conecte-se conosco


Cuiabá

Cuiabá é um dos primeiros de MT a definir sustentabilidade como prioridade na implantação de políticas públicas

Publicado

A Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano participou na última quinta-feira (06,) de palestra realizada no auditório da Unirondon para dialogar sobre gestão compartilhada em políticas públicas para preservação do Meio Ambiente. O convite foi feito pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA), organizadora do evento.

“Nós criamos uma diretoria de sustentabilidade. O prefeito assinou em Brasília a participação de Cuiabá na Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P), que é uma parceria com a ONU e Ministério do Meio Ambiente”, explicou o secretário-adjunto da Secretaria de Meio Ambiente, Jackson Messias.

Cuiabá é um dos primeiros municípios a incorporar sustentabilidade em sua gestão como um todo. Em 2018, o prefeito Emanuel Pinheiro sancionou Lei que criou o Plano de Desenvolvimento Sustentável da capital, chamado Cuiabá +300.

“Em nossa Secretaria, não temos mais copos descartáveis. E estamos trabalhando na conscientização dos funcionários sobre o uso dos copos de cafezinho. Em mudar de atitude e cada um ter o seu copo. Estamos trabalhando para que seja uma política permanente”, pontuou o secretário-adjunto.

Jackson Messias ainda falou sobre os projetos da gestão que estão em andamento, como o plantio de mudas pela cidade, a coleta seletiva realizada em 25 bairros da capital, o projeto Cata-Treco, a Diretoria de Bem-Estar Animal, os pontos de ônibus feitos de containers reutilizados. Tudo para frisar a importância da educação ambiental e construção de uma Cuiabá cada vez mais sustentável.

“Eu achei muito importante este projeto de pontos de containers no Centro, porque a gente passa muito calor e eles foram uma solução que eu observo que todo mundo amou”, comentou a professora de biologia, Simone Cardoso, que participava do evento.

A ocasião também foi de apresentar sugestões, afinal, gestão compartilhada é feita principalmente com a participação da população. “Eu senti necessidade de uma interação digital de educação ambiental no container, acho que poderia ter alguma coisa lá pra que as pessoas pudessem se informar. Eu gostei muito do evento aqui, aprendi muito e sei que a educação ambiental é um trabalho de formiguinha, eu sou uma das formiguinhas que vai espalhar esse conhecimento pra outras pessoas”, completou a bióloga.

A Semana do Meio Ambiente 2019, realizada na Unirondon foi executada pela Sema, com parceria da Prefeitura de Cuiabá, Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), Ministério Público de Estado (MPE), Associação Mato-Grossense dos Municípios (AMM), Secretaria Adjunta de Turismo do Estado, Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato), Tribunal de Justiça – Juizado Volante Ambiental (Juvam), Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA-MT), Federação das Indústrias de Mato Grosso (FIEMT), União dos Dirigentes Municipais de Educação de Mato Grosso (Undime), União Nacional do Etanol e do Milho, Associação de Catadores de Material Reciclável e Reutilizável (Asmats), Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA), Sebrae, Sesc Pantanal, Universidade de Cuiabá (Unic), Instituto Ação Verde, Desbravadores, Águas Cuiabá e Energisa.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cuiabá

Veja os dados do painel Covid-19 deste domingo (05)

Publicado


.

Neste domingo (05), Cuiabá tem 4949 casos confirmados de Covid-19 de residentes no município e 1130 de não residentes, mas que estão sendo atendidos na capital. Dos confirmados, 836 já estão recuperados da doença e houve 247 óbitos de residentes e 122 de não residentes.

Na rede hospitalar há 293 pacientes confirmados com Covid-19 internados, sendo 169 na UTI e 124 em enfermaria. Também estão internados 217 pacientes com suspeita da doença, sendo 103 na UTI e 114 em enfermaria. Do total de pessoas internadas em UTI, 199 são de residentes em Cuiabá e 73 de residentes de outros municípios. Do total de internados em enfermaria/isolamento, 188 pessoas são de Cuiabá e 50 de outros municípios.

 

Hoje Cuiabá registrou mais 16 óbitos de residentes, chegando a um total de 247 mortes. O prefeito Emanuel Pinheiro e o secretário municipal de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho lamentam profundamente todos estes óbitos.

 

Foram registrados os óbitos de 9 homens e 7 mulheres. Destes óbitos, 11 pacientes estavam internados em hospitais públicos, 4 em hospitais privados e 1 óbito ocorreu em domicílio.

Continue lendo

Cuiabá

Prefeito sanciona decreto e Diretoria de Vigilância em Saúde elabora projeto de implantação de barreiras sanitárias

Publicado


.

Por meio do decreto de nº 7.980 sancionado pelo prefeito Emanuel Pinheiro, da última sexta-feira (03), fica estabelecido a implementação de barreiras sanitárias no município de Cuiabá, no combate a pandemia do novo Coronavírus. A Secretaria Municipal de Saúde por meio da Coordenadoria de Vigilância Sanitária será a responsável por elaborar o projeto. A barreira sanitária poderá ocorrer na cidade inteira, em um bairro só ou algumas regiões da capital. “Essa divisão é técnica, obedece a protocolos sanitários e epidemiológicos. Esses números vão ser concluídos nesse final de semana e vão servir de base para que eu possa editar o decreto de quais as regiões terão que obedecer a quarentena coletiva obrigatória”, afirma Pinheiro. O prazo estabelecido para entrega da nova proposta ao Comitê de Enfrentamento ao novo Coronavírus é até terça-feira (07).

O novo documento cumpre com uma das finalidades previstas no ato da suspensão do decreto nº 7.975, assinado pelo chefe do Executivo Municipal na última quinta-feira, que revoga a realização de rodízios no tráfego de veículos automotores e limitação, por CPF, nos atendimentos presenciais realizados por bancos, lotéricas, supermercados e distribuidoras de bebidas.

“Não se combate a pandemia por decreto, pontuou Pinheiro. Combate-se a pandemia com gestos, com ações e, principalmente, com a participação de todos! Porque estamos todos no mesmo barco. Mato Grosso virou epicentro da Covid-19 no país. Os números crescem assustadoramente no interior. E Cuiabá é a capital do Estado, a cidade mais populosa. Vai ser impactada com relação a isso. Por isso temos que continuar fazendo o nosso dever de casa, combater os principais focos de aglomeração e também diminuir a circulação pela cidade, especialmente no centro de Cuiabá. “Durante a semana, estabelecerei essas ou outras medidas que possam conter a circulação pela cidade e a aglomeração em vários estabelecimentos e em vários pontos de Cuiabá”, concluiu o prefeito.

 

Clique no arquivo em anexo e veja o decreto na íntegra:

 

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana