conecte-se conosco


Várzea Grande

Corrida Rota do Peixe promove circuito gastronômico, cultural e turístico em  Bonsucesso

Publicado

Cerca de 900 pessoas participaram no último domingo, dia 23, da primeira edição da Corrida Rota do Peixe na comunidade de Bonsucesso. O evento teve como finalidade promover a integração da população várzea-grandense, e mostrar o potencial turístico, cultural e gastronômico da comunidade de Bonsucesso.  

Com o apoio da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, por meio dos profissionais da Superintendência de Esportes e da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Econômico e Turismo, a corrida teve um percurso de cinco quilômetros, com largada às 7 da manhã. A Secretaria de Defesa Social também esteve presente por meio da Guarda Municipal que garantiu a segurança dos participantes durante a realização da prova. A prova reuniu corredores, esportistas, turistas e população em geral na disputa por troféus nas categorias gerais masculino e feminino.

De acordo com os organizadores da prova, professores Ualace Garcia e Camila Lopes, a Corrida Rota do Peixe teve como objetivo incentivar a prática esportiva, promover a integração social da comunidade com os participantes e convidados, destacando a cultura, o turismo e a renomada culinária do Distrito de Bonsucesso, representada pelas inúmeras peixarias em atividade no local.

A idade mínima para participar da corrida foi de 14 anos para as duas categorias masculina e feminina. Todos os participantes devidamente inscritos receberam medalhas de participação como incentivo à prática esportiva e concorrem a vários brindes que foram sorteados no final da prova.

Leia Também:  Saúde de Várzea Grande avança na oferta de serviços na Rede SUS municipal

Segundo o secretário de Desenvolvimento, Urbano, Econômico e Turismo José Roberto Amaral, que também participou da corrida, informou que no ato da inscrição, os participantes doaram 1 quilo de arroz ou 1 litro de óleo que serão destinados a tradicional Festa de São Pedro, que vai ocorrer nos dias 28, 29 e 30 no Distrito de Bonsucesso, mais uma festa tradicional no município de Várzea Grande que atrai milhares de fiéis e turistas.

“Estão previstas cerca de duas toneladas de peixe para serem servidos durante a festa de São Pedro, que também terá procissão fluvial, missa, apresentações culturais. As tradicionais festas se transformam em pontos de convivência entre as comunidades que possuem potencial turístico e artesanal, além de divulgar a cultura regional. Neste contexto a gastronomia ocupa lugar de destaque, o que atrai turistas para a nossa cidade e faz girar a economia local, com a disposição a venda de produtos artesanais e a tradicional gastronomia regional, fomentando o turismo da nossa cidade”, disse ele.

Para o Superintendente de Turismo, Giorgio Barros Gomes, a Corrida Rota do Peixe contribuiu para a divulgação do Distrito de Bonsucesso e sua vocação para o turismo, agregando os valores tradicionais da cultura, dos festejos religiosos e por sua incrível diversidade gastronômica que estimula a movimentação de visitantes durante todo o ano.

Leia Também:  Várzea Grande inaugura o Cadim e reforça política de medicamentos e insumos

“A parceria entre as superintendências de Turismo e de Cultura é importante e está propiciando a realização de muitas ações para fomentar o aumento da visibilidade do município em razão de sua potencialidade histórica, religiosa e cultural”, declarou.

Os três primeiros colocados nas categorias masculino e feminino receberam troféus e premiação. Na categoria masculina, o primeiro colocado foi Fernando da Silva, seguido por Ivan Túlio Martins em segundo e Daniel Gouveia dos Santos em terceiro lugar. Na categoria feminina, Jessica Rodrigues dos Santos terminou a prova na primeira colocação, seguida por Luzinete Andrade em segundo lugar e Yasmim Aguilera na terceira colocação.

Por: Fred Nogueira – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Várzea Grande

‘Lixo Zero’ conscientiza alunos da rede pública de Várzea Grande sobre resíduos sólidos

Publicado

A ação de conscientização ambiental ‘Lixo Zero’, promovido pela Educação Ambiental da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, está sendo realizada em 13 escolas da rede pública municipal de Várzea Grande. Os alunos das EMEBs Rita Auxiliadora de Campos; Maria Toledo Areias; Ary Leite de Campos; Irenice Godoy de Campos; Júlio Domingos de Campos; Mamed Untar; Honorato Pedroso de Barros; Eliza Maria da Silva; Paulo Freire; Lenine de Campos Póvoas; Juvenilia Monteiro de Oliveira; Vereador Zeno de Oliveira e Apolônio Frutuoso da Silva participam da ação.

A atividade consiste no trabalho das equipes de estudantes que realizam a coleta de resíduos no entorno das escolas, dentro do projeto ambiental, com ajuda da comunidade e instrutores. De acordo com o coordenador da Educação Ambiental, professor Vagner César Barros, essa ação faz parte de práticas simples que, internalizadas acabam criando nos alunos hábitos e comportamentos de respeito ao ambiente onde vivem , seja na escola ou em sua residência contribuindo assim para territórios mais saudáveis, proporcionando a redução do mosquito Aedes aegypti e consequentemente, menos casos de dengue, zika virus e chikungunya na comunidade.

Leia Também:  Mais 7 escolas municipais de Várzea Grande são contempladas pelo Programa Proerd

Barros explicou que a ação ‘Lixo Zero’ foi fomentada a partir das experiências exitosas apresentadas pela realização do Projeto ‘3Rs’ “ Reciclar é bom, reutilizar é melhor e reduzir é melhor ainda”, realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável, com a participação de dez escolas da rede municipal, que ao longo do ano, desenvolveram atividades pedagógicas, de estudo, pesquisa em sala de aula, de campo e visitas a empresas, com a finalidade de refletir sobre a sustentabilidade (Reduzir, Reutilizar e Reciclar).

De acordo com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), os projetos integradores têm como objetivo tornar a aprendizagem da educação ambiental dos alunos mais concreta possibilitando a ligação entre diferentes componentes curriculares e áreas de conhecimento e os conecta a situações vivenciadas pelos alunos em suas comunidades a fim de que o conhecimento faça sentido em sua vida.

Para o secretário Silvio Fidelis, as questões do resíduo (lixo que pode ser reciclado ou reutilizado) e rejeito (lixo que no momento não possui possibilidade de reuso) é uma preocupação na construção de territórios saudáveis e sustentáveis diante do resultado do levantamento em 2017 feito pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (ABRELPE ) em média 387 kg por ano habitante em nosso país.

Leia Também:  Serviços Públicos intensifica ações de limpeza da cidade neste período de estiagem prolongada

“A partir dos resultados positivos apresentados pelo Projeto 3 Rs,  que visa levar para dentro da sala de aula a reflexão a respeito da redução no consumo dos diferentes tipos de resíduos, reciclagem, reutilização e compostagem,  considerados cada vez mais urgente e importante para a comunidade escolar a diversificação das ações pró meio ambiente, pois o futuro da sociedade depende da relação harmoniosa entre a natureza, o homem e dos recursos naturais disponíveis” declarou Fidelis.

O Projeto LEVO – Local de Entrega Voluntária de Óleo, também está sendo promovido em 13 escolas em Várzea Grande em parceria com a empresa Teoria Verde  e tem como foco a correta destinação de óleo de cozinha usado que, se descartado de forma incorreta ou diretamente na natureza, pode contaminar o solo e a água, causando sérios problemas a população.

.

Por: Fred Nogueira – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande
Continue lendo

Várzea Grande

Aluna da EMEB Abdala José vence concurso da Câmara Municipal ‘Aluno- Vereador’

Publicado

A aluna do 6° ano da Escola Municipal Educação Básica – EMEB “Abdala José de Almeida”, Safiri Barros de Souza, foi a vencedora da categoria ensino fundamental do Programa Estudantil Aluno-Vereador, promovido pela Câmara Municipal de Várzea Grande. Na categoria ensino médio, a proposta da estudante do 2° ano da Escola Estadual Júlio Muller, Linda Inara dos Santos, foi a vencedora.

Em sua proposta, a aluna da EMEB Abdala, Safiri de Souza, defendeu que cada vereador do município adote uma escola, para mostrar e debater com os alunos qual é o seu papel dentro da sociedade. A proposta apresentada se transformou no Projeto de Resolução nº 15/2019 de autoria da Mesa Diretora, criando o Programa 'Câmara na Escola' para aproximar mais o parlamento dos alunos várzea-grandenses. Aprovado por votação unanime, será promulgado pelo presidente da Casa. 

Já Linda Inara propôs que seja criado o Conselho Municipal da Juventude. Para isso, a Mesa Diretora em conjunto com a Procuradoria do Município propôs o Projeto de Lei nº 182/2019. Também aprovado por unanimidade, a proposta segue para sanção do Poder Executivo. 

Leia Também:  Saúde avança na oferta de serviços e reestruturação da Rede SUS

De acordo com o presidente do legislativo várzea-grandense e idealizador da ação, vereador Fabio José Tardin (DEM), o programa tem o objetivo de estimular professores e alunos na elaboração de propostas de leis que venham colaborar para a melhoria da vida das pessoas e do dia a dia da cidade de Várzea Grande. “Essas jovens podem ser as nossas representantes aqui na Câmara Municipal. O Programa Aluno-Vereador foi um sucesso, levando a Casa de Leis nas escolas, mobilizando estudantes, professores e gestores. Para o ano que vem temos a certeza que a participação será ainda melhor”, declarou Tardin.

O presidente do Sicoob Integração e parceiro do Programa Aluno-Vereador, Maurício Nantes, elogiou a iniciativa da Câmara Municipal e entregou a premiação aos vencedores. “Estou muito feliz de participar deste momento. O Sicoob tem apoiado a juventude, principalmente na área educacional. Atualmente estamos com um programa de educação financeira, que está sendo feito em universidades. Agora iremos expandir para as escolas e com isto, criar e estreitar laços que é fundamental no nosso trabalho”, disse. 

Leia Também:  Mais 7 escolas municipais de Várzea Grande são contempladas pelo Programa Proerd

A sub-secretária Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Benedita Santana Ponce, destacou a importância dos projetos. “São propostas  importantes e mostram o interesse desses jovens na política local. Uma de participação da juventude nas políticas públicas por meio de um Conselho e outra que leva os vereadores  para a escola com a missão de mostrar seu trabalho, discutindo política e melhorias para a sua comunidade”, afirmou a sub- secretária.

Por: Fred Nogueira – Secom/VG

Fonte: Prefeitura de Várzea Grande
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana