conecte-se conosco


Esportes

Copa Verde: Fora, Cuiabá faz valer favoritismo e sai na frente do Iporá-GO pela vaga das quartas

Publicado

O time da casa foi melhor, mas acabou parando na eficiência do time de Mato Grosso

 

JORGE MACIEL

O Cuiabá fez valer o favoritismo e largou na frente por vaga nas quartas de final da Copa Verde. Na tarde desta quarta-feira, o Dourado derrotou o Iporá, em pleno estádio Ferreirão, pelo placar de 2 a 1. Hugo Cabral e Caio Dantas fizeram para o time visitante, enquanto Bosco descontou.

Com o resultado, o Cuiabá jogará pelo empate para selar sua vaga no duelo de volta, marcado para quarta-feira, às 20h30, na Arena Pantanal. Qualquer vitória do Iporá com a diferença de um gol, levará a partida para os pênaltis.

O JOGO

O calor castigou a cidade de Iporá nesta quarta-feira. Apesar da situação climática e do favoritismo do Cuiabá, o time da casa foi para cima e desperdiçou grande chance de abrir o placar aos 16 minutos. Danilo recebeu fora da área e arriscou para grande defesa de Matheus Nogueira.

Cuiabá derrota o Iporá

O Cuiabá, no entanto, foi equilibrando as ações. Aos 32 minutos, Danilo fez falta em Hugo Cabral e o árbitro assinalou pênalti. O próprio atacante bateu para fazer 1 a 0. Mas a resposta veio logo na sequência. Em belo tiro de fora da área, Bosco acertou o ângulo do goleiro Matheus.

O gol animou o Iporá, que foi para o abafa. O segundo só não saiu por detalhe. Aos 39 minutos, Danilo cobrou falta e mandou no travessão. O Cuiabá, por sua vez, se segurou e confirmou o empate parcial.

VITÓRIA DOURADA

O Cuiabá voltou melhor para o segundo tempo e precisou de sete minutos para se colocar novamente na frente do marcador. Hugo Cabral recebeu dentro da área e chutou de bico. Pedro Henrique defendeu, mas jogou nos pés de Caio Dantas, que só empurrou.

Após o gol, o Dourado fechou a ‘casinha’ e chamou o Iporá para o seu campo defensivo. O time mandante pressionou muito, principalmente nas tentativas de Danilo, mas não conseguiu passar pela marcação do adversário e acabou saindo derrotado.

publicidade
1 comentário

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
0 Comment authors
Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
trackback

[…] JORGE MACIEL. O Cuiabá fez valer o favoritismo e largou na frente por vaga nas quartas de final da Copa Verde. Na tarde desta quarta-feira, o Dourado derrotou o Iporá, em pleno estádio Ferreirão, pelo placar de 2 a 1. Hugo Cabral e Caio Dantas fizeram …Read more […]

Esportes

Botafogo e Fluminense querem impugnação do arbitral da Ferj

Publicado


.

A bola segue dividida entre os grandes clubes cariocas. Seguindo diversos protocolos de segurança para evitar o novo coronavírus (covid-19), Vasco e Flamengo defendem a volta do futebol. Do outro lado, Botafogo e Fluminense se mantêm contrários e pedem agora o cancelamento do arbitral da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), que tinha o aval da Prefeitura do Rio de Janeiro para voltar aos treinos na próxima terça (26) e prevê o reinício do campeonato estadual em 14 de junho.

Em coletiva nesta segunda (25), o prefeito do Rio, Marcello Crivella explicou que o retorno da competição vai depender da curva de casos da doença no próximo mês: “Nós propusemos jogos em julho sem torcida, mas os clubes pediram para verificar a curva em meados de junho. Se será na segunda quinzena de junho a volta do Carioca, ainda não podemos prometer”.

Alvinegros e tricolores não estiveram presentes na reunião da Ferj com a Prefeitura e agora pedem o cancelamento das decisões tomadas pelo Arbitral. O documento, assinado pelos presidentes Nelson Mufarrej e Mário Bittencourt (Botafogo e Fluminense), traz 30 itens e considera precoce o retorno do futebol, indicando como desnecessário colocar em risco a saúde de atletas, funcionários e familiares deles neste momento.

Uma saída apontada pelo arbitral seria realizar jogos em locais menos afetados pela pandemia. Segundo o boletim divulgado na noite desta segunda pela Secretaria Estadual de Saúde, o Rio tem 39.298 casos e covid-19 e 4105 óbitos. Deste número, 22.466 casos se concentram na capital, que registra 2.831 mortes.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

Esportes

Crivella diz ter acordo para retorno de treinos, mas Fluminense nega

Publicado


.

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, anunciou nesta segunda (25) um plano de retorno do futebol na cidade. Assim, os treinamentos coletivos, como os trabalhos táticos e físicos, serão permitidos a partir de junho. Levando em consideração decreto municipal em vigor, que estabelece as regras de isolamento social de combate ao novo coronavírus (covid-19), atualmente estão liberadas somente atividades médicas e de fisioterapia.

“Volta ao gramado! Em comum acordo, ficou estabelecido que os treinos e rachões serão permitidos a partir de junho, respeitando o protocolo de segurança para atletas e outros profissionais envolvidos. Já conseguimos ver no horizonte um retorno, mas que não é agora. Quero agradecer aos clubes que aceitaram o acordo para a volta dos treinamentos no mês de junho. Dependendo das curvas, marcaremos então as datas para os últimos jogos do campeonato que ficou por terminar”, declarou Crivella.

Esta foi a primeira entrevista coletiva concedida pelo chefe do executivo municipal após reunião neste domingo (24) com os clubes da Série A do Carioca e a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj). O prefeito diz que Botafogo e Fluminense, os únicos ausentes de ontem, concordaram em conversa por telefone com a sinalização de retorno. Porém, em nota, o tricolor nega qualquer contato do prefeito: “O Fluminense vem a público esclarecer que não fez nenhum contato telefônico com a Prefeitura e tampouco com o prefeito, seja para tratar da reunião em que se discutiu a volta do futebol ou para qualquer outro assunto”.

Já o Alvinegro se manifestou através de sua conta no Twitter, confirmando o diálogo com Crivella: “O Botafogo confirma contatos telefônicos com o prefeito Marcelo Crivella, onde reforçou seu posicionamento e pontuou que o momento não é de retomar os treinamentos presenciais, sugerindo que seja realizado em oportunidade futura, dependendo do estágio da covid-19. Com a sugestão para os treinos ocorrerem somente a partir de 1/6 e volta dos jogos no período entre 28/6 e 4/7”.

O Flamengo, que emitiu nota na semana passada ratificando a retomada dos treinamentos na última quarta (20) no Centro de Treinamento George Helal (Ninho do Urubu), o que ainda não é permitido por decreto municipal, disse que mantém as atividades no CT hoje, mas não explicou como serão os trabalhos: “O Clube de Regatas do Flamengo informa que todos os atletas e colaboradores da comissão técnica testaram negativo no exame semanal de coronavírus, realizado nesta segunda (25), no CT. O clube reforça que trabalha em acordo com o protocolo da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) para conceder a biossegurança necessária no Departamento de Futebol”.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana