conecte-se conosco


Curiosidades

Criança de 4 anos é multada por andar de patins em praça de Veneza

Publicado


Criança de 4 anos é multada, em Veneza, por andar de patins
Reprodução/ Ansa

Criança de 4 anos é multada, em Veneza, por andar de patins

Uma criança de 4 anos foi multada enquanto andava de patinete em volta da praça Piazzetta dei Leoncini, nessa segunda-feira (19), em Veneza, na Itália. Por ser menor de idade, a multa – um total de 66,80 euros – foi atribuída ao pai do menino e, após ser compartilhada nas redes sociais, recebeu diversos comentários sobre a atuação do policial. “Vergonha”, “loucura” e “tristeza” foram algumas das manifestações dos internautas.

Leia também: Trezentas moedas de ouro da época do Império Romano são encontradas na Itália

Diversos comentários saíram em defesa da criança e criticaram a multa aplicada, dizendo que ela estava “somente brincando” e que impedir que crianças brinquem nas ruas é o primeiro passo para tornar Veneza uma “cidade fantasma”.

Na sanção foi registrada que “a pessoa consentia ao filho menor de idade utilizar um acelerador de velocidade (patinete) na proximidade da Piazzeta dei Leoncini”. Ameaçando chamar um advogado, o pai do menino se dirigiu à sede policial para protestar contra a aplicação da multa, medida que achava exagerada e absurda.

Leia Também:  Idosa com Alzheimer desce nove andares de prédio pela fachada; confira o vídeo

“Piazza San Marco não deve virar um parque de jogos, mas que dano uma criança de 4 anos pode ter causado?”, debateu o pai dirigindo-se a Monica Sambo, chefe do Partido Democrático (PD) no Conselho Municipal.

Leia também: Casal se distrai com selfie e deixa filho recém-nascido cair no mar na Itália

Nas próximas semanas, um novo regulamento da Polícia Municipal estará em curso para aprovação com o objetivo de abolir a utilização de patinetes por crianças menores de 10 anos de idade e sugerir outros lugares mais delicados e artísticos na cidade que possam ser propícios à utilização do equipamento, como San Marco e Rialto.

Enquanto as novas regras são votadas, o regulamento antigo, que proíbe a utilização de “todo e qualquer acelerador de velocidade”, como patins, por exemplo, continua valendo. Além disso, são proibidos jogos coletivos e individuais que possam envolver o lançamento de objetos.

Mas não só essas medidas estão regendo na Itália.  Nos últimos meses, a Prefeitura de Veneza colocou em prática novas restrições a moradores e turistas, visando o maior controle de Piazza San Marco e suas proximidades, gerando polêmica no país.

Leia Também:  “Jesus ou boneco do Playmobil”? Restauração de escultura dá errado e vira piada

No entanto, essa não foi a única sanção estranha aplicada nos países internacionais. Em junho desse ano, na Guiana, o jovem Kevin Rodrigues teve seu carro parado pela polícia  enquanto levava uma vítima de picada de cobra ao centro médico em Georgetown, capital do país.

“Isso não é problema meu e nem desculpa para infringir a lei”, disse o policial que aplicou a medida.  Após o adolescente ser barrado, o “criminoso” foi liberado e conseguiu chegar a tempo para socorrer sua amiga Lizzy. A vítima ficou internada e o adolescente teve que comparecer ao tribunal para reverter a sua multa .

*Com informação da ANSA

Fonte: IG Curiosidades
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Curiosidades

“Monstro marinho” é encontrado no México; conheça o Regaleco

Publicado

Hardcore

regaleco arrow-options
Reprodução

Peixe da espécie Regaleco foi chamado de “monstro marinho”


Dois irmãos realizaram uma viagem de pesca para Baja’s East Cape, no Norte do México,e se depararam com uma incrível criatura durante suas aventuras: um exemplar de regaleco ou rei-dos-arenques, um peixe exótico e extremamente raro, já chamado de monstro marinho . O mais impressionante é que o animal estava vivo, o que também é algo raro.

Leia também: Monstro do Lago Ness “pode ser real”, revela estudo internacional

Os irmãos contam que estavam dirigindo seu boogie quando avistaram a criatura brilhando em um banco de areia no raso. “Notamos à distância o peixe. Meu irmão saiu correndo em direção ao mar e sabia que se tratava de algo raro”, disse Noah Thompson ao portal The Dodo.

 O peixe encontrado pelos irmãos, entretanto, se tratava de um exemplar “pequeno. O regaleco de 10 metros era ainda um jovem peixe (o animal pode chegar a 50 metros de comprimento). Geralmente, quando os Regalecos são encontrados, eles estão mortos na praia. Em 2015, um exemplar de 4 metros foi encontrado na Ilha Catalina, na Califórnia.

Leia Também:  “Jesus ou boneco do Playmobil”? Restauração de escultura dá errado e vira piada

Leia também: “Monstro do mar” gigante é encontrado em praia na Rússia e intriga moradores

“No começo, não tive coragem de tocar naquela coisa que parecia ter acabado de sair do portal de cabeça para baixo do Stranger Things, mas sabendo exatamente o que era, meu irmão cuidadosamente o colocou de volta na água, e depois de algumas fotos ele o devolvemos para o mais fundo possível.  O futuro não parecia tão brilhante para esse cara, já que esse peixe geralmente vive de 20 a 1000 mil metros das produndezas, mas eu gostaria de pensar que ele vai continuar vagando pelo Mar de Cortez muitos anos mais e que se torne um peixe gigante”, ressaltou Noah.

Fonte: IG Curiosidades
Continue lendo

Curiosidades

Peso de ouro! Cacho de uvas ruby é leiloado por R$ 37 mil no Japão

Publicado

Menu

Japão arrow-options
Reprodução/Twitter JS Business & Policy

Takashi Hosokawa, o comprador do cacho de uvas ruby

Um cacho de uvas Ruby foi arrematado num leilão na cidade de Kanazawa no Japão por 1,2 milhão de ienes, cerca de R$ 37 mil.

Segundo o jornal The Indeendent , as uvas foram compradas por Takashi Hosokawa, gerente de uma cadeia de hotéis de águas termais na província de Ishikawa, região central do Japão .

Leia também: Mulher contrai infecção e fica com orelhas deformadas após colocar piercings

A venda torna o cacho de uvas o mais caro desde que a variedade chegou ao mercado, há 12 anos, disseram os leiloeiros. Em 2016, um grupo foi vendido no mesmo leilão 1,1 milhão de ienes, cerca de R$ 35 mil.

No Japão, frutas são consideradas um artigo de luxo e se destaca na cultura de presentes do país, junto com outros gêneros alimentícios como bifes congelados, uísque e chá preto.

“As pessoas compram essas frutas caras para demonstrar o quanto seus presentes são especiais para os destinatários, para ocasiões especiais ou para alguém socialmente importante, como seu chefe”, disse Soyeon Shim, reitor da Escola de Ecologia Humana da Universidade de Wisconsin.

Leia Também:  Homem que sonhou que ganhava na loteria fatura mais de R$ 14 milhões dias depois

A tendência para frutas de alta qualidade não se limita apenas ao Japão . Em janeiro, um shopping indonésio vendeu uma variedade de durian, considerada a “fruta mais cheirosa do mundo” por cerca de R$ 3.500.

Leia também: Casal nu é flagrado atravessando rodovia de São Paulo; vídeo circula na internet

Fonte: IG Curiosidades
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana