conecte-se conosco


Esportes

Covid-19: Campeonato Catarinense é suspenso por 14 dias

Publicado


.

Em reunião realizada por videoconferência entre a Secretaria Estadual de Saúde (SES) e a Federação Catarinense de Futebol (FCF) ficou definido na última segunda (13) a suspensão do Campeonato Catarinense por 14 dias. A medida foi tomada após ser constatado que jogadores e membros de comissão técnica envolvidos na competição contraíram o novo coronavírus (covid-19). Representantes dos clubes e do sindicato dos atletas também estiveram presentes ao encontro.

O caso que mais chamou a atenção foi o cancelamento do jogo entre Avaí e Chapecoense, na Ressacada, que estava marcado para o último domingo (12). Sem divulgar nomes, um dia antes do duelo, o Governo de Santa Catarina informou que 14 profissionais de um dos clubes haviam sido infectados, e que por isso a partida não deveria acontecer. Posteriormente, outros três confrontos marcados para o mesmo dia também foram adiados.

No grupo dos jogadores vítimas do coronavírus, o atacante Roberto, da Chapecoense, precisou ser internado em um hospital em Chapecó após seu teste dar positivo no último domingo (12). O jogador apresentou falta de ar leve e tosse.

Com este cenário, uma comissão de médicos de clubes foi criada para elaborar um protocolo de segurança sanitária mais rígido. Em nota, a FCF esclareceu que novas avaliações deverão ser feitas para garantir a saúde de todos os integrantes da competição: “Foi ressaltado o esforço dos clubes e da entidade organizadora para desenvolver um protocolo minucioso e seguro para a realização das partidas, definindo que ele será aperfeiçoado para acompanhar o cenário atual e permitir a continuidade da competição”.

A superintendente de Vigilância em Saúde de Santa Catarina, Raquel Bittencourt, apoia a postura da federação: “É uma doença nova, com suas nuances e riscos diante de contato. Por isso, estaremos avaliando com esse grupo as medidas adotadas daqui para frente para atender aos clubes, garantido toda segurança aos funcionários e familiares”.

O Campeonato Catarinense foi retomado na última quarta (8), após ser interrompido em março por conta da pandemia. Quatro partidas foram realizadas após o recomeço, todas válidas pelo primeiro jogo das quartas de final. Nesta terça (14) aconteceria o confronto marcado entre Tubarão e Concórdia. O duelo, no qual os times lutam contra rebaixamento, também será reprogramado.

Edição: Fábio Lisboa

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Willian assina contrato de três anos com o Arsenal, da Inglaterra

Publicado


.

O Arsenal anunciou nesta sexta-feira (14) a contratação do brasileiro Willian por três anos. O jogador de 32 anos, que integra a seleção brasileira, chega ao Arsenal por transferência gratuita, depois de não conseguir chegar a um novo acordo com o Chelsea. Willian marcou 63 gols em 339 partidas pelo Chelsea, após sua transferência do clube russo Anzhi Makhachkala em 2013.

Duas vezes vencedor da Premier League com os Blues, Willian adicionará experiência ao elenco do Arsenal, repleto de jovens talentosos como Bukayo Saka, Joe Willock, Gabriel Martinelli e Reiss Nelson.

“Acredito que ele é um jogador que pode realmente fazer a diferença para nós”, disse o técnico do Arsenal, Mikel Arteta, em um comunicado publicado no site do clube. E Complementou: “”Nós o monitoramos nos últimos meses, tínhamos uma intenção clara de nos fortalecer nas posições de meia-ofensivo e ponta, e ele é um jogador que nos dá muita versatilidade”.

Willian confirmou na semana passada que deixaria o Chelsea depois de sete anos “maravilhosos” em Stamford Bridge.

“Estou muito impressionado com todas as conversas que tive com ele, e com o quanto ele queria vir”, acrescentou Arteta.

O espanhol também está trabalhando para manter o atacante Pierre-Emerick Aubameyang, enquanto o Arsenal, que terminou em oitavo lugar na Premier League na temporada passada, busca diminuir a diferença para os quatro primeiros.

Em vídeo publicado no Twitter, o brasileiro revelou porque decidiu defender os Reds.

Continue lendo

Esportes

Natação brasileira disputa primeiro torneio desde início da pandemia

Publicado


.

O Brasil será representado por 14 atletas no Open de natação de Loulé, em Portugal, que vai desta sexta-feira (14) a domingo (16). Trata-se da primeira competição entre seleções da modalidade desde a interrupção dos eventos internacionais por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Os nadadores brasileiros fazem parte da Missão Europa, do Comitê Olímpico do Brasil (COB), que levou atletas do país, com potencial olímpico, para treinos em Portugal, onde a covid-19 está mais controlada. A delegação estava concentrada em Rio Maior, a 257 quilômetros de Loulé.

“Quando o COB e a CBDA [Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos] sugeriram a viagem, a ideia era termos tranquilidade para os treinos. Paralelo a isso, recebemos o convite da federação portuguesa. Os atletas estavam em uma condição física boa, de certa maneira, pelo que conseguiram fazer em suas casas. Claro, ainda longe do ideal. Mas, mentalmente, a gente achou importante sugerir a participação. Mesmo que não venha um grande resultado, a competição serve para avaliar como eles estão”, avaliou o treinador-chefe da seleção, Alberto Pinto, o Albertinho.

O torneio reunirá 78 atletas de cinco nacionalidades. Além das seleções de Brasil e Portugal (23 nadadores), participará uma delegação da Espanha (32), dois competidores de Andorra e oito (seis portugueses e dois argelinos) que representarão clubes lusitanos (Porto, Sporting, Benfica, Alges, Braga e Gafanha da Encarnação).

Segundo a CBDA, nadadores e comissão técnica brasileiros foram submetidos a testes de covid-19 e tiveram resultado negativo. “Está sendo ótimo em Rio Maior, mas vimos a felicidade dos atletas de poderem nadar contra outros atletas, que recomeçaram os treinos um, dois meses antes do Brasil, entendendo que será uma avaliação bacana”, analisou Albertinho.

Confira a relação de brasileiros inscritos no Open de Loulé: Marcelo Chierighini, Pedro Spajari, Breno Correia, Gabriel Santos, Fernando Scheffer, Marco Antonio Ferreira Junior, Felipe França, Guilherme Guido, Leonardo Santos, Murilo Sartori, Viviane Jungblut, Diogo Villarinho, Alexandre Finco e Fernando Ponte.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana