conecte-se conosco


Mato Grosso

Cooperação entre Governo e prefeituras vai possibilitar pavimentação de 86 km de rodovias

Publicado

Em parceria com as prefeituras de Porto dos Gaúchos e Ipiranga do Norte (a 650 km e 439 km de Cuiabá, respectivamente), o Governo do Estado irá pavimentar 86,2 km de trechos das rodovias MT-220 e MT-010.

O termo de cooperação com os municípios foi assinado nesta quinta-feira (27.02) pelo governador Mauro Mendes, vice-governador Otaviano Pivetta, secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo de Oliveira, e prefeitos de Porto dos Gaúchos, Moacir Piovesan, e Ipiranga do Norte, Pedro Ferronato.

A obra será licitada pela Sinfra e alguns serviços serão executados diretamente pelas prefeituras, sem transferência de recursos, como obras complementares, sinalização e controle e recuperação ambiental, além do licenciamento e autorização de exploração das jazidas. Dessa forma, o Estado espera entregar obras de qualidade com custo mais baixo.

Segundo o governador Mauro Mendes, essa parceria é um novo modelo de trabalho adotado pelo Estado. “Essa é uma nova metodologia de trabalhar junto com as prefeituras, baixando o custo para o Governo do Estado e efetivamente entregando obras aos nossos cidadãos de Mato Grosso”, disse.

De acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo de Oliveira, os custos das obras serão menores porque os municípios serão responsáveis pela licitação de alguns itens, que seriam de responsabilidade da Sinfra, caso não houvesse a cooperação.

Assinatura do termo de cooperação reuniu o vice-governador Otaviano Pivetta, o secretário Marcelo de Oliveira e autoridades

“Os municípios assumem essa responsabilidade, que sai da nossa planilha de licitação. E como a Sinfra hoje está pagando em dia os fornecedores, as nossas licitações estão tendo deságio. Estamos em um novo tempo, de trabalho, dedicação e pagamentos corretos que estão mudando a história do Estado. Por isso estamos conseguindo lançar essas parcerias hoje”, disse o secretário.

Menor custo por quilômetro

Pelo termo de cooperação serão pavimentados 64,13 quilômetros na rodovia MT-220, no trecho que vai do entroncamento da BR-163 até o entroncamento da MT-170, em Porto dos Gaúchos. O prazo de execução das obras é de 24 meses e valor referência Sinfra para licitação será de R$ 44 milhões.  

“Com a média que estamos tendo em deságio de nossas licitações, essa obra pode ficar por R$ 40 milhões, o que significaria o custo de R$ 600 mil por quilômetro de pavimentação. Bem mais barato. Já em Ipiranga do Norte, a obra poderá sair por menos de R$ 500 mil por quilômetro de pavimentação”, explicou o secretário.

Em Ipiranga do Norte serão pavimentados 22,14 quilômetros na rodovia MT-010, do trecho do entroncamento da MT-484 até o entroncamento da MT-242. A execução está prevista para ocorrer em oito meses e o valor referência Sinfra é de pouco mais de R$ 11 milhões.

Prefeitos celebram assinatura do termo de cooperação

Desenvolvimento sócio-econômico

Para o prefeito de Porto dos Gaúchos Moacir Piovesan, a obra não apenas traz dignidade para os moradores da região, como vai incentivar o desenvolvimento econômico, uma vez que deve melhorar o escoamento da produção agrícola.

“O vale do Arinos já produz mais de 300 mil hectares e pode chegar a 1 milhão de hectares de soja. Então, além de ser uma obra para a população, é um investimento para o Estado. O governador tem ajudado imensamente nosso município. Toda a região vai produzir muito mais”, disse.

Ainda segundo Piovesan, o termo de cooperação é uma excelente iniciativa para que os prefeitos consigam melhorar a vida dos seus munícipes. “Que os prefeitos encarem essas cooperações, porque isso é muito importante para que o Estado se desenvolva mais e todo mundo ganhe. Tanto os municípios, quanto o Estado e, principalmente, a população”, afirmou.

O prefeito de Ipiranga do Norte, Pedro Ferronato, lembrou que a obra na região é um sonho antigo, que se torna realidade graças a esse modelo de cooperação. “É uma obra de suma importância para a região e um sonho da comunidade. Abrange de 400 mil a 500 mil hectares de lavoura. Então, com certeza será um feito muito bom para a sociedade e o Estado. É uma alegria. Só temos a agradecer ao Governo do Estado”, encerrou. 

Fonte: GOV MT
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Mato Grosso

Escolas da Capital ainda disponibilizam vagas para ensino fundamental e médio

Publicado

Mesmo com o término da matrícula web, algumas escolas da rede estadual ainda oferecem vagas e os pais ou responsáveis nem precisam se dirigir à escola – basta fazer uma ligação telefônica e reservar a vaga. É o caso da Escola Estadual Plena Antônio Epaminondas, no bairro da Lixeira.

São vagas das séries finais do ensino fundamental – do 7º, 8º e 9º ano – e todo o ensino médio. O Ensino é integral e o aluno terá, além das disciplinas da base comum, iniciação científica, projeto educacional cultural e prática esportiva.  

“Basta ligar para o telefone 3322 2377 e realizar a pré-matrícula”, informa o coordenador da área de linguagem, Jackson Regis.

Para os pais ou responsáveis que procuram vagas para o 6º ano do ensino fundamental, período vespertino, a opção é EE Estadual André Luiz da Silva Reis, no bairro Consil. A escola disponibiliza o whatsapp da escola para fazer a matrícula – 9-9962-8027.

“Temos uma escola centralizada, próximo ao viaduto do CPA, localizado numa área nobre, sem ruas de grandes movimentos. E uma qualidade de ensino que todos conhecem”, destaca o diretor José Romildo Gonçalves.

Caso os pais queiram vagas em outras regiões de Cuiabá, deverão entrar em contato com a Assessoria Pedagógica da Capital pelo telefone 3624-9788 que irá providenciar a vaga. 

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

Em menos de 24 horas, PM frustra três tentativas de furto a banco em Cuiabá e VG

Publicado

Em menos de 24 horas, a Polícia Militar frustrou três tentativas de furto a banco na região da baixada cuiabana, da manhã de domingo (29.03) até a madrugada desta segunda-feira (30.03). Um homem foi preso e duas malas repletas de ferramentas utilizadas para invadir a agência e explodir cofres e caixas eletrônicos foi apreendida nas ações.

Nesta segunda-feira, por volta das 03h30, policiais do 3º Batalhão da PM averiguaram uma tentativa de furto a banco na Rua Pará, no bairro CPA II. Na checagem, a equipe verificou que um caixa eletrônico já havia sido danificado. Policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) foram acionados e fizeram uma varredura em busca de artefatos explosivos no estabelecimento. Outra equipe segue em diligência em busca dos suspeitos.

Um pouco antes da ocorrência no bairro CPA II, policiais do Batalhão Rotam foram acionados a dar apoio as equipes do 2º Comando Regional de Várzea Grande, na mesma situação, uma tentativa de furto a banco, desta vez, na Avenida Couto Magalhães. 

A polícia cercou o local e prendeu em flagrante um homem de 28 anos que contou que ele e mais dois comparsas iriam explodir os dois cofres da agência, mas ao perceber a chegada dos policiais, fugiram do local. Os policiais encontraram o buraco feito pelos suspeitos para entrar na agência e apreenderam uma maleta que o suposto trio teria abandonado em cima do telhado do banco. Nas malas os policiais encontraram diversas ferramentas como mantas térmicas, esmerilhadeira, martelete, corda, alicates dentre outros objetos.

Outra tentativa de furto a banco foi impedida por policiais do 4ª Companhia Independente da PM, no domingo (29.03). Eles foram acionados para verificar uma situação de incêndio a uma agência bancária localizada na Avenida Fernando Correa, na capital.

No local, os policiais constataram que alguns caixas eletrônicos estavam pegando fogo e perceberam um artefato explosivo no chão do estabelecimento. De imediato, os policiais solicitaram apoio de uma equipe do Bope e da Polícia Federal. A PM fez a retirada do artefato explosivo do saguão do banco e equipes seguiram em buscas dos suspeitos.

Das três ocorrências registradas nestas últimas, duas delas receberam apoio das equipes do Batalhão Rotam da PM. O comandante da unidade especializada, tenente-coronel Paulo Cesar explica que regiões bancárias e comerciais, por serem muito visadas por criminosos, são monitoradas constantemente para frustrar ações criminosas.

Policiais Militares em frente a uma agência bancária nesta madrugada de segunda – feira (30.03), no CPA II, em Cuiabá.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana