conecte-se conosco


Registro Geral

CPI da Sonegação já sabe que barão do agro “nhapou” mais de R$ 100 milhões do Fethab

Publicado

Pelo apurado, barão do agronegócio teria se beneficiado com a sonegação de impostos do Fethab na ordem de R$ 100 milhões

Uma das maiores empresas do agronegócio de Mato Grosso, seu dono já foi chefe de Estado, deve ser alvo de denúncia cabeluda, apurada pela CPI da Sonegação da Assembleia Legislativa. Segundo fonte quentíssima da coluna, a gigante do agro sonegou mais de R$ 100 milhões relativos a impostos não recolhidos do Fethab (Fundo de Transporte e Habitação). As informações bombásticas estão em poder de um combativo deputado estadual, e deve ser detonada na mídia muito em breve. Pela gravidade dos fatos, o parlamentar vai apresentar a denúncia ao Ministério Público Estadual. O portal ODOCUMENTO teve acesso ao “relatório paralelo” da Comissão Parlamentar de Inquérito. Aguardem!

publicidade
1 comentário

1 comentário

  1. Lud disse:

    Será q o governador MM vai deixar a AL acusar seus amiguinhos de condomínio, só vendo pra acreditar.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Registro Geral

De olho no Alencastro, Botelho joga pesado para ser o mais votado da Capital

Publicado

Pelo andar da carruagem, presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (União Brasil), deve ser o campeão de votos em Cuiabá

O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (União Brasil), pelas sondagens quantitativas deve ser o deputado estadual bem mais votado de Cuiabá. Segundo fonte da coluna, Botelho estaria animadíssimo com a possibilidade de concorrer ao Palácio do Alencastro, em 2024. Por isso, o título de campeão de votos da Capital seria de fundamental importância para consolidar o futuro projeto majoritário. Ainda de acordo com a mesma fonte, assim que terminar as eleições gerais, Botelho vai montar um grupo estratégico para elaborar seu Plano de Governo, bem como pavimentar caminho junto aos vereadores, líderes comunitários e a classe empresarial cuiabana.

Continue lendo

Registro Geral

Senador estaria descontente com falta de apoio ao irmão, preterido por Kalil

Publicado

Senador, Jayme Campos (União Brasil), está se sentido traído pelo afilhado, Kalil Baracat (MDB), que praticamente desprezou o ex-governador, Júlio Campos, candidato a deputado estadual

O senador Jayme Campos (União Brasil), padrinho político do atual prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat (MDB), estaria decepcionadíssimo com o afilhado. Segundo fonte da coluna, Kalil empurrou as “carniças” para apoiar o irmão de Jayme, ex-governador, Júlio Campos, candidato a deputado estadual. Por outro lado, Baracat destinou o “filé mignon” a dois candidatos ao Legislativo: Fábio Tardin e Eduardo Botelho. As melhores lideranças que apoiam Julinho na cidade industrial foram conquistadas por Jayme, além da ex-prefeita, Lucimar Campos. Se dependesse apenas e exclusivamente do esforço de Kalil, o ex-governador não teria a menor chance de concorrer com os seus oponentes. De acordo com a mesma fonte, a ingratidão de Baracat deve ser lembrada na eleição de 2024, quando o alcaide várzea-grandense deverá concorrer à reeleição.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana