conecte-se conosco


Geral

Cuiabá recebe prêmio nacional com campanha sobre a importância das medidas contra a Covid-19

Publicado

O secretário de Comunicação, Fausto Olini: impactante peça sobre medidas de biossegurança contra a Covid19 implantadas pela Prefeitura [Foto – Davi Valle].

Responsável pela criação de marketing e  peças publicitárias, a Secretaria de Comunicação, da Prefeitura de Cuiabá, foi premiada no ‘FestVídeo 2022’, com uma impactante peça sobre medidas de biossegurança contra a Covid19.

O evento foi realizado  no Theatro Pedro II, em Ribeirão Preto, São Paulo. A premiação recebida pela capital abrange a categoria “Filme Capital”, sendo classificada como ‘Filme Prata”. O vídeo apresentou uma estatística alertando sobre a gravidade da doença, e citava, que de cada dez pessoas intubadas com o coronavírus, apenas duas se salvaram. As imagens retrataram o desespero de dez pessoas lutando por oxigênio em um ambiente submerso (remetendo à falta de ar causada pela doença).

Uma grande estrutura foi montada para as filmagens, que contou com o apoio e a utilização de uma piscina do Corpo de Bombeiros, além de cinegrafistas especialistas em filmagens submersas. “Essa premiação representa exatamente o esforço da gestão Emanuel Pinheiro em desenvolver desde o início da pandemia do Coronavírus, medidas de enfrentamento à doença a fim de resguardar a vida da população. Peças como essas, veiculadas nos principais veículos de comunicação, despertam o sentimento exato, através do apelo visual, onde cada um tem um dever, a sua parte para evitar a propagação do vírus”, explicou o secretário de Comunicação, Fausto Olini.

O sócio diretor de planejamento e criação da Agência Renca, João Barros, disse que esse foi o primeiro prêmio recebido pela empresa no  Festival.

“Foi um grande desafio e contou com uma megaprodução, dentro das proporções do mercado de Mato Grosso. Então, quando somos reconhecidos pelo nosso esforço e dedicação, nos dá mais motivação para continuar produzindo”, declarou João Barros.

Ele reforça a  parceria, confiança e incentivo da Secretaria de Comunicação através do secretário Fausto Olini. “Nos proporcionou toda liberdade criativa, pois foi preciso buscar algo diferente e que fizesse o público se questionar sobre suas atitudes. Em seguida, foi preciso encontrar informações verdadeiras e “pesadas” sobre os casos de covid-19 no país. De cada dez pessoas intubadas por Covid-19, apenas duas sobreviveram. E esses mesmos sobreviventes afirmavam que um dos sintomas mais terríveis da doença, a falta de ar, momentos antes da intubação, era semelhante a estar se afogando”, revela.

“A Prefeitura de Cuiabá investiu na criação dessas peças que geraram impacto na vida das pessoas. Temos trabalhado não só na prevenção ao Covid-19, como também nos demais agravos que têm ceifado muitas vidas. A gestão Emanuel Pinheiro trabalha para oferecer mais dignidade e qualidade de vida a população. Estamos muito felizes com tamanho reconhecimento. Isso reforça a necessidade de continuar trabalhando em prol das pessoas”, finalizou Fausto Olini.

Veja aqui a campanha premiada.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Geral

Cuiabá inicia Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação na próxima segunda-feira

Publicado

O dia “D” ocorrerá no dia 20 de agosto de 2022 em todas as UBS, das 7h30 às 17h [Foto – Davi Valle]

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação 2022 começa em Cuiabá na próxima segunda-feira (15). O público-alvo desta campanha são crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade. A previsão é de que a campanha seja realizada nas unidades básicas de saúde até dia 09 de setembro. O dia “D” ocorrerá no dia 20 de agosto de 2022 em todas as UBS, das 7h30 às 17h.

Segundo o coordenador de Programas Estratégicos da Secretaria Municipal de Saúde, Wellington Assunção Ferreira, o objetivo da campanha é alcançar a cobertura vacinal igual ou maior que 95% para a vacina poliomielite, na faixa etária de 1 ano a menor de 5 anos, reduzir o número de não vacinados de crianças e adolescentes menores de 15 anos e melhorar as coberturas vacinais conforme o Calendário Nacional de Vacinação.

“É de extrema importância que os pais levem seus filhos para fazerem a atualização da caderneta de vacinação, pois por causa da pandemia muitas crianças deixaram de ser imunizadas contra várias doenças. Não podemos correr o risco de ver o retorno de doenças que já estavam totalmente controladas porque as coberturas vacinais estão abaixo do esperado”, comentou o coordenador.

Todas as vacinas disponíveis no Calendário Nacional de Vacinação para as crianças serão oferecidas durante a campanha. São elas: BCG, Pentavalente, Poliomielite Oral e Inativada, Pneumocócica 10 valente, Meningocócica C, Febre Amarela, Rotavírus, Hepatite B, Tríplice Bacteriana, Tríplice Viral, Tetra viral, Hepatite A, Varicela e HPV Quadrivalente. Para adolescentes estarão disponíveis as vacinas HPV, dT (Dupla Adulto), Febre Amarela, Tríplice Viral, Hepatite B, Meningocócica ACWY (conjugada) e dTpa (para adolescentes gestantes).

De segunda a sexta as salas de vacinação de todas as UBS estarão abertas normalmente, das 07h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h00, com exceção das UBS Grande Terceiro e Ana Poupina, que não possuem sala de vacinação. Nas UBS de hora estendida (Clínica da Família, Ilza Terezinha Picolli, Parque Ohara e Tijucal) as salas de vacinação funcionam das 7h às 20h, sem interrupção.

 

Continue lendo

Geral

Mato Grosso acompanha 13 casos suspeitos de varíola dos macacos; há duas confirmações

Publicado

Pacientes moram em Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Sorriso, Livramento e Barra do Garças

Aumentou para 13, o número de casos suspeitos de varíola dos macacos, acompanhados pela Secretaria de Saúde de Mato Grosso (SES-MT), conforme boletim divulgado nesta quinta-feira (11). Até então, seis pacientes apresentavam sintomas da doença e aguardavam resultado de exames.

Atualmente, são quatro moradores de Várzea Grande, três de Cuiabá, três de Rondonópolis, um em Sorriso, Nossa Senhora do Livramento e Barra do Garças, cada, sendo acompanhados.

Os casos confirmados, até o momento, são 2 — todos na capital. Os resultados dos exames feitos no Laboratório Central de Saúde Pública de Mato Grosso (Lacen-MT) foram comunicados no dia 5 de agosto e os pacientes, de 27 e 34 anos, eram monitorados desde 28 de julho.

Eles apresentam sintomas leves. A secretaria não divulgou o estado de saúde das pessoas consideradas casos suspeitos. O país registra uma morte causada pelo vírus monkeypox.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana