conecte-se conosco


Esportes

Covid-19: Maratona de Paris reagendada para novembro é cancelada

Publicado


.

A maratona de Paris deste ano foi cancelada, disseram os organizadores na quarta-feira (12), enquanto a França luta contra o ressurgimento do novo coronavírus (covid-19). A maratona deveria ocorrer originalmente em 5 de abril, mas foi adiada para 15 de novembro por causa da pandemia.

“Depois de ter tentado de tudo para manter o evento, nós, com a cidade de Paris, nos sentimos obrigados a cancelar a edição 2020 da Schneider Electric Marathon de Paris e do Paris Breakfast Run”, disseram os organizadores em comunicado. 

A nota dos organizadores esclarece ainda que “”diante da dificuldade que muitos corredores, principalmente os estrangeiros, tiveram em se colocar à disposição, decidiu-se que seria melhor para os interessados ​​se organizássemos a Schneider Electric Maratona de Paris em 2021”.  E conclui dizendo: “Estaremos trabalhando com a cidade de Paris para realizar uma edição de 2021 que reúna os corredores mais apaixonados nas ruas mais bonitas do mundo”.

A maratona de Paris, um dos eventos mais populares do calendário global de corridas que rotineiramente atrai mais de 40.000 participantes, é a última a ser interrompida pela pandemia de covid-19. 

Em junho, a Maratona da Cidade de Nova York foi cancelada, enquanto a Maratona de Boston também foi descartada pela primeira vez em seus 124 anos de história.

Maratonas majors em Berlim e Chicago também foram canceladas, enquanto a Maratona de Londres, originalmente marcada para abril, foi adiada para 4 de outubro e será disputada apenas para elite.

A França relatou mais de 236.000 infecções e mais de 30.000 mortes por covid-19. 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Botafogo-SP vence Oeste e fica fora do Z4 da Série B

Publicado


O Botafogo-SP venceu o Oeste por 1 a 0, na Arena Barueri, quebrando uma sequência de quatro derrotas consecutivas. O Pantera chegou a 11 pontos, saiu provisoriamente da zona do rebaixamento e ainda deixou o rival da noite desta terça-feira (29) na lanterna da Série B do Campeonato Brasileiro, com apenas 6 pontos conquistados. A partida foi marcada pela dificuldade das equipes em criar chances de gol e pela queda de luz da Arena Barueri no primeiro tempo.

Antes do apagão, o Botafogo-SP teve uma boa chance, aos 5 minutos de jogo. Ronald avançou pela direita, entrou na área do Oeste e chutou no canto esquerdo de Caíque França, que espalmou para escanteio. Aos 24 minutos, o goleiro do time da casa fez outra grande defesa. Rafinha recebeu lançamento, cortou pra dentro e chutou cruzado de esquerda, mas Caíque França salvou.

Aos 38 minutos, alguns refletores da Arena Barueri apagaram. Depois de 13 minutos de espera, o jogo recomeçou. O Oeste voltou melhor da parada e passou a ameaçar. Aos 61 minutos, Betinho, de cabeça, completou cruzamento que veio da esquerda e a bola passou perto do gol de Darley. A última chance do primeiro tempo foi do Botafogo. Wellington Tanque dominou na entrada da grande área e chutou no canto esquerdo para Caíque França espalmar.

O segundo tempo da partida foi ruim tecnicamente. As equipes não conseguiam criar oportunidades e tinham dificuldades de finalizar para o gol. Até que, aos 22 minutos, Ronald avançou pela direita e cruzou na área. A bola sobrou para Rafinha, que dominou e bateu rasteiro, colocado, no canto esquerdo de Caíque França para abrir o placar.

O Oeste tentou responder, mas não oferecia grande perigo ao gol de Darley. O Pantera quase ampliou com Wellington Tanque. Aos 35 minutos, o camisa 9 aproveitou chutão de Robson e finalizou. Caíque França fez a defesa.

Sem forças para empatar, time da casa ainda terminou o duelo com um jogador a menos. Aos 43 minutos, Cauã deu um carrinho por trás em Luketa e recebeu cartão vermelho.

Na próxima rodada, o Oeste enfrenta o Figueirense, sexta-feira (2), às 16h30, no Orlando Scarpelli. O Botafogo-SP recebe o Paraná no mesmo dia, às 21h30, no Estádio Santa Cruz.

Edição: Fábio Massalli

Continue lendo

Esportes

CSA, Avaí e Juventude vencem na Série B do Brasileirão

Publicado


Três partidas abriram a 12ª rodada da Série B do Campeonato no início desta terça (29) à noite. O visitante vencedor foi o CSA, que enfrentou o Vitória em Salvador e ganhou por 1 a 0.

No clássico catarinense entre Avaí e Figueirense, no estádio da Ressacada, melhor para os anfitriões que também venceram por 1 a 0.  Em Caxias do Sul, o Juventude superou por 1 a 0 o Operário-PR.

 

No Barradão, os alagoanos surpreenderam os donos da casa. Aos 14 minutos do primeiro tempo, Paulo Sergio recebeu livre dentro da área e mesmo desequilibrado, conseguiu marcar o gol da vitória. Foi o terceiro triunfo consecutivo do CSA que chegou a 13 pontos e já respira próximo do meio da tabela.

Em Santa Catarina, o clássico local começou com poucas emoções. Na segunda etapa, o Avaí passou a criar mais, porém, finalizava sem precisão, errando muitos chutes em direção à meta do Figueirense. O jogo caminhava para o empate, quando aos 42 minutos, Gáston Rodriguez acertou o gol. O zagueiro Alemão perdeu a cabeça e foi expulso, por pouco o jogador não agride o árbitro.

No Alfredo Jaconi, o time da casa sofreu, mas também levou a melhor. Aos 18 minutos do segundo tempo, Dalberto recebeu cruzamento pela esquerda e com um toque colocado venceu o goleiro Thiago Braga. O resultado levou provisoriamente os gaúchos ao G-4 com 19 pontos.

 

Edição: Liliane Farias

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana