conecte-se conosco


Internacional

Crianças têm chances 44% menores de contrair covid-19

Publicado


Crianças têm probabilidade 44% menor de contrair covid-19 do que os adultos, de acordo com uma análise liderada pelo presidente do Royal College of Paediatrics and Child Health, do Reino Unido.

“Nessa revisão sistemática e meta-análise, incluindo 32 estudos, crianças e adolescentes abaixo de 20 anos tiveram 44% menos chances de infecção secundária com pelo novo coronavírus, em comparação com adultos de 20 anos ou mais”, mostrou a análise.

“Há evidências preliminares de que aqueles com menos de 10 a 14 anos têm menor suscetibilidade à infecção do que adultos, com adolescentes parecendo ter suscetibilidade semelhante à dos adultos.”

A análise foi liderada por Russell Viner, presidente do Royal College. 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Internacional

Mulher é presa por andar de bicicleta sem traje obrigatório no Irã

Publicado


source
Mulher é presa no Irã por não usar Hijab na rua durante passeio de bicicleta
Reprodução Twitter

Mulher é presa no Irã por não usar Hijab na rua durante passeio de bicicleta

Uma mulher foi presa sob a acusação de “insultar o Hijab muçulmano” na última segunda(19), na cidade de Nafajabad , no Irã . Ela foi detida após ser flagrada andando de bicicleta sem o traje obrigatório.

A mulher, que não foi identificada, aparece com a mão levantada enquanto caminha com a bicicleta. Segundo a agência de notícias IRNA, populares e religiosos protestaram contra a presença da mulher na rua.

A prisão foi confirmada pelo governador da cidade, Mojataba Raei :

“Uma pessoa que recentemente violou normas e insultou o véu islã na região já foi presa”, afirmou, que completou que o motivo do passeio está sendo investigado.

Veja a cena:



Após a Revolução Islâmica no Irã em 1979, o país tornou obrigatório o uso do Hijab para todas as mulheres no país, independente da religião ou nacionalidade, sendo que até hoje perdura essa e outras leis que as impedem de frequentar mesmos espaços que homens.

Segundo a lei Iraniana, mulheres são obrigadas a usarem um véu que cubra a cabeça e todo o cabelo, além da região do pescoço quando estiverem em vias públicas.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Internacional

Hackers roubam empresas e fazem doações para caridade

Publicado


source
Hackers
Creative Commons

Hackers “robin hoods”, extorquem grandes empresas e doam para instituições de caridade

Um grupo hacker conhecido com Darkside divulgou ter doado 10 mil dólares (R$ 56 mil) para duas instituições de caridade. O dinheiro veio a partir de extorções de empresas.

Os hackers divulgaram a doação pela dark web (parte da deep web com enorme dificuldade de rastreio, muitas vezes utilizada para atividades criminais). O Darkside afirmou que eles apenas atacam grandes corporações, usando um tipo de hack que torna as empresas “reféns” até que paguem o que é solicitado.

Uma das instituições que foram ajudadas, a Children Internationa l, que assiste crianças carentes ao redor do mundo,  anunicou que não ficará com o dinheiro.

“Achamos que é justo que parte do dinheiro que as empresas pagaram vá para a caridade. Por pior que você ache que nosso trabalho é, temos o prazer de saber que ajudamos a mudar a vida de alguém. Hoje enviamos as primeiras doações”, disseram os hackers.

Para a BBC, o analista de ameaças da empresa de segurança cibernética Emsisoft, Brett Calow se mostrou surpreso com ação dos cyber criminosos:

“O que os criminosos esperam alcançar fazendo essas doações não está nada claro. Talvez ajude a amenizar a culpa deles? Ou talvez por razões egoístas eles querem ser vistos como Robin Hood, em vez de vigaristas sem consciência”. Que completou: “Quaisquer que sejam suas motivações, certamente é algo muito incomum e é, até onde eu sei, a primeira vez que um grupo de ransomware doou uma parte de seus lucros para instituições de caridade.”

Ainda segundo especialistas, a facilidade em se fazer doações via bitcoins , como no caso dos hackers, expõe problemas dessa criptomoeda , que não cria métodos de identificação de usuários.

“Se você entra em uma instituição de caridade com uma máscara anônima e doa 10 mil libras em dinheiro e depois pede um recibo, provavelmente algumas perguntas precisam ser feitas”, afirma Philip Gradwell, pesquisador de criptomoedas.

Além disso alerta para outro crime fiscal: 

“Ao permitir doações anônimas de fontes potencialmente ilícitas, aumenta o perigo de lavagem de dinheiro.”

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana