conecte-se conosco


Geral

Criminoso que matou esposa a facadas na frente dos filhos é condenado a mais de 35 anos de prisão em MT

Publicado

Edilene Coelho dos Santos foi morta pelo marido, Ademilson Nunes. Ela tinha dado à luz havia 22 dias

Ademilson Nunes foi condenado a 35 anos, três meses e 15 dias de reclusão pelo homicídio qualificado da companheira Edilene Coelho Santos e posse ilegal de arma de fogo, em Guarantã do Norte (a 715km de Cuiabá). A sessão de julgamento pelo Tribunal do Júri foi realizada na terça-feira (19). O Conselho de Sentença reconheceu as qualificadoras de motivo fútil e feminicídio (quando o crime é praticado contra a mulher por razões da condição de sexo feminino), bem como os agravantes de crime na presença de descendente da vítima e praticado nos três meses posteriores ao parto dela.

Conforme a denúncia do 1ª Promotoria de Justiça de Guarantã do Norte, o crime aconteceu em janeiro de 2018, no bairro Jardim Vitória. “Ademilson Nunes, consciente da ilicitude e reprovabilidade de sua conduta, dotado de manifesta intenção de matar por motivo fútil e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima, valendo-se de uma arma branca (faca), matou sua convivente Edilene Coelho Santos, no contexto de violência doméstica e familiar contra a mulher, cerca de um mês depois do parto do recém-nascido H.C. dos S. e na presença de seu filho P.F.C. da S., de seis anos de idade”, narrou o Ministério Público.

O casal mantinha união estável há cerca de dois anos, mas o relacionamento era conturbado. Havia, inclusive, processos em andamento por crimes de ameaça e lesão corporal praticados no âmbito de violência doméstica pelo denunciado em face da vítima. Segundo relatos, o denunciado sempre demonstrou ser ciumento, agressivo e autoritário. Durante a gravidez da vítima, eles chegaram a se separar e depois voltaram a morar juntos. Na data dos fatos, eles discutiram por ciúmes e Ademilson chegou a ameaçar Edilene, executando o crime na sequência. O condenado golpeou a vítima pelas costas e na boca, na presença do filho mais velho dela.

Na residência do casal, ainda foi encontrada arma de fogo e munição de uso permitido, em desacordo com determinação legal ou regulamentar.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Geral

Cuiabá divulga lista dos 941 aprovados no processo seletivo da Secretaria de Saúde; confira os nomes

Publicado

Contratos temporários terão vigência de até 2 anos

Foi publicada na edição suplementar da Gazeta Municipal nº 445 desta quinta-feira (18) a homologação do resultado do Processo Seletivo Simplificado para Contratos Temporários Imediatos e Formação de Cadastro Reserva nº 01/2022 – SMS. São 941 vagas para contratação imediata.

O processo seletivo foi realizado em etapa única, com Avaliação de Títulos, de caráter eliminatório e classificatório. Os contratos temporários terão vigência máxima de 2 anos, podendo ser prorrogados por igual período para atender excepcional interesse público, certificado pela autoridade competente.

“Este foi o segundo processo seletivo que a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realizou dentro de um período de 6 meses, com o objetivo de cumprir as determinações da Justiça, do Ministério Público e do Tribunal de Contas. Como o primeiro seletivo, realizado em janeiro, não teve aprovados suficientes para o número de vagas ofertadas, foi necessário a realização deste segundo processo, para conseguirmos completar o quadro de servidores. Nesta publicação estão os nomes de todas as pessoas que participaram do seletivo, tanto dos classificados, como os não classificados, com as notas e a ordem de classificação. Nosso objetivo é mostrar total transparência em relação ao certame, para evitar qualquer tipo de dúvidas, conforme as determinações do prefeito Emanuel Pinheiro”, disse a secretária municipal de Saúde, Suelen Alliend.

Em breve a Prefeitura Municipal de Saúde publicará o edital de convocação dos aprovados.

Vagas 

As vagas imediatas destinadas para pessoas com formação em Nível Médio são para as seguintes funções: Administrativo, Motorista de Ambulância, Vigilante, Maqueiro, Pedreiro, Pintor, Servente, Eletricista, Armador, Mestre de Obras. As vagas com exigência de formação de Nível Médio Técnico são: Gesseiro, Técnico de Enfermagem, Técnico em Farmácia, Técnico em Saúde Bucal e Técnico em Segurança do Trabalho.

As funções para contratação imediata, com exigência de formação de Nível Superior são: Analista de Rede, Analista de Sistemas, Enfermeiro do Trabalho, Engenheiro Civil, Engenheiro Eletricista, Engenheiro do Trabalho, Farmacêutico,  Fonoaudiólogo, Profissional de Nível Superior  e Terapeuta Ocupacional.  As vagas com exigência de formação de Nível Superior com Especialização são: Médico – Broncoscopista, Médico – Cardiologista, Médico – Cirurgião Geral, Médico – Cirurgião Vascular, Médico – Clinico Geral, Médico – Dermatologista, Médico – Endocrinologista, Médico – Gastroenterologista, Médico – Ginecologista, Médico – Hematologista, Médico – Hepatologista, Médico – Infectologista, Médico – Intensivista, Médico – Nefrologista, Médico – Neuropediatra, Médico – Oftalmologista, Médico – Ortopedista, Médico – Otorrinolaringologista, Médico – Pediatra, Médico – Pneumologista, Médico – Psiquiatra, Médico – Reumatologista, Médico – Ultrassonografista, Médico – Urologista, Médico do Trabalho, Médico Auditor e Médico Regulador. Para estas funções, além da comprovação de graduação da função a ser exercida, será exigida a comprovação de Certificado de Residência Médica na especialidade.

O processo seletivo será realizado em etapa única, com Avaliação de Títulos, de caráter eliminatório e classificatório. Os candidatos deverão enviar cópias dos seus títulos, conforme a função escolhida, somente via Upload, através do site www.selecon.org.br. A documentação será analisada e pontuada pela Banca de Avaliação de Títulos.

Os contratos temporários terão vigência máxima de 2 anos, podendo ser prorrogados por igual período para atender excepcional interesse público, certificado pela autoridade competente.

Confira os aprovados:

http://gazetamunicipal.cuiaba.mt.gov.br/api/api/editions/viewPdf/10152

Continue lendo

Geral

Produtor rural é condenado em júri popular a 16 anos de prisão por matar engenheira em briga no trânsito

Publicado

Preso desde 2019, Jackson Furlan não poderá recorrer em liberdade, conforme decisão da juíza Emanuelle Chiaradia Navarro [Foto -Reprodução]

Em júri popular ocorrido nesta quinta-feira (18) na 1º Vara Criminal de Sorriso (420 km de Cuiabá), o produtor rural Jackson Furlan, de 32 anos, foi condenado a 16 anos de prisão em regime fechado pelo assassinato da agrônoma Júlia de Souza Barbosa, em novembro de 2019. Ele foi acusado de homicídio qualificado por motivação fútil.

Ele está preso desde 2019 e já conseguiu a remissão de 255 dias da pena, por estudar e trabalhar na prisão. Furlan ainda pode recorrer da sentença, conforme decisão da juíza Emanuelle Chiaradia Navarro Mano, da comarca do município.

O crime

Júlia Barbosa estava em Sorriso a passeio. Ela morava na cidade de Cornélio Procópio, no Paraná. De acordo com a polícia, a vítima estava com o namorada na casa de amigos se preparando para voltar ao Paraná. Ela pediu ao namorado um chocolate antes da viagem e os dois foram até uma conveniência para comprar. A engenheira estava em uma caminhonete, junto com o namorado, na noite de 9 de novembro de 2019.

Conforme a Polícia Civil, o casal teria sido perseguido depois de ultrapassar outra caminhonete. Quando foi ultrapassado, Jackson Furlan teria ficado irritado. Ele buzinou diversas vezes e queria que o casal parasse o veículo.

Eles foram perseguidos pelo motorista até que, em determinado momento, o suspeito sacou uma arma e disparou. O tiro atingiu a cabeça da vítima.

O namorado da jovem socorreu a vítima até um hospital e a polícia foi chamada. Ela não resistiu e morreu na unidade de saúde. Segundo a polícia, Jackson não tinha passagens pela polícia.

 

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana