conecte-se conosco


Internacional

Covid-19 atinge marca de 1 milhão de mortes em todo o mundo

Publicado


source
Covid-19
Foto: Eduarda Esteves/iG

Confira os números da Covid-19 nos países mais afetados

O mundo atingiu hoje (27) a marca de 1 milhão de mortes causadas pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2). São mais de 33 milhões de casos confirmados até o momento, sendo que 7,6 milhões estão ativos.

Os Estados Unidos têm os números mais altos da pandemia, tanto em contaminações quanto mortes. São 7,2 milhões de infectados e 209 mil óbitos causados pela doença. O segundo país mais afetado pela pandemia é o Brasil, onde 4,7 milhões de pessoas testaram positivo e 141 mil morreram. A Índia tem 5,9 milhões de casos e  94 mil mortes, enquanto o México registra 726 mil casos e 76 mil óbitos. 

Segundo o levantamento do Worldometer , plataforma que compila os dados da Covid-19 em todo o mundo, há 65 mil pacientes internados em estado grave neste momento. 

Fonte: IG Mundo

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Internacional

Casais gays correm para oficializar uniões por medo de perderem direitos nos EUA

Publicado


source
.
Alecia Hoyt / xoxoalice.com

Receio aumentou após entrada de juíza considerada conservadora na Suprema Corte


À medida que a Suprema Corte Americana se inclina ainda mais para a direita após a confirmação da juíza Amy Coney Barrett , alguns americanos LGBTQI+ estão preocupados com o futuro do casamento entre pessoas do mesmo sexo .


Vários casais estão resolvendo o assunto com as próprias mãos e correndo para oficializar as uniões, com medo de que esse direito recém-conquistado seja destruído ou mesmo retirado .

Durante sua audiência de estreia, Barrett indicou que, se houvesse uma contestação para Obergefell x Hodges, o caso de 2015 que trouxe o reconhecimento federal do casamento homoafetivo , é provável que os tribunais inferiores “encerrassem tal processo” antes que chegasse à Suprema Corte.

Mas ela já defendeu a dissidência do presidente do Supremo Tribunal, John Roberts em Obergefell, de que o casamento do mesmo sexo deveria ser decidido pelos estados .

“Aqueles que desejam o casamento do mesmo sexo, vocês têm todo o direito de fazer lobby nas legislaturas estaduais para que isso aconteça, mas a opinião da dissidência era que não cabia ao tribunal decidir”, disse ela em uma palestra de 2016 na Universidade de Jacksonville. Um ano antes – e poucos meses após a decisão de Obergefell – Barrett assinou uma carta aberta aos bispos católicos definindo o casamento como o “compromisso indissolúvel de um homem e uma mulher”.

Sua associação ao longo da vida com a comunidade insular cristã People of Praise também  serve de alerta . Em 2018, o líder do grupo, Craig Lent, disse ao South Bend Tribune que qualquer pessoa que admitisse a atividade homossexual teria sua associação encerrada. 

O outro lado

O jovem ativista Jameson, que usa os pronomes ele/ela, afirma que tem tido conversas com “jovens queer membros da comunidade LGBTQI+” que estão “realmente com medo de ter que voltar para o armário .” “Se eles vêm [casar], vão garantir a proteção de seus empregos e da identidade de gênero.”

Para ajudar a tornar “essas corridas” possíveis, Jameson e outros clérigos oficializaram a união de 14 casais entre 11 e 15 de outubro.

De acordo com uma pesquisa da semana passada do Public Religion Research Institute, 70% dos americanos apóiam o casamento entre pessoas do mesmo sexo, a maior porcentagem já registrada por um estudo nacional. Apenas 28% dos entrevistados se opunham ao direito. Mas muitos relutam em considerar esse apoio garantido.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Internacional

Armado com faca, homem é preso na rua onde ocorreu atentado em 2013 na França

Publicado


source
Desde a morte de professor no país há 2 semanas, França vem registrando novos casos de terrorismo
Reprodução Twitter

Desde a morte de professor no país há 2 semanas, França vem registrando novos casos de terrorismo

Um homem nascido no Afeganistão foi preso no início da tarde desta quinta (29) na cidade de Lyon, no sudeste da França, portando uma faca de 30 centímetros , quando tentava entrar em um bonde. As informações são da AFP.

O acusado vestia uma Jelaba, peça de roupa tradicional usada por arábes, uma jaqueta militar e balançava a faca com as mãos. Muitas pessoas ao seu redor ligaram a polícia que conseguiram detê-lo antes de qualquer ação cometida.

O suspeito foi levado para a sede da força de segurança e o caso foi levado para o serviço de inteligência francesa, que investiga as motivações e possíveis associações terroristas.

De acordo a BFM TV, emissora de televisão do país, o homem é um imigrante afegão , nascido em 1994, e passará por exames psicológicos , pois ele teria dito aos policiais que os deteram que ouviu vozes mandando ele matar outras pessoas.

Na mesma rua, há 7 anos, em 2013, um inegrante do grupo Estado Islâmico escondeu uma bomba de fabricação caseira no local, ferindo 13 pessoas.

Ainda na manhã desta quinta, em Nice , também na França, um ataque à faca em frente a basílica de Notre Dame matou três pessoas . O autor do ataque foi baelado pela polícia e foi levado ao hospital em estado grave. A polícia também investiga o caso como  terrorismo .



Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana