conecte-se conosco


Policial

Relatório mostra que crimes de homicídio, roubo e furto têm recuo em Cuiabá e Várzea Grande

Publicado

 

.

Os municípios de Cuiabá e Várzea Grande apresentaram reduções nos principais índices criminais, entre janeiro e agosto deste ano, em comparação com o mesmo período de 2019. Os dados são da Superintendência do Observatório de Violência da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT).

Nos primeiros oito meses de 2020, 48 pessoas foram vítimas de homicídio em Cuiabá. Entretanto, no mesmo período do ano passado, 60 pessoas morreram pela mesma prática criminosa, o que representa uma redução de 20%. O município de Várzea Grande também apresentou queda de quase 21%. Em 2020, 27 pessoas morreram contra 34 no mesmo período do ano anterior.

O levantamento tem como base os registros de Boletins de Ocorrências (BOs) nas duas cidades. Já em relação os crimes de roubo seguido de morte, Cuiabá registrou redução de 75%, totalizando uma pessoa morta em 2020, enquanto em 2019 foram quatro. O município vizinho a capital, Várzea Grande, apresentou uma queda ainda maior: -83%. Nos primeiros oito meses deste ano uma pessoa morreu, já no mesmo período do ano passado foram seis.

O secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp, Coronel PM Victor Fortes, ressalta que mesmo com um ano atípico por conta da pandemia, as forças de segurança continuaram atuando firmemente no combate à criminalidade e não diminuíram o ritmo das operações, reforçando o policiamento, as ações integradas e investigações criminais.

“O empenho das forças de segurança e o comprometimento dos profissionais foram primordiais para alcançar os resultados. A Sesp fortaleceu a integração tanto na atividade de inteligência quando na atuação operacional entre as instituições, com ações preventivas e repressivas no enfrentamento aos principais índices criminais, principalmente no enfrentamento aos crimes contra a vida e o tráfico de drogas. Nosso objetivo é continuar ampliando as ações”, enfatiza.

Crimes contra o patrimônio

Nos primeiros oito meses do ano, os crimes de roubo (quando há violência) reduziu 25% em Cuiabá e 37% em Várzea Grande. Na capital, foram 2.202 em 2020 registros contra 2.948 em 2019. Já em Várzea Grande foram 986 roubos registrados neste ano, enquanto que no ano passado foram 1.576 ocorrências.

Os furtos em Cuiabá reduziram 31% em 2020. Foram 5.992 registros em 2020 contra 8.798 em 2019. Em Várzea Grande, a queda ultrapassou 27%. Neste ano ocorreram 1.864 furtos, enquanto no ano passado foram 2.586 ocorrências.

Compõem as forças de segurança a Polícia Militar (PM), Polícia Judiciária Civil (PJC), Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Sistema Penitenciário e Sistema Socioeducativo.

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Policiais civis femininas participam de treinamento Prevenção e Reação à Violência Urbana

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Seis policiais civis mulheres latadas em unidades da Capital participaram nesta semana de treinamento de Prevenção e Reação a Violência Urbana, ministrado pela equipe da Gerência de Operações Especiais (GOE). As policiais destacaram a importância da atuação da mulher na área de segurança, assim como prestigiaram a Campanha de prevenção ao câncer de mama Outubro Rosa.

A capacitação foi realizada com 20 horas/aula foi realizada na segunda e terça-feira (19.20) contando com a participação das policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá, Gerência Estadual de Polinter e Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).

O curso de Prevenção e Reação a Violência Urbana, ministrado pela GOE, tem como objetivo alertar os policiais para os riscos quando estão descaracterizados, seja nos momentos de folga ou até mesmo em serviço. Com ações voltadas à precaução e prudência, visando evitar o perigo e resguardar a integridade física do profissional.

Uma das propostas trabalhadas é o desenvolvimento e aprimoramento da postura preventiva do policial contra a violência urbana. Além de aperfeiçoar as técnicas de tiro policial, focadas no combate aproximado nessas situações em que o policial estiver portando sua arma de forma velada.

Como força de alertar as mulheres para a Campanha Outubro Rosa, as policiais vestiram a camisa rosa durante o treinamento.

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Dois suspeitos são presos em flagrante por homicídio ocorrido em zona rural de Jangada

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Dois suspeitos de um homicídio ocorrido em Jangada no domingo (18) foram presos e autuados em flagrante pela Polícia Civil de Rosário Oeste nesta segunda-feira (19.10). Os dois homens de 33 e 48 anos, conduzidos pela Polícia Militar, foram ouvidos em depoimento pela autoridade policial e autuados pelo homicídio de Silvano Silvestre Corrêa, 31 anos, e também por posse irregular de arma de fogo adulterada e munições.

Um dos presos, de 33 anos, é suspeito também de outro homicídio ocorrido no dia 15 de outubro, que vitimou Júlio Davi Siqueira, 36 anos, na comunidade rural Barra do Santa Cruz, em Jangada. O corpo de Júlio foi encontrado em uma estrada da comunidade, com perfurações de arma cortante.

Em depoimento, o suspeito declarou ao delegado Ruy Guilherme da Peral da Silva que tinha raiva da vítima, pois esta teria furtado a residência de sua família e desde então, Júlio passou a tecer provocações contra o suspeito, que resolveu se vingar e chamou uma pessoa para acompanhá-lo na empreitada, identificada como Silvano Corrêa.

Silvano testemunhou o crime praticado contra Júlio Davi e, posteriormente, começou a ameaçar o suspeito e extorqui-lo, pedindo dinheiro para não denunciá-lo à Polícia.

No último final de semana, o suspeito e Silvano estavam bebendo e em um certo momento, depois de Silvano novamente pedir dinheiro, o suspeito pegou uma faca e desferiu golpes contra a vítima. Após o crime, o suspeito pegou um veículo da fazenda onde trabalhava e com ajuda de outra pessoa, um homem de 48 anos, pôs a vítima na camionete e seguiram em direção ao hospital da cidade para buscar socorro, quando no trajeto, segundo o suspeito, notaram que a vítima estava morta e jogaram o corpo na estrada.

Após o corpo da vítima Silvano ser encontrado na estrada, a Polícia Militar, PJC e IML foram acionadas. A PM localizou a camionete, com vestígios de sangue na carroceria, na chácara do suspeito, além de peças de roupa da vítima.

Depois de diversas diligências, os dois suspeitos foram detidos pela PM de Jangada e conduzidos à Delegacia de Rosário Oeste, onde foram ouvidos em depoimento pelo delegado Ruy Guilherme e autuados em flagrante.

A Polícia Civil de Rosário Oeste instaurou inquéritos para investigação dos dois homicídios.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana