conecte-se conosco


SÉRIE B

Cruzeiro faz sua estreia neste sábado, na segundon, contra o Botafogo-SP

Publicado

O Cruzeiro estreia hoje (8) à noite na Série B do Campeonato Brasileiro. A Raposa faz a primeira partida na “segundona” contra o Botafogo de Ribeirão Preto (SP) às 19h (horário de Brasília), no Mineirão, em Belo Horizonte (MG). Será a primeira partida da equipe mineira, em toda a história do clube, na divisão de acesso e a pressão será enorme.

Bicampeão da Libertadores, quatro títulos do Brasileirão e com 6 canecos da Copa do Brasil, o Cruzeiro começa uma nova realidade. A queda para a “segundona”, as dificuldades financeiras e políticas, a recente eliminação no Campeonato Mineiro, as provocações dos rivais, a mudança de elenco e os 19 adversários focados em tirar pontos a partir deste sábado (8), são os obstáculos que a Raposa terá 30 de janeiro do ano que vem,  na última rodada da Série B.

Ouça na Rádio Nacional

Para piorar a situação, o Cruzeiro já começa o campeonato com seis pontos a menos que os outros clubes da segunda divisão. A Fifa puniu a Raposa devido à dívida de R$ 5 milhões junto ao Al-Whada, clube dos Emirados Árabes Unidos, pelo empréstimo do volante Denílson, em 2016.  Apesar de ser o grande favorito, o time celeste deve enfrentar dificuldades, como o próprio lateral-esquerdo Giovanni reforça.

“A gente tem que ter muito cuidado. Às vezes as pessoas falam da Série B tirando um pouco o mérito das outras equipes. A gente sabe que tem que ter total cuidado com as outras equipes, todo mundo tem condição de nos vencer e a gente tem que entender isso. A gente tem que chegar e dar o nosso melhor ali dentro. A gente não vai ganhar o jogo de qualquer jeito e saber que cada jogo é uma decisão. Temos que pontuar, já estamos com menos seis pontos, mas temos totais condições de dar a volta por cima. Então não podemos trazer esse peso para dentro de campo, estar concentrado os 90 minutos, esse é o exemplo que eu trago do América-MG quando conquistamos a Série B. Esse é o segredo”, disse em entrevista ao canal oficial do Cruzeiro no Youtube.

 

Mesmo ciente das adversidades, Giovanni revela que o Cruzeiro chega confiante para a disputa da Série B e projeta a partida de estreia contra o Botafogo-SP

“Chega muito motivado. A gente sabe que se espera muito da gente e a gente tá se preparando para isso. O Enderson Moreira tem cobrado muito, a gente sabe que tem totais condições de estrear bem e a gente já se cobra para fazer um grande jogo, com a ideia de jogo do Enderson. Ele tem cobrado marcação encurtada, linhas próximas, controle da posse de bola, fazer o time deles sofrer. A gente sabe que não é só a camisa que vai pesar dentro de campo, tem que ser a nossa qualidade, nossa intensidade e é isso que a gente vai tentar impor no jogo de sábado”.

O Botafogo-SP foi o 9º colocado da Série B de 2019 e vai tentar surpreender o Cruzeiro neste sábado (8). O Pantera não fez boa participação no Campeonato Paulista deste ano e escapou do rebaixamento por pouco. A diretoria do Botafogo-SP confia no trabalho do técnico Claudinei Oliveira e busca reforços. Na última quinta-feira (6), o clube anunciou a contratação do experiente volante Elicarlos.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SÉRIE B

Contra o Operário-PR, Cuiabá tenta a terceira vitória seguida para manter a liderança

Publicado

O Cuiabá defenderá a liderança da Série B do Campeonato Brasileiro contra o Operário, nesta terça-feira, às 20 horas, no estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa, pela abertura da 11ª rodada. O jogo será realizado com portões fechados por conta da pandemia de Covid-19.

Vindo de duas vitórias seguidas, sendo a última por 3 a 0 sobre o Oeste, o clube mato-grossense, chegou aos 21 pontos. O Operário, por sua vez, empatou com a Ponte Preta, por 1 a 1, e, na sexta colocação, acumula 16 pontos, um a menos do que o G4. “É um jogo importante, decisivo, um confronto direto, e a gente precisa buscar o resultado em casa”, disse o técnico Gerson Gusmão.

MUDANÇAS!

Pelos paranaenses, meia Jean Carlo e o atacante Douglas Coutinho foram bem na rodada passada e poderão colocar Clayton e Maranhão, respectivamente, no banco de reservas.

“O Jean Carlo entrou muito bem, deu uma movimentação muito boa. Talvez possa dar outra oportunidade para ele iniciar, o Coutinho teve um pouco mais de jogo hoje, talvez possa iniciar a partida. A gente vai pensar bem”, explicou o treinador operariano.

Na lateral esquerda, Julinho, recuperado de gripe, deverá ficar na vaga de Fabiano. Já na zaga, Rafael Bonfim ainda se recupera de um desconforto lombar e deverá seguir fora, com o sistema defensivo sendo preenchido por Sosa e Reniê.

ESTRUTURA!

No Cuiabá, o técnico Marcelo Chamusca segue sem contar com Anderson Conceição, que está em transição, e Romário, lesionado. Luiz Gustavo deve sair jogando, uma vez que Matheus Barbosa está pendurado.

No ataque, Maxwell segue de titular. Felipe Marques vem de recuperação e será opção. Já João Carlos cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

“O time vem se estruturando, fazendo aquilo que eu acredito que seja o planejamento ideal para o crescimento de uma equipe. E, devido a isso, consegue dar boas condições de trabalho, tem organização interna, paga em dia, tem condição de logística e condição financeira para montar uma equipe competitiva para um campeonato tão difícil como a Série B”, disse Chamusca.

Continue lendo

SÉRIE B

Nas Alagoas, Maxwell faz a diferença, Cuiabá vence o CSA e retorna à vice-liderança

Publicado

JORGE MACIEL

O Cuiabá assumiu a vice-liderança da Série B do Campeonato Brasileiro ao derrotar o CSA de virada por 2 a 1 na noite desta quarta-feira, no estádio Rei Pelé, em jogo adiado da terceira rodada. O resultado foi ruim para a equipe alagoana, que acabou voltando para a lanterna.

Com o resultado, o Cuiabá alcançou os 18 pontos, dois a menos do que o Paraná, que tem um jogo a mais. O CSA, por outro lado, acabou ficando com quatro. O primeiro fora da zona de rebaixamento é o Confiança, com oito.

UM PARA CADA LADO!
O Cuiabá começou o jogo pressionando o CSA, que, mesmo em casa, se segurou e começou a sair aos poucos. A primeira chance de gol, inclusive, foi da equipe alagoana. Aos 17 minutos, Rafinha cobrou escanteio na cabeça de Alan Costa. Ele desviou para Rodrigo Pimpão mandar rente ao gol de João Carlos.

VEJA TAMBÉM

FLAMENGO SE PREPARA PARA ENCARA DESAIO NA LIBERTADORES

O CSA continuou criando até que aos 26 minutos, a bola enfim entrou. Yago arriscou de fora da área, a bola desviou em Everton Sena e ficou limpa para Rodrigo Pimpão. O atacante acertou um bonito chute para abrir o marcador. A resposta veio aos 40. Felipe Ferreira arrancou em velocidade e jogou para Maxwell. O ex-atleta do CRB viu a bola bater na trave e parar no fundo das redes.

VIRADA!
No segundo tempo, o time alagoano cansou e deu mais liberdade para o Cuiabá, que começou a mandar na partida. Aos 21 minutos, Lucas Hernandes passou por Diego Renan e soltou a bomba. Matheus Mendes fez a defesa, mas soltou nos pés de Jenison. O atacante mandou caprichosamente para fora.

Matheus Mendes, no entanto, foi do céu ao inferno em poucos minutos. O goleiro vinha salvando o CSA, até que aos 38 minutos, Maxwell arriscou e a bola carimbou o braço de Alan Costa, pênalti. Elvis foi para a cobrança e chutou na trave. A bola voltou, bateu no arqueiro e acabou entrando.

Após o gol, o Cuiabá foi administrando a vantagem. Na base da superação, o CSA tentou um abafa nos minutos finais, mas não conseguiu se impor e acabou sendo facilmente dominado pela equipe do Mato Grosso, que sai com três pontos importantes na luta pelo acesso.

PRÓXIMOS JOGOS
Na décima rodada, o CSA enfrenta o Cruzeiro no sábado, às 21h, no Rei Pelé, em Salvador (BA). No mesmo dia, às 21h, o Cuiabá recebe o Oeste na Arena Pantanal, em Cuiabá (MT).

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana