conecte-se conosco


Esportes

Corinthians derrota Bahia por 3 a 2 em partida emocionante

Publicado


.

Depois de três partidas consecutivas sem vencer, o Corinthians derrotou o Bahia por 3 a 2, nesta quarta-feira (16), na Neo Química Arena, em partida válida pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Timão pulou para a 11ª posição, com 12 pontos conquistados. Já o Tricolor permanece com 9 pontos e está na 16ª colocação, podendo entrar na zona do rebaixamento na sequência da rodada.

Partida emocionante

O primeiro tempo foi bastante movimentado. O Corinthians começou bem e logo aos 3 minutos criou a primeira boa chance. Otero e Mateus Vital trocaram passes e o venezuelano finalizou bem perto do gol de Douglas. O Bahia respondeu em uma grande jogada pela esquerda. Aos 9 minutos, Juninho Capixaba avançou e tocou para Gilberto. O camisa 9 tabelou com Élber e, de frente para Cássio, chutou para fora.

O primeiro gol da partida saiu de jogada ensaiada. Escanteio pela direita que Fagner tocou para a entrada da área, rasteiro. Otero arriscou de primeira, desequilibrado. A bola desviou em Gilberto e enganou o goleiro Douglas.

O Bahia teve a chance do empate aos 23 minutos. Élber apareceu na cara de Cássio, que defendeu o arremate. Na sobra, Gilberto ajeitou e chutou sem goleiro, mas Danilo Avelar salvou na linha. O Tricolor reclamou de pênalti em um toque de mão da defesa do Corinthians, que existiu, mas o VAR (árbitro de vídeo) não chamou o juiz de campo para revisar o lance.

Depois do susto, o Corinthians voltou a atacar. Aos 27 minutos, Otero cruzou na cabeça de Araos, que, sozinho, jogou pra fora. Seis minutos depois, veio o segundo gol. Roni recebeu a bola na entrada da área e bateu colocado no canto esquerdo de Douglas: 2 a 0.

A equipe baiana não diminuiu o ritmo. Aos 35 minutos, Nino Paraíba aproveitou a sobra de cruzamento da área e soltou a bomba de perna direita para diminuir o placar. Os visitantes quase empataram logo depois, mais uma vez com Gilberto, que tentou de cabeça. O Bahia ainda teve mais duas grandes chances no primeiro tempo, mas Rodriguinho furou a primeira, na marca do pênalti. Na segunda, Cássio fez grande defesa em chute de fora da área de Juninho Capixaba.

A segunda etapa começou com Otero botando Douglas para trabalhar. O venezuelano cobrou falta com perigo, aos 8 minutos. Seis minutos depois, Otero bateu outra falta e Douglas se esticou todo para salvar. Na cobrança de escanteio, Gil subiu sozinho e marcou o terceiro do Timão.

O Bahia não diminuiu o ímpeto e seguiu martelando a defesa do Corinthians. De tanto insistir, a equipe de Mano Menezes chegou ao segundo gol. Aos 43 minutos, Gregore desviou cobrança de escanteio, Saldanha aproveitou a sobra e cabeceou para as redes. Mesmo com a enorme pressão nos minutos finais, o Corinthians segurou o resultado e saiu com os três pontos.

Na próxima rodada, o Corinthians enfrenta o Sport, na quarta-feira (23) às 21h30 na Ilha do Retiro. Já o Bahia pega o Athletico-PR, no sábado (26) às 19h na Arena da Baixada.

Veja a classificação atualizada do Campeonato Brasileiro.

Edição: Fábio Lisboa

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Após imbróglio judicial, Palmeiras e Flamengo empatam em 1 a 1

Publicado


.

Após uma batalha jurídica que teve início na sexta-feira (25) e só terminou dez minutos antes do início da partida da tarde deste domingo (27), as equipes do Palmeiras e Flamengo puderam finalmente entrar em campo, no Allianz Park, em São Paulo, pela 12ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O jogo que por pouco não aconteceu, devido a decisões judiciais e recursos impetrados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) acabou em empate em 1 a 1. O resultado deixou, provisoriamente o Palmeiras na quarta posição, com 19 pontos, e o Flamengo em quarto lugar, com 18. Mas o Santos recebe o Fortaleza, daqui a pouco às 20h30 (horário de Brasília), na Vila Belmiro, em São Paulo, O Peixe, oitavo colocado,  soma 16 pontos , e em caso de vitória, pode embaralhar o G4.

Com 20 jogadores infectados pelo novo coronavírus (covid-19), o Rubro-Negro  mandou a campo uma equipe recheada de garotos e o duelo acabou sendo muito mais parelho do que o cenário prévio apontava. O experiente trio Thiago Maia, Gerson e Arrascaeta, com auxílio do talentoso atacante Pedro comandaram a equipe que, praticamente, não chegou a ser ameaçada no primeiro tempo. Os donos da casa até ficaram mais com a bola: media de 60% para o Verdão. Mas os paulistas abusaram demais da lentidão e não conseguiram criar chances efetivas de gol. Inclusive, quem esteve mais perto de marcar foi o time carioca. Pedro e Arrascaeta colocaram o goleiro Weverton para trabalhar. A melhor chance do Verdão foi só nos acréscimos. Zé Rafael chutou de fora da área e Hugo defendeu.

Na volta do intervalo, as equipes pareciam mais animadas a mostrar um bom futebol. Tanto que, aos nove minutos, o Palmeiras abriu o placar, após uma bela roca de passes: Raphael Veiga tocou para o centroavante Luiz Adriano, que ajeitou para Patick de Paula emendar de primeira, de fora da área, O chute saiu forte e desviou em Thiago Maia, tirando o goleiro Hugo do lance. No entanto, na sequência, um minuto depois, o Rubro-Negro empatou. A jogada começou com Arrascaeta que foi até a linha de fundo e cruzou para trás. Como um bom matador, o centroavante Pedro estava onde deveria, e finalizou com categoria. Tudo igual no Allianz Park. O Palmeira insistiu, e aos 13 minutos, quase passou à frente no placar com Matías Viña, que praticamente colocou a bola na cabeça de Luiz Adriano. O artilheiro do Verdão tocou com força no contrapé do goleiro Hugo que salvou o Flamengo.  Depois foi a vez do Flamengo quase ampliar: aos 23 minutos, Lincoln tabelou com Arrascaeta e encontrou Pedro dentro da área. O artilheiro fez o pivô para o uruguaio Arrascaeta ficar sozinho na marca do pênalti. O chute saiu raspando a trave do gol palmeirense. Depois disso, as duas equipes até tentaram, não não conseguiram mudar o marcador, e jogo terminou mesmo em 1 a 1.

Na próxima rodada do Brasileiro, o Palmeiras recebe o Ceará no sábado (3), no Allianz Parque. O Flamengo joga no Maracanã, no domingo (4), contra o Athletico Paranaense. Mas, antes disso, os dois times têm compromissos pela Libertadores no meio de semana. Flamengo e Independiente del Valle devem jogar no Maracanã na quarta-feira (30), pelo Grupo A. E Palmeiras vai receber o Bolívar no Allianz Parque também na quarta-feira. Confira AQUI a tabela de classificação da Série A do Campeonato Brasileiro.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Continue lendo

Esportes

Após goleada em casa, Carlos Barbosa é vice-lider do grupo B da LNF

Publicado


.

O Carlos Barbosa aproveitou a chance de jogar em casa e goleou o Blumenau por 5 a 1, alcançando a vice-liderança do Grupo B da LIga Nacional de Futsal (LNF). O time gaúcho soma com 13 pontos em sete jogos. A partida, realizada no Centro Municipal de Eventos Sérgio Luiz Guerra, na cidade de Carlos Barbosa (RS), teve transmissão ao vivo na TV Brasil. O Blumenau é o lanterna da chave: soma três pontos em cinco partidas disputadas.. 

A vitória do time gaúcho foi construída logo no início do jogo. Na metade da etapa inicial, Lé fez o trabalho de pivô, ajeitou para Pedro Rei fuzilar o goleiro catarinense e abrir o placar. Faltando oito minutos para acabar o primeiro tempo, o artilheiro do jogo entrou em cena: Vini, do Carlos Barbosa.  Logo após uma tentativa de empate do Blumenau, interrompida pela atuação do goleiro Gian Wolverine, a equipe gaúcha armou  um rápido contra-ataque, que acabou com Vini ampliando o placar para  2 a 0. Logo na sequência, o Carlos Barbosa fez mais um, após uma bela bela troca de passes que envolveu todos jogadores da equipe, que deixaram o  camisa sete Jedi  pronto para finalizar. Ele chutou forte, o goleiro catarinense evitou o gol, mas a bola caiu nos pés do Vini que marcou o segundo dele, e o terceiro do Carlos Barbosa apenas no primeiro tempo.    

Depois do intervalo, já com a vitória praticamente garantida, o s gaúchos administrou o jogo. Lé, artilheiro da equipe na edição deste ano da LNF, marcou o quinto gol dele no torneio. Faltando oito minutos para o final,  o Blumenau estava com toda a equipe na quadra de ataque, inclusive o goleiro Ivan, para tentar diminuir o placar. Mas Lé  roubou a bola, foi mais rápido e acertou de longe o funda da rede. 4 a 0 para o Carlos Barbosa.  Na reta final do jogo, saíram mais dois gols. Mika, descontou para o Blumenau, após rebote do goleiro Gian Wolverine. Mas o time catarinense ficou por aí.  Pouco depois, Douglinhas aproveitou um erro na saída de bola do Blumenau e deixou o dele, completando o placar em 5 a 1.

 “A gente sabia da importância dos três pontos. Vínhamos de altos e baixos no torneio. E sabíamos que precisávamos dessa vitória para tentar embalar no torneio. Agora vamos para dois jogos fora de casa contra Cascavel e Joinville para tentar dar prosseguimento ao bom momento”, disse Lé,  o artilheiro dao Carlos Barbosa, em entrevista após o jogo

Do outro lado, Mika, autor do único gol do Blumenau reconheceu o esforço do time catarinense: “A gente sabia que o jogo seria complicado. O nosso grupo é novo. Estamos tentando mostrar o nosso trabalho. A base é formada em casa, muito jovem. É a estreia do Blumenau na Liga. Mas agora é seguir de cabeça erguida”. 

Confira AQUI a tabela de classificação da Liga Nacional de Futsal (LNF).

 

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana