conecte-se conosco


Esportes

Cruzeiro perde por 2 a 0 do Atlético-MG, mas avança às semis da Copa do Brasil

Publicado

Lance

Cruzeiro elimina Atlético na Copa do Brasil arrow-options
Divulgação/Site Cruzeiro

Cruzeiro elimina Atlético na Copa do Brasil


O representante de Minas Gerais nas semifinais da Copa do Brasil 2019 é o Cruzeiro, mesmo perdendo por 2 a 0 para o Atlético-MG, gols de Cazares, no primeiro tempo, e Patric, na etapa final. O resultado, foi insuficiente para o Galo conseguir a vaga na outra fase da competição, enquanto a Raposa alcançou o feito de estar entre os melhores do mata-mata por quatro anos seguidos. Desde 2016, que a Copa do Brasil sempre tem o time cruzeirense como um dos grandes times da competição.

O Cruzeiro  espera agora o duelo entre Palmeiras e Internacional para tentar chegar à sua terceira final seguida. A passagem de fase sobre o rival, foi a primeira eliminação do Galo para o time azul em confrontos de mata-mata nacionais.

A noite no Independência teve o que se espera de um clássico da importância de Atlético-MG e Cruzeiro: emoção, gols, pressão, confusão e muita dedicação das duas equipes, proporcionando um espetáculo de bom nível para os torcedores presentes no Horto. A passagem de fase valeu uma premiação de quase R$ 7 milhões, o que vai aliviar os cofres cruzeirenses.

Dois desfalques em cima da hora da Raposa e Luan no banco

Ariel Cabral e Thiago Neves fizeram testes no aquecimento e, após avaliação, o departamento médico e a comissão técnica optaram por retirar o volante da partida e Thiago Neves ficou entre os suplentes. Em seus lugares entraram Orejuela, recuperado de uma cirurgia, e Fred. Romero voltou a formar o meio de campo na cabeça de área, sua posição original, com Henrique.

No Galo também houve mudanças, com Otero entrando no lugar de Luan, que ficou no banco de reservas por opção do técnico Rodrigo Santana. A intenção do treinador era ter uma opção de arremate ao gol de qualidade, uma das formas do meia venezuelano.

Galo na pressão, Cruzeiro só se defende

Precisando de pelo menos três gols para disputar a vaga nos pênaltis, o Atlético-MG não perdeu tempo e foi para cima da Raposa do primeiro ao último minuto do primeiro tempo. O alvinegro não deixou a equipe celeste sair do campo de defesa. A tática de esperar o rival para contra-atacar foi muito perigosa, pois não havia bom rendimento ofensivo do time cruzeirense.

O resultado de tanta pressão atleticana foi o gol de Cazares , aos 34 minutos, após ele se desvencilhar bem da marcação no meio da área e acertar um chute indefensável para o goleiro Fábio. O tento anotado, animou o Galo, que tentou sair do primeiro tempo com o segundo gol, mas a defesa celeste conseguiu segurar o ímpeto do ataque formado pelo trio gringo, Otero, Chará e Cazares.

Leia Também:  Firmino volta a marcar e Liverpool vai às semis da Liga dos Campeões

Raposa resolve atacar, Galo esquece tática e vai na raça

O alvinegro estava com menos fôlego no segundo tempo, depois de uma etapa inicial em ritmo frenético, mas não abdicou em nenhum momento de atacar o Cruzeiro, que mudou sua postura na etapa final, buscando mais o gol.

Em alguns momentos, as ações do jogo se equilibravam. Todavia, a necessidade atleticana de gol mantinha o Galo sempre mais perto da área cruzeirense, que teve boa postura defensiva , facilitada pelo meio de campo e ataque, que seguravam mais a bola na linha de frente da Raposa.

Nos minutos finais, o Atlético-MG deixou sua organização tática de lado e se lançou ao ataque em busca de gol na força, na pressão, mas encontrava uma defesa azul sempre bem postada. O Atlético-MG mereceu a vitória, mas sabe que perdeu a classificação no jogo de ida, pelo placar elástico sofrido no Mineirão. 

Duelo de treinadores

Rodrigo Santana e Mano Menezes fizeram uma disputa à parte. Mano teve de acertar o time antes do rival, pois perdeu Thiago Neves e Ariel Cabral, antes mesmo do início do jogo. A mudança de sistema tático prejudicou a Raposa no primeiro tempo, mas na etapa final, Mano deu uma ajustada na equipe e teve melhora no desempenho.

Santana arriscou no início com a entrada de Otero no lugar de Luan desde o início e se deu bem. O venezuelano deu mais velocidade e o seu entendimento com Cazares e Chará foi o grande diferencial atleticano até metade do segundo tempo.

Vendo a subida de produção do Cruzeiro, Rodrigo Santana resolveu apostar ainda mais na parte ofensiva, colocando Luan, Ricardo Oliveira e Geuvânio. Mano respondia quase que imediatamente, promovendo a entrada de David, que ficou pouco tempo em campo por uma tola expulsão, e de Jadson, para segurar o ímpeto atleticano.

Confusão e VAR mudando o placar

O VAR teve participação decisiva mais uma vez. Em uma rebatida da defesa do Cruzeiro, o time celeste partiu para o contra-ataque, fez boa jogada com Marquinhos Gabriel, que conseguiu achar Pedro Rocha sozinho na esquerda do ataque cruzeirense. Pedro chutou de primeira e marcou o gol, o que praticamente mataria o duelo e confirmaria a classificação.

Mas, o VAR flagrou uma falta de Egídio em Fábio Santos na entrada da área do Cruzeiro. O gol foi anulado, uma confusão foi iniciada entre os jogadores e Alerrandro, pelo Galo, e David, foram expulsos por trocarem empurrões e tentarem se agredir. O clássico mineiro teve outra intervenção do VAR que vai gerar polêmica.

Leia Também:  Pablo sofre lesão no tornozelo e deve ficar fora do São Paulo por um mês

Golaço de Patric: esperança até o fim do atleticano

Quando o Cruzeiro “cozinhava” o jogo, esperando o fim da partida, em uma sobra de bola na entrada da grande área, o lateral Patric acertou um chutaço, marcando o segundo gol alvinegro, aos 47 minutos do segundo tempo, faltando quatro para o fim do duelo. O gol deu esperança e ânimo para o Atlético-MG buscar o gol que poderia levar para os pênaltis. Não foi suficiente, mas o time saiu de campo ovacionado por sua fanática torcida.

Quarta semifinal seguida do Cruzeiro

A Raposa, atual bicampeã da Copa do Brasil , se forma seguida, conseguiu outro feito inédito: chegou à sua quarta fase semifinal seguida na maior competição nacional de mata-mata. Desde 2016, que o Cruzeiro figura entre os quatro melhores do torneio, passando às finais em 2017 e 2018, quando conquistou os títulos.

Brasileirão e disputas internacionais

O Cruzeiro volta a campo no sábado, 20 de julho, às 17h, contra o Bahia, em Salvador, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Também pela disputa nacional, o Galo encara o Fortaleza, no Independência, só que no domingo, 21 de julho às 16h.

Outros compromissos das duas equipes serão por competições sul-americanas. O Cruzeiro terá o primeiro jogo das oitavas de final da Libertadores, contra o River Plate-ARG, em Buenos Aires, na terça-feira, 23 de julho, às 19h15, horário de Brasília. Já o Galo, pela Copa Sul-Americana, também na fase oitavas de final, vai ao Rio de Janeiro no dia 24 de julho, quarta-feira, encarar o Botafogo no jogo de ida da competição, às 21h30.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 2 x 0 CRUZEIRO
​Estádio: Independência – Belo Horizonte (MG)
Data-hora: 17 de julho de 2019, às 19h15
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza(SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Alex Ang Ribeiro(SP)
Árbitro de vídeo: Vinicius Furlan(SP)
Cartões Amarelos: Fábio, Egídio, Robinho, Pedro Rocha, David(CRU), Jair, Cazares. Luan, Ricardo Oliveira(ATL)
Cartões Vermelhos: Alerrandro(ATL), David(CRU)
Público e renda: 22.145/R$ 1.352.396,00

Gols: Cazares, aos 34’-2ºT(1-0), Patric, aos 47’-2ºT(2-0)

ATLÉTICO-MG: Victor; Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Jair(Ricardo Oliveira, aos 24’-2ºT) e Elias(Luan, aos 11’-2ºT); Otero(Geuvânio, aos 18’-2ªT), Cazares e Chará ; Alerrandro. Técnico: Rodrigo Santana

CRUZEIRO: Fábio; Orejuela, Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Lucas Romero, Robinho(Jadson, aos 17’-2ºT), ,Marquinhos Gabriel e Pedro Rocha(Dodô, aos 37’-2ºT) e Fred(David, aos 13’-2ºT) Técnico: Mano Menezes. 

Fonte: IG Esportes
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Esportes

Cuiabá 2 x 0 Botafogo-SP – Com Radio ODOC ligada, Dourado dá show, faz 2 e dorme no G4

Publicado

JORGE MACIEL

O Cuiabá recebeu o Botafogo-SP na Arena Pantanal e conquistou uma importante vitória por 2 a 0 em confronto direto pela 18ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time da casa dorme no G4.

A vitória levou o Cuiabá aos 29 pontos, mesma pontuação do quinto colocado Sport, que ainda joga no sábado contra a Ponte Preta. A equipe mato-grossense fica em quarto porque tem oito vitórias, uma a mais do que os pernambucanos.

O Botafogo, por sua vez, segue estacionado nos 27 pontos e perde a oportunidade de ingressar entre os quatro primeiros. Mesmo assim, na sexta colocação, a equipe de Ribeirão Preto segue na briga pelo acesso.

RÁDIO ODOC LIGADA! Este jogo contou com transmissão, ao vivo, pela Rádio ODOC, sob o  comando de Pereira Bueno, narração de Paulo Garcia, reportagens e de Altair Bueno e P. Brazil. Os comentários de Wilson Santos.

DOURADO COMEÇA MELHOR O jogo começou estudado e com as duas equipes mostrando cautela e evitando se lançar ao setor ofensivo. No entanto, quando o Cuiabá se aventurou no ataque, foi letal.

Leia Também:  Confira quais são os campeões estaduais de 2019 ao redor do país

Aos 29 minutos, Paulinho cruzou da esquerda e o atacante Gilmar se antecipou à defesa adversária para desviar de cabeça e abrir o placar.

O Botafogo tentou responder ainda na primeira etapa e por pouco não empatou com Henan, recebendo boa bola em profundidade de Nadson, mas o goleiro Victor Souza saiu bem e evitou a finalização.

VENCEU E CONVENCEU Após o intervalo, o Cuiabá assumiu postura ainda mais ofensiva. Mesmo com o placar favorável, o time da casa passou a pressionar em buscar do segundo gol para sacramentar a vitória.

De tanto insistir, o gol saiu aos 37 minutos, após linda troca de passes do time da casa. Coube a Jean Patrick finalizar a jogada bem construída e, com um chute de perna direita, estufar as redes.

Recuado, o Botafogo teve um segundo tempo muito abaixo do que vem apresentando na competição e não conseguiu reagir ao ímpeto ofensivo do adversário.

PRÓXIMOS JOGOS As duas equipes voltam a campo na próxima terça-feira, pela 19ª rodada da Série B. O Botafogo recebe o Paraná no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, enquanto o Cuiabá vai ao estádio Olímpico de Goiânia para encarar o Vila Nova.

Leia Também:  Série B - Com falhas na zaga, Cuiabá perde a invencibilidade para Coritiba-PR e deixa o G4

Continue lendo

Esportes

Série B – Jogadores do Figueira dão trégua e não farão WO contra CRB

Publicado

O torcedor do Figueirense pode respirar aliviado porque o clube não será excluído da Série B do Brasileiro. Na noite desta quinta-feira, por meio de uma nota oficial, os jogadores descartaram um novo W.O neste sábado, diante do CRB, no Orlando Scarpelli, pela 18ª rodada.

Na nota divulgada pelo advogado Felipi Rino, os jogadores criticaram a falta de diálogo dos dirigentes e confirmaram que vão encerrar a greve nesta sexta-feira, quando fazem o único treinamento antes do jogo. A decisão foi tomada em respeito ao Figueirense e aos torcedores.

“Assim, em respeito á instituição Figueirense FC e à nossa torcida, que tem nos apoiado tanto, decidimos, mesmo sem que a Diretoria tenha cumprido com NENHUMA das nossas exigências, não tenha efetuado os pagamentos salariais e Direitos de Imagem, não dialogue conosco, retornar aos treinos amanhã, confirmando que estaremos em busca da vitória na partida de sábado”, dizia parte da nota.

Se não entrasse em campo diante do CRB, o Figueirense seria excluído da Série B e automaticamente rebaixado para a Série C, de acordo com o parágrafo III do artigo 203 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

Leia Também:  Marta volta aos treinos e pode reforçar o Brasil no jogo contra a Austrália

Os jogadores, porém, não descartam uma nova paralisação “caso o impasse não seja resolvido pela Diretoria”. Na última terça-feira, também através de uma nota oficial, os dirigentes prometeram acabar com as pendências financeiras até a próxima quarta.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana