conecte-se conosco


Economia

Criptomoedas têm queda nos preços; confira as maiores desvalorizações

Publicado


source
Bitcoin sofre liquidação e derruba todo o mercado: confira as criptomoedas com maiores desvalorizações na semana
Luciano Rocha

Bitcoin sofre liquidação e derruba todo o mercado: confira as criptomoedas com maiores desvalorizações na semana

Durante as últimas 24 horas, o mercado de criptomoedas experimentou uma nova queda forte nos preços. O Bitcoin (BTC), por exemplo, perdeu o suporte de US$ 40 mil e agora opera pouco acima dos US$ 35 mil.

Como resultado, a criptomoeda acumula uma queda de 20% ao longo dos últimos sete dias. Mas as altcoins não fizeram um papel melhor. De fato, absolutamente todas as  criptomoedas do Top 100 encerrou a semana no negativo.

Entre as maiores perdas, o cenário foi ainda pior, pois muitas delas chegaram a cair acima dos 40%. Portanto, a lista dessa semana mostrará não as maiores desvalorizações, mas sim as maiores perdas do mercado.

Disclaimer: a lista leva em conta os preços e percentuais registrados no momento da produção do texto. Além disso, serão consideradas as criptomoedas que estão no Top 100 da lista do CoinMarketCap. Sem mais delongas, eis a lista!

Loopring (LRC)

A Loopring é uma camada do Ethereum (ETH) especializa na construção de exchanges descentralizadas (DEX). O preço de seu token LRC caiu 42,68% na semana, atingindo R$ 4,35. Com R$ 5,7 bilhões em valor de mercado, o token ocupa a 77ª posição na lista.

Desempenho da LRC ao longo da semana. Fonte: CoinMarketCap.

Harmony (ONE)


Leia Também

Mais uma rede com foco em aplicações descentralizadas, a Harmony também viu seu token ONE sofrer e perder 42,97% de seu valor na semana. Como resultado, o preço do token caiu para R$ 1,11, derrubando seu valor de mercado para R$ 12,8 bilhões. O ONE ocupa a 47ª posição na lista.

Desempenho da ONE ao longo da semana. Fonte: CoinMarketCap.

Curve DAO Token (CRV)

A Curve é uma DEX que fornece liquidez e estrutura para a negociação de stablecoins descentralizadas. Seu token CRV encerrou a semana em queda de 44% e vale R$ 16,18 cada unidade. Já o valor de mercado total chegou aos R$ 7,3 bilhões e ficou na 63ª posição.

Desempenho do CRV ao longo da semana. Fonte: CoinMarketCap.

Leia Também

Near Protocol (NEAR)

Com queda de 44,86%, o token NEAR ganhou a medalha de prata da semana. Seu preço fechou a semana em R$ 61,86 enquanto seu valor de mercado chegou aos R$ 38,3 bilhões, o que ainda garantiu a 24ª posição ao protocolo.

Desempenho do NEAR ao longo da semana. Fonte: CoinMarketCap.

Gala Games (GALA)

Nem mesmo os badalados jogos em blockchain escaparam da queda, conforme mostra a perda de 45,87% no valor do token GALA. A forte desvalorização derrubou o preço do token para R$ 1,02, e o valor de mercado da Gala atingiu R$ 7,1 bilhões, ficando com a 65ª posição.

Desempenho do GALA ao longo da semana. Fonte: CoinMarketCap.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Economia

Renault transfere ativos para governo da Rússia

Publicado

source
Renault cede ativos para governo da Rússia
Divulgação

Renault cede ativos para governo da Rússia

 A montadora francesa Renault entregou suas atividades na Rússia para o governo de Vladimir Putin, na primeira grande nacionalização promovida pelo Kremlin após o início da invasão à Ucrânia.

“Foram assinados contratos para transferir os ativos russos do Grupo Renault para a Federação Russa”, diz um comunicado divulgado nesta segunda-feira (16) pelo Ministério da Indústria e do Comércio de Moscou.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia 

A montadora francesa controlava quase 68% da AvtoVAZ, maior fabricante de carros da Rússia e dona da marca Lada, mas estava sob pressão para sair do mercado russo por causa da guerra na Ucrânia.

A Renault tinha participação na AvtoVAZ desde 2008, mas poderá recomprar a fatia na empresa russa em até seis anos. O acordo também inclui a fábrica da companhia francesa em Moscou, que produzia modelos da Renault e da Nissan.

“Tomamos hoje uma decisão difícil, mas necessária”, disse o CEO da montadora, Luca de Meo, acrescentando que a cessão dos ativos para a Rússia é uma “escolha responsável” em relação a seus 45 mil funcionários no país.

Segundo o prefeito de Moscou, Sergey Sobyanin, a fábrica na cidade retomará suas atividades com a produção de carros da antiga marca soviética Moskvitch. “Não podemos permitir que milhares de trabalhadores fiquem sem emprego”, afirmou.

Continue lendo

Economia

Bolsonaro usa R$ 123,7 bilhões do FGTS para turbinar economia

Publicado

source
Bolsonaro usa R$ 123,7 bilhões do FGTS para turbinar economia
Felipe Moreno

Bolsonaro usa R$ 123,7 bilhões do FGTS para turbinar economia

Para tentar estimular a economia e dentro de uma visão de que o FGTS não deveria ser uma poupança compulsória, e sim estar à disposição do trabalhador, o governo Bolsonaro já autorizou saques extraordinários do Fundo de Garantia num montante de pelo menos R$ 123,7 bilhões, em valores corrigidos, segundo levantamento feito pelo GLOBO.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia 

O montante equivale a 20% do saldo total do Fundo no fim de novembro, último dado disponível.

A liberação de recursos fora das condições originalmente previstas no FGTS – como para financiar a casa própria, em caso de demissão sem justa causa ou doença grave – foi um expediente usado pela primeira vez no governo do ex-presidente Michel Temer, em 2017, como uma tentativa de estimular a economia após o impeachment de Dilma Rousseff.

Mas o presidente Jair Bolsonaro acelerou esta estratégia, lançando mão de saques extraordinários em 2019, 2020 (no auge da pandemia) e agora em 2022. Além disso, criou a modalidade do saque aniversário. Especialistas divergem sobre como deveria ser usado o Fundo, e a indústria da construção teme que falte recursos para financiar a habitação.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana