conecte-se conosco


Mato Grosso

Criminoso envolvido em chacina em MT é capturado em Goiás

Publicado

Condenado a mais de 50 anos de prisão por triplo homicídio em Mato Grosso e com mais de 20 estupros confirmados no Estado de Goiás, Wellington Ribeiro da Silva (52 anos) foi preso em ação integrada da Gerência Estadual de Polinter e Capturas (Gepol-MT) e Superintendência de Combate a Corrupção e ao Crime Organizado de Goiás. Os policiais cumpriram nove mandados de prisão contra o homem.

Wellington é apontado como autor do crime que ficou conhecido como “Chacina do Monte Líbano”, quando, em 1997, ele teria assassinado a sua companheira e os dois filhos dela em Rondonópolis.

Na época dos fatos, Wellington comandava uma quadrilha envolvida em diversos roubos e homicídios e tinha um relacionamento com a vítima, Luzia Pereira da Cruz, que tinha dois filhos de outros relacionamentos. Depois de desconfiar que a companheira estava passando informações para a Polícia, o suspeito decidiu matá-la.

Na noite do crime, Wellington foi até a casa da vítima e depois de conversarem algum tempo, ele a abraçou e esfaqueou a vítima violentamente, sem possibilidade de defesa. Não satisfeito, o suspeito decidiu tirar a vida dos dois filhos da vítima, um de 10 e outro apenas de 03 anos de idade. Os corpos foram encontrados dias depois.

Leia Também:  MTI promove workshop de governança de dados e Lei de Proteção de Dados

Pelos crimes praticados, Wellington foi condenado a mais de 50 anos de prisão em regime fechado. Ele chegou a ser preso, mas fugiu do Presídio Major PM Eldo Sá Correa (Mata Grande) em 2013 e desde então seu paradeiro era desconhecido.

Na última semana, Wellington foi preso no Estado de Goiás, onde é considerado um criminoso em série pela polícia de Goiás, maníaco sexual, investigado pelo cometimento de crimes sexuais e apontado como autor de mais 22 estupros confirmados com as vítimas identificadas e confissão de alguns crimes.

A prisão do suspeito ocorreu após a troca de informações entre o Núcleo de Inteligência Operacional da Gepol e policiais civis de Goiás. A equipe da Polinter fez o encaminhamento dos mandados de prisão expedidos pela Justiça de Mato Grosso e que ainda não haviam sido cumpridos.

O delegado, Carlos Levergger, um dos responsáveis, pela força tarefa nas investigações dos estupros praticados no Estado de Goiás, disse que no momento da prisão, Wellington, fazia uso de documento falso, sendo também autuado em flagrante pelo crime.

Leia Também:  Primeira parcela dos salários dos servidores é depositada nesta quarta-feira

Na quinta-feira (19.09), o suspeito foi apresentado a imprensa na sede da Secretaria Estadual de Segurança Pública do Estado de Goiás.

Fonte: GOV MT
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Mato Grosso

Polícia Civil promove mudanças em diretoria e regional do interior

Publicado

A Diretoria da Polícia Judiciária Civil promoveu mudanças nesta semana em cargos de gestão da instituição. A pedido, o delegado Douglas Turíbio Schutze, deixa a Diretoria Metropolitana e assume a Delegacia Regional de Sinop, unidade onde já atuou por duas vezes.

Assumirá a diretoria Metropolitana a delegada Ana Paula de Faria Campos, que estava na regional de Várzea Grande, onde já exerceu também a titularidade da Delegacia Especializada da Mulher, Criança e Idoso, entre outras unidades da capital. 

Em reunião da diretoria nesta terça-feira (16.10), o delegado Douglas Turíbio se despediu emocionado dos colegas de gestão e destacou as conquistas, principalmente as amizades feitas ao longo de 31 anos na instituição. “Conquistei muitos amigos, a Polícia trouxe pra mim um aprendizado muito grande. Como gestor busquei fazer o correto dentro da legalidade e não há nada mais significativo quando sabemos das amizades conquistadas, do respeito. Vou para Sinop feliz por esse legado que trago para minha vida, pessoal e profissional”.

Aos 72 anos de vida e com 31 anos na PJC-MT, Douglas Turíbio Schutze assume o desafio de promover mudanças estruturais nas unidades da regional de Sinop, principalmente, na sede, conforme destaca o delegado-geral, Mário Dermeval Aravechia de Resende. “Ele sai daqui por um pedido pessoal, mas é um profissional que deixa muitos ensinamentos, pois pela experiência de vida e sempre transmitiu muita segurança à equipe da diretoria, nos aconselhando  e nos guiando”, assegurou.

Leia Também:  Conselho estadual debate alterações na legislação de pessoal

O diretor de Interior, Walfrido Nascimento, reforça que a experiência do delegado Douglas auxiliou na condução das ações da diretoria, da área tática à gestão. “Ele foi gestor de vários diretores que hoje compõem a direção e conhece profundamente nossa instituição”.

Com a mudança na diretoria Metropolitana, o delegado regional de Cuiabá, Rodrigo Bastos da Silva vai acumular também a regional de Várzea Grande.

Currículos

Ana Paula de Faria Campos: é delegada Classe Especial. Natural de Cuiabá, formou-se em Direito pela Universidade Federal de Mato Grosso em 1999. Tem especialização em Políticas de Segurança Pública e Direitos Humanos e Curso Superior de Polícia, ambos pela UFMT. Antes de ingressar na Polícia Judiciária Civil, em maio de 2003, foi conciliadora do Procon-MT por dois anos. Já atuou nas seguintes unidades como adjunta: Delegacias Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa; Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc Oeste); Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande. Foi delegada titular da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande e depois Delegada Regional de Várzea Grande.

Douglas Turíbio Schutze: é natural de Marília, São Paulo, casado e pai de um casal de filhos. Formado em Direito pela Faculdade de Alta Paulista, Tupã (SP). Ingressou na Polícia Judiciária Civil em maio de 1988, na 3ª turma de delegados de polícia de Mato Grosso. Com 31 anos na Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, atuou em diversas unidades como Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), Delegacia de Roubos e Furtos de Cáceres e foi delegado regional de Pontes e Lacerda, com pouco menos de dois anos de polícia. Depois foi para a Delegacia Municipal de Várzea Grande, Delegacia de Paranaíta e Municipal de Alta Floresta, ambas no norte do estado. Também atuou na Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá e foi coordenador do antigo Cisc Verdão. Em seguida, assumiu as regionais de Sinop, Cáceres, Cuiabá, Regional de Peixoto Azevedo e depois como titular da 1ª DP de Várzea Grande, 2ª DP de Cuiabá e novamente retornou à Regional de Sinop, de onde saiu para assumir a Diretoria Metropolitana na gestão 2019/2020.

Leia Também:  Parceria para uso de mão de obra de presos e investimentos são temas de reuniões

Tem especialização em Gestão de Segurança Pública, Curso de Atualização Jurídica para Delegados, Curso de Gestão de Políticas de Segurança Pública (2012), entre outros.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

Polícia Civil e parceiros promovem ação de cidadania em Cuiabá

Publicado

Uma ação social de saúde, bem-estar e cidadania promovida pela Polícia Judiciária Civil será realizada no próximo sábado (19.10), em Cuiabá. Toda a comunidade do bairro São João Del Rey e região pode participar e usufruir de diversos serviços como emissão de documentos, exames de saúde, estética, orientação ao consumo, entre outros.

O evento integra o projeto “Polícia Civil em Cidadania”, desenvolvido pela Coordenadoria de Polícia Comunitária da instituição e tem como corealizaores a Assembleia Legislativa, por meio do Assembleia Social, e a Delegacia Regional de Cuiabá. O trabalho é voltado para a população carente e será realizado em parceria com diversas instituições e  empresas colaboradoras.

A ação social será realizada durante toda a manhã de sábado, das 08h às 12h, na Academia de Polícia Judiciária Civil (Acadepol), localizada na avenida Doutor Meirelles, bairro São João Del Rey, na Capital.

Com profissionais de diferentes áreas, os serviços ofertados são: psicóloga; exame de vista; nutricionista; aferição de pressão arterial e glicose; massagem; terapia holística; SPA para pé; escova de cabelo; penteados; depilação e limpeza de pele.

Leia Também:  Mais de 45 mil consumidores concorrem no primeiro sorteio da Nota MT

Também terão outros atendimentos como: registro de boletim de ocorrência; orientação jurídica; contador; Procon; Justiça Comunitária; Delegacia Especializada de Defesa da Mulher; emissão de primeira via de RG; de segunda via de Certidão de Nascimento e de Óbito; entre outros.

São parceiros na realização do projeto a Politec, Prefeitura de Cuiabá, Procon-MT, Tribunal de Justiça, Sesc Pantanal, projeto VG em Ação, projeto Verde de Novo, Sine e os Conselhos Comunitários de Segurança dos bairros Pedra 90 e São João Del Rey.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana