conecte-se conosco


Nacional

Conselho suspende médico denunciado por abuso sexual em São Paulo

Publicado


source

Agência Brasil

a
Reprodução

Abib Maldaun Neto é acusado de cometer abuso sexual dentro do próprio consultório, no bairro dos Jardins, na capital paulista


O médico Abib Maldaun Neto foi suspenso cautelarmente pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) em decorrência de denúncias sobre abuso sexual . A interdição terá validade a partir da publicação em Diário Oficial da União, para o qual o edital já foi enviado.


Segundo o conselho, a suspensão é válida por seis meses, podendo ser renovada por igual período. Neste prazo, o registro profissional do médico ficará suspenso em todo o território nacional. “O Cremesp esclarece ainda que, mesmo com a interdição cautelar, sindicâncias e processos ético-profissionais em curso contra o médico seguirão normalmente, sob sigilo determinado por lei”, diz nota da entidade.

Ele é acusado de cometer abuso sexual dentro do próprio consultório, no bairro dos Jardins, na capital paulista. Segundo o Ministério Público do estado de São Paulo, o médico já foi condenado em segunda instância por violação sexual mediante fraude pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, mas continuava atendendo com autorização do Cremesp. 

A defesa do médico informou, em nota divulgada no site de Maldaun Neto, que os autos tramitam sob segredo de justiça para proteger a privacidade dos envolvidos, o que impossibilita a exposição de detalhes do caso. “Vale salientar que a Constituição Federal consagra o princípio da presunção de inocência e estando o processo em fase de recurso, reafirmamos a plena e inequívoca confiança na justiça para reconhecer a sua inocência”, destacou a defesa, em nota.

No texto, há declaração do médico , dizendo que mantém a consciência tranquila, e que jamais praticou ato imoral ou ilegal contra qualquer paciente ou cidadão. “Sempre atuei de forma ética, integra e profissional zelando pela dignidade da honrosa profissão a qual dedico a minha vida, por esta razão sempre colaborei com o processo, comparecendo em todos os atos e me colocando à disposição da justiça a fim de que a verdade real dos fatos seja devidamente comprovada”.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

52% dos paulistanos consideram o governo Bolsonaro ruim ou péssimo

Publicado


source
Presidente Jair Bolsonaro (sem partido)
Reprodução SBT

Bolsonaro tem 52% de rejeição em São Paulo (SP)

Segundo pesquisa divulgada pelo Ibope nesta sexta-feira (30), mais da metade dos moradores da capital paulista (52%) consideram a gestão de Jair Bolsonaro (sem partido) ruim ou péssima . A pesquisa foi feita com 1.204 eleitores, entre os dias 28 e 30 de outubro, sob encomenda da TV Globo e do jornal “O Estado de São Paulo” .

A porcentagem dos paulistanos que consideram o governo Bom ou ótimo é 26%, enquanto 22% classificam a administração federal como regular; 1% dos entrevistados não soube responder ou não respondeu.

Doria e Covas

A pesquisa também levantou a porcentagem de rejeição a João Doria (PSDB) e Bruno Covas (PSDB), governado de SP e prefeito da capital paulista, respectivamente.

A administração de Doria foi considerada ruim ou péssima por 49% dos entrevistados e 17% classificaram como ótima ou boa. A pesquisa mostra ainda que 30% considera o desempenho do governo regular e 3% não sabia ou não responderam.

Bruno Covas candidato à reeleição à Prefeitura de São Paulo, preferencial 35% de avaliação ótima ou boa, e 38% classificaram como regular. Outros 25% disseram ser ruim ou péssima e, e 2% não responderam ou disseram não saber.

O Ibope perguntou ainda se os entrevistados aprovaram ou não a atual gestão de Covas na prefeitura: 48% aprovaram, e 44%, que desaprovam – 8% não responderam ou disseram que não sabem.

A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% dos resultados retratarem o momento atual eleitoral, considerando uma margem de erro.

Continue lendo

Nacional

Kataguiri convida Moro para jogar Among Us, que provoca: “é como no Brasil?”

Publicado


source
Ex-ministro da justiça, Sergio Moro
ESTADÃO CONTEÚDO

Ex-ministro da justiça, Sergio Moro

O deputado Kim Kataguiri (DEM-SP) convidou o ex-ministro da justiça Sergio Moro, no twitter, para uma partida de Among Us, afirmando que ele tem “um talento natural” para ser detetive. Em resposta, Moro perguntou se no final do game o impostores e assassinos são presos ou se saem impunes, “como no Brasil.




Carlos rebate

Carlos Bolsonaro, atual vereador do Rio pelo Republicanos e candidato à releição, ingressou na conversa provocando Kim e Moro, em clara piada de cunho homofóbico.

Mais cedo, Carlos Bolsonaro postou em seu twitter uma mensagem defendendo a reabertura das escolas no Rio de Janeiro. O vereador compartilhou um estudo da UFRJ que afirma que as escolas não têm papel relevante na transmissão do vírus.

“Nessas horas não vale a ciência, só aquela ‘siênssia’ da nova e velha esquerda, biografados, antas, alicate, calça encravada, socialismo e liberdade.”


Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana