conecte-se conosco


Geral

Consumidores de Mato Grosso podem denunciar chamadas de telemarketing abusivas

Publicado

O  Procon Estadual de Mato Grosso  informa que está disponível um canal direto para o cidadão denunciar empresas que insistirem com a prática de chamadas abusivas de telemarketing. Para acessar a plataforma de denúncia – desenvolvida pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) – basta acessar o link .

No formulário eletrônico, os consumidores deverão informar a data da ligação, o número de origem da chamada com DDD (quando houver), se contratou algum serviço da empresa, o nome do telemarketing ou da empresa e se foi dada permissão para a oferta de produtos e serviços, entre outros dados.

As denúncias serão apuradas pela Senacon e encaminhadas aos Procons, para análise e abertura de eventual processo administrativo pelo descumprimento da medida.

Caso o consumidor seja contatado por uma empresa ofertando produtos ou serviços, sem que tenha manifestado expressamente interesse no recebimento das ligações, é importante que ele formalize a denúncia pela plataforma. Assim, estará colaborando para o fim das ligações indesejadas e abusivas de telemarketing.

Em Mato Grosso

Na última segunda-feira (18), o Procon-MT decretou medida cautelar, suspendendo os serviços de telemarketing abusivo em todo o território de Mato Grosso, por tempo indeterminado. A operação integra ação nacional, envolvendo a Senacon e os 27 Procons Estaduais do país.

De acordo com a medida, as empresas de telemarketing estão proibidas de ligar, sem autorização, para oferecer produtos ou serviços a clientes. Os consumidores só podem ser contatados por telefone se tiverem expressamente manifestado interesse nesse sentido. A decisão não exclui outras formas de abordagem por telemarketing, como serviços de telemarketing receptivo/passivo e aqueles que versem sobre cobranças ou doações.

Em Mato Grosso, 22 empresas de telemarketing – ligadas a bancos, instituições financeiras e de serviços de telefonia, principalmente – foram notificadas pelo Procon-MT. Caso descumpram a medida cautelar, a multa diária será de R$ 1.000,00.

A decisão foi tomada com base na quantidade de reclamações registradas no Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec) e no portal consumidor.gov.br , que totalizam 14.547 reclamações nos últimos três anos.

 

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Geral

Cuiabá confirma mais dois casos de varíola dos macacos; pacientes viajaram recentemente

Publicado

Os pacientes já se encontram em isolamento domiciliar

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica confirmou mais dois casos de Monkeypox (Varíola dos Macacos) em Cuiabá. Os dois casos em investigação são referentes a homens, um de 26 e o outro de 44 anos, ambos sem histórico de viagens. Ao todo, já foram registrados quatro casos na capital.

Os dois pacientes já foram informados e estão em isolamento domiciliar. Diariamente, a equipe de Vigilância monitora os pacientes, sempre em acordo com as medidas de biossegurança para evitar o possível contágio.

Os dois pacientes suspeitos apresentam lesões características da doença, mas sem nenhuma complexidade. Os dois indivíduos irão permanecer em isolamento até o desaparecimento completo das lesões (cerca de 2 a 3 semanas, ou até 21 dias).

Continue lendo

Geral

Rede de Supermercados Comper realiza Feira de vinhos com queijos em Cuiabá

Publicado

Evento acontece entre os dias 18 e 20 no Comper da Miguel Sutíl

Para quem aprecia um bom vinho ou quer entender um pouco mais desse universo, a Rede de Supermercados Comper realiza a Feira de Vinhos, de 18 a 20 de agosto das 18h às 21h, no Comper da Miguel Sutíl. E nesses dias terá queda de temperatura, e o friozinho dará um tom ainda melhor no evento. Na feira, os clientes poderão degustar cerca de 100 rótulos diferentes, entre marcas nacionais e importadas, além de uma extensa variedade de queijos, azeites e pães, tudo com orientação do sommelier da empresa. A entrada para o evento é de R$44,90 por dia para degustação e o participante ainda ganha uma taça de cristal.

Durante o período da Feira, acontece também a promoção “Compre e Ganhe” na Adega do Comper Jardim dos Estados. Nas compras acima de R$ 300,00 o cliente ganha um kit  de acessórios de vinho; nas compras acima de R$ 500, um kit facas para queijo; e nas compras acima de R$ 700, ele leva uma champanheira.

Essa já é a segunda  edição da Feira de Vinhos, a primeira depois da pandemia. O evento consolida a Adega Comper como a maior do estado, com mais de 21 mil garrafas, vinhos de vários países, máquina dosadora para consumo no local e sommelier especializado.

De acordo com o sommelier do Comper Charles Carvalho, os vinhos são uma grande paixão do Comper e parte essencial do negócio. “Nós temos um trabalho muito forte na importação exclusiva, apresentando vinhos que só nós oferecemos. Hoje trazemos vinhos de 7 países entre Velho Mundo e Novo Mundo, que somam mais de 210 vinhos exclusivos”, enumera.

 

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana