Won-Held (ES/RJ) e Léo Gomes/Gilmário (RJ/PB)*

*Etapas do Circuito Challenger

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Esportes

Série B: na Arena Pantanal, América-MG quebra sequência de vitórias do Cuiabá, que dorme na 8ª posição

Publicado

O Coelho veio a Cuiabá e levou três pontos. Vai dormir na 3ª posição

O América Mineiro abriu a 35ª rodada com vitória para cima do Cuiabá por 2 a 0 em plena Arena Pantanal, na noite desta segunda-feira. O resultado foi essencial para o clube, que assumiu a provisória terceira colocação, ultrapassando Atlético-GO (quinto) e Coritiba (quarto colocado).

Com o resultado, o América chegou aos 55 pontos, contra 54 de Coritiba e Atlético. O Cuiabá, por outro lado, perdeu oportunidade de se aproximar do G-4 e praticamente deu adeus a possibilidade de acesso. O time do Mato Grosso, que focará na decisão da Copa Verde – contra o Paysandu -, tem 50.

COELHO NA FRENTE! Apesar de atuar em casa, o Cuiabá encarou o América de forma precavida, mas acabou sendo dominado pelo adversário, que teve a primeira grande chance logo aos dois minutos. Zé Ricardo lançou para Juninho. O volante ajeitou para Felipe Azevedo obrigar Victor Souza fazer um milagre na Arena Pantanal.

A superioridade do América foi dar resultado aos 35 minutos. Matheusinho recebeu de Júnior Viçosa e arriscou um chute despretensioso. A bola saiu mascada, mas acabou enganando o goleiro, parando no fundo das redes. O time mineiro ainda tentou o segundo com Felipe Azevedo, porém, Victor Souza segurou.

Leia Também:  Juventus oficializa Maurizio Sarri como novo treinador da equipe

O Cuiabá acordou no final e respondeu aos 47 minutos. Felipe Marques fez boa jogada pelo lado esquerdo e rolou para Jean Patrick. O volante pegou de primeiro e jogou rente à trave de Airton. O América acabou segurando o triunfo parcial.

NO G-4 No segundo tempo, o time do Mato Grosso voltou com outra postura e assustou logo no minuto inicial. Jefinho aproveitou a falha de Zé Ricardo e, da entrada da área, mandou caprichosamente no travessão. O atacante mirou o ângulo de Airton.

Enquanto o América procurou administrar o resultado, praticamente abdicando de atacar, o Cuiabá subiu a marcação e foi para o abafa, mas encontrou uma defesa muito bem postada. O time do Mato Grosso ainda ficou com dez em campo. Após fazer as três substituições, perdeu Jean Patrick lesionado. O volante cobrou falta, sentiu a coxa e precisou deixar o campo.

Com um homem a mais, o América fez a bola rolar e deu números finais na partida aos 45 minutos. Júnior Viçosa recebeu na entrada da área e deixou Juninho de frente para o gol. O volante só teve o trabalho de empurrar.

Leia Também:  Londrina emenda segunda vitória na Série B ao bater o Brasil-RS

PRÓXIMOS JOGOS Na próxima rodada, o América enfrenta o Vitória na sexta-feira, às 17h, na Arena Independência, em Belo Horizonte (MG). No domingo, às 18h30, o Cuiabá visita o Figueirense no Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).

Continue lendo

Esportes

Cuiabá x América-MG – Hoje, é tudo ou nada na luta pelo acesso

Publicado

O Campeonato Brasileiro da Série B está chegando ao fim e todo jogo a partir de agora é encarado como uma final. Nesta segunda-feira, Cuiabá e América-MG fazem um confronto direto por uma vaga no G4, a partir das 22 horas, na Arena Pantanal. A partida abre a 35ª rodada.

Invicto há sete jogos, o Dourado voltou a sonhar com o acesso depois de emplacar três vitórias seguidas, sobre Bragantino, CRB e São Bento. Na oitava colocação, o time mato-grossense tem 50 pontos e pode ficar a apenas um do G4.

Por outro lado, o América-MG tem a chance de saltar para o quarto lugar nesta segunda-feira. Para isso, precisaria emplacar a segunda vitória seguida depois de ter batido o Londrina, por 1 a 0, fora de casa. O Coelho tem 52 pontos e é o sexto colocado.

OS TIMES
O Cuiabá encerrou a preparação para o jogo com um treinamento realizado na tarde do último domingo e Marcelo Chamusca deu a entender que vai manter a base da última rodada. O zagueiro Anderson Conceição retorna após cumprir suspensão automática.

A principal dúvida do treinador é na lateral direita. Léo pode ser mantido, mas existe a possibilidade de Toty, que entrou bem na última partida no meio-campo, aparecer na posição.

Leia Também:  Londrina emenda segunda vitória na Série B ao bater o Brasil-RS

Sem nenhuma baixa por suspensão ou contusão em relação a última partida, o técnico Felipe Conceição deve manter o mesmo time que ganhou do Londrina. O goleiro Jori e o atacante Neto Berola seguem vetados pelo departamento médico.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana