conecte-se conosco


Geral

Cuiabá promove ajustes em decreto e libera funcionamento de algumas empresas e igrejas de “portas abertas”; confira

Publicado

Novo decreto foi assinado pelo prefeito Emanuel Pinheiro nesta terça-feira [F- Luiz Alves]

Dando seguimento ao planejamento e enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19), o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, assinou nesta terça-feira (24) o decreto nº 7.850 com novas medidas emergenciais. O documento traz com um dos principais pontos o ajuste nos estabelecimentos e atividades com autorização para continuar em funcionamento. 

Conforme a publicação, a permissão foi estendida para o transporte de cargas; produção, distribuição, comercialização e entrega; borracharias e oficinas; empresas de construção civil; agropecuárias; serviços de call center; pet shops; correios; comércio estabelecido de produtos naturais; lojas de cosméticos, perfumaria e higiene pessoal;

Além disso, as fábricas e lojas de bolos caseiros e panificado também foram abrangidas, porém com a proibição do consumo dentro dos estabelecimentos. No caso de templos religiosos de qualquer crença, o novo decreto estabelece que poderão manter suas portas abertas simbolicamente. Dessa foram, está vedada a celebração de cultos, missas e rituais com a presença de público dentro dos templos. 

“Baixamos esse decreto pensando em promover a adequação das medidas já adotadas. Estamos vivendo um momento crítico, no qual precisamos proteger a todos e ter sensibilidade e coragem para tomar as decisões corretas por mais duras que possam parecer. Por isso, colocamos em prática esses ajustes, com base em orientações do Ministério da Saúde,  bem como também, no que vem sendo executado nos grandes centros, mas sempre com foco no resguardo   a saúde da população, principalmente dos grupos de risco, como principal preocupação”, explica o prefeito Emanuel Pinheiro.

Em obediência a decisão judicial, o decreto nº 7.850 também mantém 1/3 da frota de ônibus do Transporte Coletivo Municipal, durante o período de 23 de março a 5 de abril. Para isso, veículos deverão passar por esterilização diária, circular com capacidade máxima de passageiros limitada a 50% da capacidade total, e disponibilizar álcool gel para os usuários. 

 

publicidade
2 Comentários

2
Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
ReginaRosângela medeiros Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Rosângela medeiros
Visitante
Rosângela medeiros

Por isso que Brasil não vai para frente. Gente todos temos que entender situação que estamos passando no momento aqui E único lugar sem ordem. Todos lugares fora Brasil eles impõem todos obedece. Aqui na vai para frente. Sou empresária. E tbm dependo do comércio aberto. Porém não tenho outra renda. Mais a saúde e em primeiro lugar. Sem saúde nada vai além.

SINTO MUITO BRASIL

Regina
Visitante
Regina

De acordo com o Decreto onde se lê “lojas de cosméticos, perfumaria e higiene pessoal;” isso significa que Salão e/ou Barbearia pode abrir, pois sou Autônomo e dependo do meu trabalho para tudo. Quero continuar trabalhando como muitos, mas precisamos dessa autorização para não sermos notificados.

Geral

Idosa de 61 anos morre por coronavírus em VG, que chega a dez óbitos

Publicado


Paciente era hipertensa e diabética

O Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus (COVID 19) e a Secretaria Municipal de Saúde, ambos de Várzea Grande, informam o óbito da 10ª vítima da Covid-19 na cidade. A paciente Maria Dorotéia, de 61 anos, veio a óbito no último dia 25 de maio, com quadro clínico da pandemia.

No entanto,os exames só ficaram pronto nesta quinta-feira (28) e confirmara a morte pelo coronavírus. A paciente é moradora do bairro Mapim.

Ela era portadora comorbidades como hipertensão arterial e diabetes e procurou a UPA Ipase com febre, tosse seca, coriza sem dispnéia após relato de seis dias de sintomas. O quadro evoluiu para esforço respiratório levando a óbito.
O Comitê de Enfrentamento e a Secretaria Municipal de Saúde, ambos de Várzea Grande, reforçam a importância do isolamento social e home office para aqueles que podem e para os que necessitam sair para trabalhar que
adotem as medidas de segurança como distância de 1,5 metros entre as pessoas, uso continuo de máscaras e luvas quando necessário, bem como, meios de higienização rigorosos como água e sabão e álcool gel.

Continue lendo

Geral

Mato Grosso registra 7 mortes em 24 horas e ultrapassa 2 mil casos de coronavírus; 69 pacientes estão na UTI

Publicado

De acordo com o Boletim Informativo da SES, 1.273 pacientes estão em isolamento domiciliar, 134 hospitalizados e 624 já estão recuperados

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quinta-feira (28), 2.085 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 54 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. As sete mortes mais recentes confirmadas envolveram residentes de Várzea Grande, Cuiabá, Alta Floresta, Jauru, Jangada e Rondonópolis.

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão: Cuiabá (655), Várzea Grande (203), Rondonópolis (162), Tangará da Serra (98), Primavera do Leste (89), Barra do Garças (70), Lucas do Rio Verde (64), Confresa (64), Sorriso (59), Sinop (45), Rosário Oeste (38), Jaciara (36), Alta Floresta (36), Pontes e Lacerda (27), Nova Mutum (27), Peixoto de Azevedo (25), Cáceres (25), Campo Verde (24), Querência (15) e Nova Ubiratã (15).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado à essa matéria.

Nas últimas 24 horas, surgiram 177 novas confirmações em Alta Floresta (4), Aripuanã (1), Barra do Garças (3), Cáceres (3), Campo Novo do Parecis (4), Campo Verde (2), Confresa (15), Cotriguaçu (2) Cuiabá (44), Jaciara (2), Lucas do Rio Verde (5), Matupá (2), Mirassol D’Oeste (1), Nova Mutum (3), Nova Olímpia (1), Nova Ubiratã (9), Novo Mundo (3), Paranaíta (1), Pedra Preta (1), Pontes e Lacerda (5), Ponto Esperidião (2), Primavera do Leste (5), Rondonópolis (14), Santo Antônio (1), Sinop (2), Sorriso (10), Tangará da Serra (14), Várzea Grande (10), Vila Rica (1) e municípios de outros estados (4).

O setor técnico informou que foi corrigido um caso de duplicidade em Campo Verde. Além disso, o óbito anteriormente notificado em Cuiabá passou a ser contabilizado em Várzea Grande, município de residência da vítima.

Dos 2.085 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 1.273 estão em isolamento domiciliar e 624 estão recuperados. Há ainda 134 pacientes hospitalizados, sendo 69 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 65 em enfermaria.

No boletim, a SES também divulga que a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) dispõe, atualmente, de 256 leitos de UTI e 864 leitos de enfermaria especificamente para pacientes com coronavírus no Estado.

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 50,3% dos diagnosticados são do sexo feminino e 49,7% masculino; além disso, 598 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 6.718 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 405 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Cenário nacional

Até a última quarta-feira (27), o Governo Federal confirmou 411.821 casos da Covid-19 no Brasil e 25.598 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, divulgado pelo Ministério da Saúde, o país contabilizava 24.512 mortes e 391.222 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus. Até o fechamento deste material, não foram atualizados os dados desta quinta-feira (28).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana