conecte-se conosco


Geral

Cuiabá abre inscrições para mais dois editais de apoio ao setor cultural até quinta-feira; total de recursos é de R$ 3,9 milhões

Publicado

A realização recebe o apoio do Conselho Municipal de Política Cultural. Editais e Anexos complementares podem ser acessados no site da prefeitura

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer informa que estão abertas, até quinta-feira (4), as inscrições para os editais de Mestre da Cultura Popular e para Composição de Acervo Cultural, ambos com investimento da Lei Aldir Blanc. A realização recebe o apoio do Conselho Municipal de Política Cultural. Editais e Anexos complementares podem ser acessados AQUI.

Os editais têm investimento oriundo do Fundo Nacional de Cultura e foi repassado via Secretaria Especial de Cultura – Ministério do Turismo – para o Fundo Municipal de Cultura de Cuiabá, por meio da Lei Federal 14.017/2020 – Aldir Blanc, criada para oferecer apoio financeiro aos artistas e profissionais da cultura diante da pandemia mundial da COVID-19.

Ao todo, quatro editais foram publicados pelo município de Cuiabá, com investimento total de R$ 3,9 milhões da Lei Federal Aldir Blanc. Em setembro, a Pasta publicou o primeiro lote do edital de Subsídio. No início de novembro, foram abertas inscrições para o segundo lote e divulgado o segundo edital, o de Fomento.

No mesmo mês foram divulgados mais dois editais. Enquanto um deles abre processo seletivo para inscrição de obras de arte de artistas locais para compor acervo cultural do município de Cuiabá, o outro vai premiar mestres da cultura popular. As inscrições para os dois editais podem ser realizadas até às 18h do dia 4 de dezembro, virtualmente.

O link dos formulários de inscrições de cada um está disponível no site da Prefeitura de Cuiabá, junto com as demais informações sobre os editais da Lei Aldir Blanc no menu da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, Conselho Municipal de Política Cultural, ou clicando no banner da Lei Aldir Blanc na página principal do site.

Para inscrições presencial, informações e orientações sobre o preenchimento dos formulários deste edital, os interessados podem procurar a Secretaria Executiva do Conselho Municipal de Política Cultural pelo telefone (65) 3617-1261 ou presencialmente na sede da Secretaria de Cultura, na Rua Barão de Melgaço, 3677, Centro. O atendimento funciona de segunda a sexta, em horário comercial.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

População aprova instalação de Escola Militar Tiradentes em Várzea Grande

Publicado

 

Em audiência pública realizada na noite desta quinta-feira (21.01) pais, alunos, comunitárias e moradores aprovaram a transformação da Escola Estadual Nadir de Oliveira, localizada no Bairro Jardim Glória, em Várzea Grande, em Escola Estadual Militar Tiradentes.

Reunidos na quadra esportiva da unidade escolar por mais de três horas, a comunidade conheceu e debateu sobre o modelo de ensino, regulamento, resultados, entre outros detalhamentos do ensino militar, um modelo que já é aplicado em outras sete cidades mato-grossenses. Também foi apresentado e detalhado o ensino e as atividades atuais desenvolvidas na Escola Nadir de Oliveira.

A população compareceu, se cadastrou para votar e teve direito a voz. Dois representantes de cada segmento, professores, pais, alunos, comunidade, lideranças, entre outros tiveram espaço para se posicionarem contra e a favor. Ao final ocorreu votação que aprovou a mudança.

Essa será a primeira escola militar de Várzea Grande e a segunda da região metropolitana. Em Cuiabá está instalada a mais antiga unidade de ensino público militar. A Escola Tiradentes cuiabana existe há 35 anos e atualmente tem cerca de 1.200 alunos matriculados.

O coordenador de ensino na Diretoria de Ensino, Instrução e Pesquisa (Deip) da Polícia Militar, tenente-coronel André William Dorileo, que fez a apresentação da escola militar, explicou que na nova escola será ofertado ensino a partir do 5º ano do ensino fundamental até o 3º ano do ensino médio.

Dorileo também disse que, assim como as demais unidades militares, essa será uma escola pública da rede estadual de acesso gratuito e administração em parceria com a Secretaria Estadual de Educação. O tenente-coronel Dorileo também assegurou que os alunos que estão matriculados na escola terão garantia de vaga, exceto os que recusarem o ensino militar.

Também presente na audiência pública, o diretor da Deip-PMMT, coronel André Avelino Neto, avaliou a aprovação como uma grande vitória e oportunidade para comunidade várzea-grandense.

A partir de agora, informou Cel Neto, a Polícia Militar, por meio de sua Diretoria de Ensino e em parceria com a Seduc, dará início ao processo de transição para o ensino militar.

Atualmente, o Estado conta com sete unidades de Escolas Tiradentes que atendem cerca de 3.500 estudantes. Estão sediadas nas cidades de Cuiabá, Confresa, Rondonópolis, Juara, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum e Sorriso.

As escolas militares mato-grossenses são destaque nos exames do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). As notas referentes a 2019, apresentadas em 2020, superam a média da rede estadual.

Os alunos da Escola Tiradentes Cabo PM Israel Wesley Prado de Almeida, da cidade de Juara e a Escola Tiradentes Soldado PM Adriano Moraes Ramos, em Lucas do Rio Verde conquistaram as notas mais altas (7,1) das séries finais do ensino fundamental na avaliação do Ideb. Em Cuiabá, a Escola Tiradentes obteve o índice do Ideb de 6,4, o maior das escolas estaduais da baixada cuiabana.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Geral

Famílias da Agricultura Familiar vão poder produzir mais e com maior qualidade, diz Mauro ao entregar equipamentos

Publicado

Governador entregou tratores, resfriadores, caixas de mel e demais equipamentos nesta quinta-feira [Foto – Marcos Vergueiro]

O governador Mauro Mendes afirmou que os investimentos do Governo de Mato Grosso vão ajudar as famílias da Agricultura Familiar de todo o estado “a produzir mais e com mais qualidade”.

Nesta quinta-feira (21), o gestor fez a entrega de um pacote de equipamentos para beneficiar os pequenos agricultores de 82 municípios. São 42 patrulhas mecanizadas, 200 resfriadores de leite, 100 caixas de mel e 7,6 mil doses de sêmen bovino. Cada uma das 42 patrulhas mecanizadas é composta por um trator agrícola 4×4 com potência de 110 CV, uma carreta basculante com capacidade para seis toneladas e uma grade aradora com 18 discos de 28 polegadas.

“Com apoio, elas [as famílias] vão poder produzir mais, com maior qualidade, mais produtividade e isso vai diminuir o custo delas e vai transformar em qualidade maior na mesa dos mato-grossenses”, ressaltou.

Mauro Mendes reforçou que a Agricultura Familiar é um dos grandes pilares do programa Mais MT, que prevê investimentos de R$ 9,5 bilhões durante a gestão (2019.2022). Somente nesta entrega foram investidos R$ 9,9 milhões, sendo parte de recursos do Governo do Estado e parte de emendas do ex-deputado federal Fábio Garcia, do deputado federal Carlos Bezerra e do deputado estadual Dilmar Dal Bosco.

“O secretário Silvano Amaral me apresentou um plano de trabalho pedindo R$ 125 milhões em investimentos. E quando a gente pede para o governador, sempre acha que não vai dar tudo o que pede. Até porque quem me conhece sabe que eu sou duro e estou aqui para gastar bem o dinheiro do estado. Mas quando eu sentei para sintetizar o programa e distribuir os recursos, a Agricultura Familiar foi contemplada com R$ 185 milhões em investimentos. É um grande investimento que vai ajudar mais de 100 mil famílias dos 141 municípios, porque todos os municípios de Mato Grosso têm gente da Agricultura Familiar produzindo alimentos”, relatou.

Nascido na “roça”, o governador destacou a importância de o Poder Público ajudar os pequenos agricultores a desenvolverem sua capacidade de produção, bem como a qualidade dos produtos.

“No dia a dia você come alface, você come couve, você come tomate, você come abobrinha, você come o maracujá, o café, a mandioca, o leite, o queijo e os derivados do leite. A Agricultura Familiar alimenta as pessoas e essas pessoas pequenas precisam sim da mão e do amparo do estado. É isso que nós estamos fazendo, junto com os prefeitos, Assembleia, bancada federal e parceiros”.

Mauro Mendes reforçou que o carinho que possui pela Agricultura Familiar será devolvido com muitas entregas e ações nesta área.

“Quando eu era criança não fui criado na Agricultura Familiar, mas na roça. Trator como esses que estamos entregando nem em sonho a gente sonhava ter. Eu trabalhei com meus irmãos no arado de boi. Não tinha força, quando criança que era, mas era o guia dos bois. Com aquela capinadeira, puxava cavalo. Trabalhávamos na enxada. Eu tenho esse carinho especial, nós vamos transformar em ações e resultados para melhorar a vida dessas pessoas. E fazendo isso vamos garantir a segurança alimentar, garantir que lá em Colniza, São Félix do Araguaia ou na Baixada Cuiabana as pessoas tenham alimento de qualidade e talvez mais barato”, finalizou.

 

 

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana