conecte-se conosco


Esportes

Cruzeiro perde no Mineirão e disputa a Série B junto com o Cuiabá em 2020

Publicado

Apesar da fé e do apoio vindo das arquibancadas, o Cruzeiro perdeu para o Palmeiras, por 2 a 0, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG) e foi rebaixado no Campeonato Brasileiro. O único gol da partida foi marcado por Zé Rafael, no início do segundo tempo. O PLACAR FI acompanhou TUDO em tempo real.

A missão dos mineiros para escapar da Série B era difícil. O Cruzeiro entrou em campo sendo obrigado a vencer o vice-líder Palmeiras, além de torcer por derrota do Ceará para o Botafogo, no Rio de Janeiro. Na teoria, resultados possíveis de acontecer. Porém, na prática, o futebol apresentado em campo não iludia o esperançoso torcedor celeste.
O rebaixamento tira o Cruzeiro do rol de times que nunca haviam sido rebaixados à Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro. Situação esta que hoje só pertence a Flamengo, São Paulo e Santos. Importante dizer que além do Cruzeiro, a Chapecoense também foi rebaixada e consequentemente conheceu em 2019 o primeiro descenso de sua história.

POUCOS CHUTES E TUDO IGUALdestaque
O primeiro tempo esteve longe de ser o ideal para que o Cruzeiro conseguisse abrir o placar e mantivesse vivo o destaquecarrocelsonho de permanecer na Série A. Logo no primeiro minuto, Marcos Rocha cobrou lateral na área e o zagueiro Léo desviou contra o próprio gol. Fábio se esticou todo e mandou para escanteio.

Leia Também:  Após fim de parceria, Messi terá de devolver carro de R$ 450 mil à Audi

Melhor tecnicamente, o Palmeiras apostou nas jogadas em profundidade e quase abriu o placar aos 15 minutos. Zé Rafael saiu em velocidade e invadiu a área. O meia finalizou cruzado e Fábio desviou para escanteio. Uma defesaça.
Numa das raras oportunidades de gol, aos 23 minutos, Marquinhos Gabriel tabelou com Jadson e o meia cruzou para Pedro Rocha, que finalizou de primeira, mas pela linha de fundo. Curiosamente, o time mineiro impôs ritmo maior quando foi avisado da derrota parcial do Ceará para o Botafogo, no Rio de Janeiro, mas insuficiente para balanças as redes do Mineirão.

DRAMA CRUZEIRENSE
Sem efetividade no campo ofensivo durante os primeiros 45 minutos, o Cruzeiro voltou para o segundo tempo com Sassá, que já vinha sendo pedido pela torcida na primeira etapa. Porém, o Palmeiras seguiu com mais posse de bola e levando mais perigo ao gol cruzeirense.

Aos 12 minutos, Weverton lançou Dudu, que ganhou na corrida do jovem zagueiro Cacá. O atacante cruzou rasteiro na área e Zé Rafael, com a perna esquerda, superou o goleiro Fábio. Gol que complicou ainda mais o Cruzeiro na luta contra o rebaixamento, mas que manteve o time paulista na segunda posição do campeonato.

Leia Também:  Eto’o critica Guardiola e afirma: “Eu que fazia o Barcelona vencer, não o Messi”

Não bastasse o gol palmeirense, o Ceará também acabou empatando o duelo contra o Botafogo, no Rio de Janeiro, dificultando ainda mais a situação do Cruzeiro. O gol de Raphael Veiga veio como uma ducha de água fria, desanimando os jogadores para seguir acreditando na fuga contra o rebaixamento.

O rebaixamento do Cruzeiro foi sacramentado aos 37 minutos do segundo tempo, quando Bruno Henrique cruzou na área e o baixinho Dudu, sem marcação, cabeceou no ângulo de Fábio. Segundo gol que selou a derrota e consequentemente o descenso do Cruzeiro à Série B.

CONFUSÃO NAS ARQUIBANCADAS
Minutos antes do segundo gol do Palmeiras, torcedores do Cruzeiro entraram em confronto com a Polícia Militar nas arquibancadas do Mineirão. Muitas bombas e correria em alguns dos setores do estádio. O jogo foi paralisado aos 40 minutos e, por ordem da Polícia Militar, o árbitro encerrou a partida.
FICHA TÉCNICA

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Esportes

Presidente espera que Jesualdo utilize a base no Santos no Paulistão

Publicado

Jesualdo Ferreira e José Carlos Peres em apresentação do novo técnico do Santos

Lance! – O presidente do Santos, José Carlos Peres, confia que o novo técnico Jesualdo Ferreira possa dar espaço para os atletas das categorias de base do clube nos jogos do Campeonato Paulista. No programa Esporte por Esporte, o mandatário santista também deixou claro que o comandante português quer trabalhar com 21 jogadores mais três goleiros.

Estamos diminuindo elenco, ele (Jesualdo) quer trabalhar com 21 jogadores. Sampaoli era entre 26 e 30. É uma grande oportunidade de contar com a base também. Temos cinco ou seis para ele utilizar no Campeonato Paulista. Falamos de tempo para se ele se adaptar, não é fácil. Ele foi campeão em três continentes e pode ser no quarto – comentou o mandatário santista. No momento, Jesualdo também tem no plantel o meia Cueva e o atacante Derlis González são os atletas ‘negociáveis’ da diretoria santista. Além disso, o zagueiro Lucas Veríssimo manifesta interesse de clubes italianos, mas o Peixe não recebeu proposta concreta por ele nas últimas duas semanas.

Leia Também:  Genialidade de Verstappen e polêmica com a Ferrari marcam GP da Áustria

O Santos tem mais uma semana de pré-temporada até a estreia do Campeonato Paulista contra o Bragantino, no próximo dia 23, às 19h15, na Vila Belmiro.

Continue lendo

Esportes

Queniana vence Corrida de Reis e mantem hegemonia africana na prova

Publicado

A queniana Janet Cheruto Masai, de 27 anos, que foi a 12ª colocada na Corrida de São Silvestre, em São Paulo, venceu a Corrida de Reis neste domingo. Ela completou o percurso de 10 km em 35 minutos e 26 segundos.

Em segundo lugar, ficou a atleta da Uganda, Emily Chebet, de 32 anos, que ficou em 13º lugar na última São Silvestre. Ela completou a prova em 35 minutos e 38 segundos. E, em terceiro, Esther Chesang Kakuri, de 25 anos, do Quênia, com 35 minutos e 47 segundos. Ela ficou em 10º na São Silvestre.

A brasileira Tatiele Roberta de Carvalho ficou em 4º lugar, com o tempo de 36 minutos e 5 segundos, e Sarah Hhiiti Sisi, em 5º, com 37 minutos e 55 segundos.

No ano passado, Mestawut Fikir Truneh, da Etiópia, ficou em primeiro lugar. Ela não participou da prova este ano. Ao todo, 15 mil pessoas se inscreveram para a Corrida de Reis deste ano. Os corredores são de cinco países, 18 estados e 160 cidades.

Leia Também:  Genialidade de Verstappen e polêmica com a Ferrari marcam GP da Áustria

Durante a prova o atleta vai passar por quatro tapetes como esses, que computa o tempo e o trajeto feito pelo corredor.

A novidade é que o corredor vai conseguir consultar seu próprio tempo um dia depois da prova, através do código que vai estar no número de peito. Basta baixar qualquer aplicativo no celular que consiga efetuar a leita do QR Code. Outra opção é acessar o site da corrida.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana