conecte-se conosco


Geral

Cuiabá pretende regularizar 11 bairros até o final do ano; Dom Aquino e Santa Isabel na lista

Publicado

A Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária concluiu o processo de georreferenciamento de 11 bairros de Cuiabá. Agora, todo será iniciado o processo de vetorização (ação de transformar linhas e contornos de uma foto ou imagem em representações numéricas para ser lida em computador) e resultará na confecção de mapas, que posteriormente serão encaminhados para validação da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano Sustentável (SMADESS).

Conforme o secretário de Habitação e Regularização Fundiária de Cuiabá, Leonardo Leão, serão regularizados os bairros: Novo Tempo, Jardim Califórnia, Loteamento São José, Dom Aquino, Chácaras dos Pinheiros, Santa Isabel, Nova Esperança II, Jardim Botânico, Distrito de Nossa Senhora da Guia, Getúlio Vargas, Três Barras. A previsão de entrega dos títulos será no final do ano.

“São bairros que estão para serem regularizados há séculos. A parte de engenharia está praticamente resolvida, o georeferenciado está finalizado, agora, é vetorização com confecção dos mapas para  serem avaliados na SMADESS e depois volta para a Secretaria de Habitação  para o  cadastro socioeconômico das famílias. Depois de tudo isso,  serão confeccionados e entregues os títulos aos moradores destes 11 bairros. Isso é humanização e resgate social, que é um dos preceitos da gestão do prefeito Emanuel Pinheiro.   A entrega desses títulos representa cidadania e tranquilidade aos munícipes que passam a ter propriedade do seu imóvel”, comentou o secretário.

Leonardo Leão adiantou que os bairros Jardim Brasil,  Dante de Oliveira (Fundos do Altos da Serra 2),  Jardim Ubirajara, São Francisco, Jardim Videira, Despraiado (Área consolidada 1,2  e 3 e Jardim Vitória, também  passarão pelo processo de estudo de georreferenciamento.

 

publicidade
1 comentário

1 comentário

  1. Rafael disse:

    Coloca o jardim gramado na lista. Pavimentaçao urgente.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Geral

MT registra mais um caso e chega a nove confirmações da varíola dos macacos

Publicado

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmou, nesta quarta-feira (17), mais um caso positivo do vírus monkeypox, popularmente conhecido como varíola dos macacos. O caso notificado foi em Nova Xavantina (651 km de Cuiabá). Com isso, o número total de casos chegou a nove em Mato Grosso.

No total, são 25 pessoas que estão em isolamento. Elas são consideradas casos suspeitos e aguardam resultados de exames.

Em Cuiabá, são quatro casos e sete suspeitas que estão sendo monitoradas pela equipe de Vigilância Epidemiológica do município. Em Várzea Grande, são três registros positivos e quatro suspeitos. Em Sorriso, há um caso confirmado sendo acompanhado.

Segundo a SES, dois casos suspeitos foram descartados nos municípios de Alta Floresta e Nossa Senhora do Livramento.

Além da capital e região metropolitana, as suspeitas da doença são monitoradas em Rondonópolis (3), Sorriso (1), Barra do Garças (2), Comodoro (1), Diamantino (1), Campo Verde (1), Porto Esperidião (2), Tangará da Serra (2) e um morador de Araputanga é observado em Rio Branco, no Acre.

A partir desta quarta-feira, a SES passa a divulgar a situação epidemiológica desta doença diariamente, de segunda à sexta-feira.

 

Continue lendo

Geral

Em 24 horas, MT registra duas mortes e 421 novos casos de covid; 50% dos leitos de UTI estão ocupados

Publicado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) registrou até a tarde desta quarta-feira (17) duas mortes por covid-19 nas últimas 24 horas e 421 novas infecções pela doença. O estado totaliza, agora, 15.204 óbitos desde o início da pandemia. Os casos confirmados da doença são 829.213. Desses, 811.375 estão recuperados.

A taxa de ocupação de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) adulto está em 50.56%. Os leitos de enfermaria exclusivos para a covid têm 6% de ocupação.

Orientações

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana