conecte-se conosco


Nacional

Coreia do Norte condena teste de novo míssil dos EUA

Publicado

source
Missíl na Coreia do Norte arrow-options
Arquivo

Lançamento de míssil por militares da Coreia do Norte: projétil disparado nesta quarta ainda não foi identificado, mas seria de curto alcance


COREIA DO NORTE — O governo da Coreia do Norte condenou um teste de um míssil de médio alcancefeito pelos EUA  , no domingo, o primeiro de uma arma do tipo desde a saída do país do acordo que regulava armas nucleares de médio alcance, assinado com a Rússia nos anos 1980.

 De acordo com um porta-voz, citado pela agência oficial de notícias, aKCNA  , o teste foi visto em Pyongyang como “um movimento perigoso”, que pode ser colocado em um contexto de “ militarização da península coreana”.

O porta-voz, que, como de costume, não é identificado nos despachos da imprensa norte-coreana, ainda cita como preocupante a “tentativa de introduzir grandes quantidades de armas de ataque, como os caças F-35 e F-16, no Japão e na Coreia do Sul ”. Para ele, esses movimentos poderiam levar a uma “ nova guerra fria na região”.

Leia Também:  Ao lado do presidente, padre toca berrante para seguidores de Bolsonaro

Por fim, a nota da KCNA diz que “a posição de resolver os problemas através do diálogo e negociação permanece inalterada”, mas que o governo “não está interessado em dialogar com ameaças militares”.

Leia também: Trump defende Kim e diz que Coréia do Norte não quebrou acordo

Notas com críticas à militarização no Leste Asiático não são novidade na principal agência de notícias da Coreia do Norte. Mas, dessa vez, chama atenção justamente o tom crítico ao teste de mísseis feito pelos EUA . Rússia e China já tinham feito críticas semelhantes .

Depois de uma aproximação que trazia grande expectativas, no ano passado, o diálogo entre EUA e Coreia do Norte segue paralisado desde o fracasso do último encontro de cúpula entre Kim Jong Un e Donald Trump , em fevereiro. 

Os dois chegaram a se encontrar em julho, na Zona Desmilitarizada na fronteira entre as duas Coreias, com direito a alguns passos de Trump dentro da Coreia do Norte, o primeiro presidente americano no cargo a fazê-lo. Na época, concordaram em retomar as conversas em torno do programa nuclear norte-coreano e chegaram a trocar cartas amistosas. Trump inclusive fez vista grossa a uma série de testes de mísseis realizados nas últimas semanas por Pyongyang.

Leia Também:  Adolescente de 15 anos desaparece quando voltava de colégio no Rio de Janeiro

Esta semana, o representante especial dos EUA para a Coreia do Norte, Stephen Biegun, está em viagem ao Japão e à Coreia do Sul, em busca de apoio para a retomada das negociações.

Fonte: IG Nacional
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Nacional

Funcionários da Cedae prestam depoimento à polícia sobre água no Rio de Janeiro

Publicado

source
Estação de tratamento de água da Cedae, no Rio de Janeiro arrow-options
Divulgação/Cedae

Cedae está com dificuldades em normalizar a situação da água no Rio de Janeiro

Três funcionários da Cedae chegaram por volta das 10h desta sexta-feira (17) à Delegacia de Defesa de Serviços Delegados (DDSD) para prestar depoimento. Eles estavam acompanhados por advogados, mas não falaram com a imprensa. Nesta quinta-feira (16), a delegacia especializada abriu um inquérito para investigar a crise da água no Rio de Janeiro.

Leia também: Cedae promete água limpa na próxima semana

O objetivo da investigação é apurar uma “eventual responsabilidade penal de funcionários da Cedae ou de terceiros que possam ter contribuído, por ação ou omissão, nas alterações das condições de consumo da água verificada nos últimos dias na Região Metropolitana do Estado do Rio de Janeiro”, informou, em nota, a Polícia Civil.

Leia também: Em meio à crise no Rio, Cedae exonera um chefe de Estação de Tratamento de Água

Também na quinta, agentes da DDSD estiveram na Estação de Tratamento de Água do Guandu , em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. O delegado Julio Silva Filho, titular da delegacia, informou que as equipes coletaram amostra de água e também documentos no local.

Leia Também:  Adolescente de 15 anos desaparece quando voltava de colégio no Rio de Janeiro

Fonte: IG Nacional
Continue lendo

Nacional

Crivella pede desculpas à idosa que teve o braço cortado ao retirar gesso

Publicado

source
Marcelo Crivella arrow-options
Tânia Rêgo/Agência Brasil

Marcelo Crivella

O prefeito Marcelo Crivella pediu desculpas à aposentada Alda Waltz Lisboa, de 93 anos, que teve o  braço cortado por um funcionário do Hospital municipal Rocha Faria, em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio. A fala dele ocorreu durante a inauguração de um tomógrafo na unidade de saúde, na manhã desta sexta-feira.

“Lamento muito. Peço desculpas por isso que ocorreu. Infelizmente às vezes a gente tem problemas. Graças a Deus são minorias, são pequenos problemas que ocorrem eventualmente”, disse  Crivella

O episódio com a idosa ocorreu na quarta-feira (15). Ela havia ido ao hospital para retirar o gesso de um dos braços. Ela reclamou de sentir dores, mas o funcionário do hospital — identificado apenas como Marcelo — afirmou que era “impossível” que ele a estivesse cortando, pois o material “não tinha ponta”. O resultado até agora está exposto no braço de Alda: 18 pontos.

“Quando chegou próximo ao cotovelo, ele disse que o que ela estava sentindo era o gelado da tesoura, mesmo com ela chorando, e afundou a tesoura. Foi quando fez o corte mais fundo no braço. Quando ele retirou a atadura e viu a quantidade de sangue, ficou muito nervoso e saiu dizendo que era “superficial” e chamando um outro enfermeiro para fazer o curativo”, conta Thaísa Gazoni Waltz, sobrinha-neta de Alda, que estava com ela quando tudo aconteceu.

Leia Também:  Bolsonaro confirma que pode manter interino até escolher o novo PGR

Leia também: Homem é preso após torturar enteado de 3 anos por fazer xixi na cama

De acordo com a família da idosa , quando viu o sangue e a gravidade do que havia feito, o profissional chegou a afirmar que a pele dela era “muito flácida” e, em seguida, tentou rapidamente tapar o machucado com gaze. Depois, chamou um outro enfermeiro, que disse que ela precisava urgentemente ir à sala médica para receber pontos.

“A médica ficou abismada com o que ele havia feito e sugeriu que eu fosse à ouvidoria do hospital”, disse Ully Waltz, sobrinha-neta de Alda.

Funcionário foi afastado de suas funções

Procurada, a direção do Hospital municipal Rocha Faria respondeu em nota que lamenta profundamente o que aconteceu com Alda, pediu desculpas à idosa, e afirmou que já iniciou uma investigação interna sobre a conduta do profissional, que, durante o processo, ficará afastado de suas funções. Confira:

A direção do Hospital Municipal Rocha Faria lamenta profundamente o que aconteceu com a Sra. Alda e informa que já iniciou uma investigação interna sobre a conduta do profissional. Durante o processo, ele ficará afastado das suas funções. A unidade não tem compromisso com o erro, nossa obrigação é prestar o melhor atendimento, ouvindo sempre o paciente. A direção pede desculpas à Sra. Alda e à sua família e já ofereceu toda assistência necessária e apoio diante desse acidente lamentável. Uma enfermeira e uma assistente social foram à casa da paciente nesta quinta-feira para realizar a troca do curativo e apoio para a família. O coordenador de enfermagem também esteve com os familiares para pedir desculpas pessoalmente em nome da direção do hospital. As visitas serão diárias até que ela se recupere. Os próprios familiares usaram suas redes sociais para informar que toda a assistência está sendo prestada.

Fonte: IG Nacional
Leia Também:  Onda de calor mata 45 pessoas em Tóquio em uma semana
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana