conecte-se conosco


Esportes

Conheça jornalista portuguesa que está no Fla seguindo os passos de Jorge Jesus

Publicado

Irene Palma%2C a jornalista portuguesa que segue os passos de Jorge Jesus arrow-options
Facebook/Reprodução

Irene Palma, a jornalista portuguesa que segue os passos de Jorge Jesus

“O avançado Gabigolo prevê boas sensações para o Campeonato do Brasil”. O sotaque português não deixa qualquer dúvida: há uma jornalista portuguesa em meio à cobertura esportiva do Flamengo .

Leia também: O desafio de Jorge Jesus em meio à decisões e chegada de reforços no Flamengo

A jornalista Irene Palma, de 41 anos, foi enviada pelo diário A Bola para acompanhar todos os passos do técnico Jorge Jesus no Brasil. Entre o envio de relatórios e gravações, ela segue a cartilha com o microfone na mão: onde o treinador for, vai atrás.

“Está sendo surpreendente. A forma carinhosa como os brasileiros estão tratando o Jorge Jesus e sua equipe técnica. São muito simpáticos e otimistas. Não sei se é pelo Cristo Redentor, por seus braços abertos, mas foi dessa maneira que ele foi recebido aqui. Estamos trabalhando dentro da expectativa, pelo desconhecimento de como é que vai ser a adaptação de um treinador europeu aqui no Brasil”, disse ao Extra .

Leia também: Com recital de Arrascaeta e Gabigol, Flamengo atropela Goiás no Maracanã

É assim no Ninho do Urubu, onde tem acompanhado diariamente treinos e coletivas do Flamengo, no Maracanã ou na Arena da Baixada, em Curitiba, onde acompanhou a estreia do português no cargo. A sua missão é matar a curiosidade dos “adeptos” lusitanos e transformar em notícia tudo o que cerca Jorge Jesus.

“Nós viemos nesse início da caminhada do Jorge Jesus. Fizemos o jogo em Curitiba, o primeiro jogo no Maracanã e também o jogo da volta na Copa do Brasil com o Athletico. Portanto, cerca de 15 dias para tentar explicar um pouco em Portugal como tem sido essa aventura do Jorge aqui no Brasil”, lembrou.

A aventura de Irene Palma começou no mês de junho, pouco depois de Jorge Jesus ser anunciado como técnico do Flamengo. De Portugal , o A Bola repetiu a fórmula de seguir o treinador em terras estrangeiras.

Irene Palma, a jornalista portuguesa que segue os passos de Jorge Jesus arrow-options
Facebook/Reprodução

Irene Palma, a jornalista portuguesa que segue os passos de Jorge Jesus

Foi assim no Al-Hilal, na temporada 2018/2019, onde um repórter foi enviado à Arábia Saudita para acompanhar o comandante por alguns dias. Apesar da exclusividade não ser do Flamengo, a repercussão em Portugal tem sido extremamente maior.

A jornalista está acostumada com coberturas desse tipo. Ela conta que já acompanhou nomes de peso como José Mourinho e Cristiano Ronaldo no Real Madrid e, mais recentemente, a transferência de João Félix para o Atlético de Madrid. Em meio à missão de mostrar o sucesso dos portugueses fora de seu país, usa seu tom crítico para analisar a imagem do Brasil no exterior.

“No Brasil é a primeira vez, mas fiz outras. Fui ao Mundial da África do Sul acompanhar a Seleção Portuguesa. Fui acompanhar o Mourinho no Real Madrid, o Cristiano Ronaldo também. Já fiz várias reportagens internacionais. É uma grata surpresa porque o que chega à Europa do Brasil são quase sempre notícias más, e eu acho que é bom passar essa imagem boa do Brasil”, disse.

ENCONTRO COM JORGE JESUS E CARINHO BRASILEIROS

Enquanto aguardava o carro para ir até a redação, Irene contou que jantou com Jorge Jesus antes do treinador estrear pelo Flamengo. O encontro aconteceu em um restaurante na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, onde as abordagens de rubro-negros com o técnico chamaram a atenção da jornalista.

Leia também: Ex-vascaíno cobre Cruz de Malta com tatuagem do Flamengo

“Eu e Rodrigo Santiago (repórter do A Bola ) fomos jantar com Jorge Jesus aqui no Rio e nos impressionou com foi fantástica a forma carinhosa como pediram para tirar fotos, dar autógrafos e como lhe desejaram boa sorte”, contou.

Ela disse que os brasileiros podem esperar tudo de Jorge Jesus, menos uma pessoa inquieta em praticamente todos os hábitos de sua vida. Também confirma a frase dita pelo treinador de que “o Flamengo é o mais falado em Portugal”, mas esclarece afirmando que ser o mais falado significa ser o brasileiro com mais noticiário.

Irene Palma, a jornalista portuguesa que segue os passos de Jorge Jesus arrow-options
Facebook/Reprodução

Irene Palma, a jornalista portuguesa que segue os passos de Jorge Jesus

“Quando Jesus diz que o Flamengo é o clube mais popular do Brasil lá em Portugal, realmente é. O Flamengo hoje é o clube brasileiro mais falado em Portugal. As pessoas querem saber como Jesus está aqui”, esclareceu.

Perto de retornar a Portugal, a jornalista comenta sobre sua primeira experiência no Brasil, agora com a cobertura de Jorge Jesus. Ela mostra gratidão pela repercussão que tem recebido em terras brasileiras e lusitanas.

“Quero agradecer a todos os brasileiros e aos portugueses, que têm acompanhado o trabalho que temos levado a Portugal para a TV e para o jornal. Temos tido uma repercussão muito boa e estão adorando a forma como temos passado a imagem do Flamengo”, finalizou Irene Palma .

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Botafogo-SP vence Oeste e fica fora do Z4 da Série B

Publicado


O Botafogo-SP venceu o Oeste por 1 a 0, na Arena Barueri, quebrando uma sequência de quatro derrotas consecutivas. O Pantera chegou a 11 pontos, saiu provisoriamente da zona do rebaixamento e ainda deixou o rival da noite desta terça-feira (29) na lanterna da Série B do Campeonato Brasileiro, com apenas 6 pontos conquistados. A partida foi marcada pela dificuldade das equipes em criar chances de gol e pela queda de luz da Arena Barueri no primeiro tempo.

Antes do apagão, o Botafogo-SP teve uma boa chance, aos 5 minutos de jogo. Ronald avançou pela direita, entrou na área do Oeste e chutou no canto esquerdo de Caíque França, que espalmou para escanteio. Aos 24 minutos, o goleiro do time da casa fez outra grande defesa. Rafinha recebeu lançamento, cortou pra dentro e chutou cruzado de esquerda, mas Caíque França salvou.

Aos 38 minutos, alguns refletores da Arena Barueri apagaram. Depois de 13 minutos de espera, o jogo recomeçou. O Oeste voltou melhor da parada e passou a ameaçar. Aos 61 minutos, Betinho, de cabeça, completou cruzamento que veio da esquerda e a bola passou perto do gol de Darley. A última chance do primeiro tempo foi do Botafogo. Wellington Tanque dominou na entrada da grande área e chutou no canto esquerdo para Caíque França espalmar.

O segundo tempo da partida foi ruim tecnicamente. As equipes não conseguiam criar oportunidades e tinham dificuldades de finalizar para o gol. Até que, aos 22 minutos, Ronald avançou pela direita e cruzou na área. A bola sobrou para Rafinha, que dominou e bateu rasteiro, colocado, no canto esquerdo de Caíque França para abrir o placar.

O Oeste tentou responder, mas não oferecia grande perigo ao gol de Darley. O Pantera quase ampliou com Wellington Tanque. Aos 35 minutos, o camisa 9 aproveitou chutão de Robson e finalizou. Caíque França fez a defesa.

Sem forças para empatar, time da casa ainda terminou o duelo com um jogador a menos. Aos 43 minutos, Cauã deu um carrinho por trás em Luketa e recebeu cartão vermelho.

Na próxima rodada, o Oeste enfrenta o Figueirense, sexta-feira (2), às 16h30, no Orlando Scarpelli. O Botafogo-SP recebe o Paraná no mesmo dia, às 21h30, no Estádio Santa Cruz.

Edição: Fábio Massalli

Continue lendo

Esportes

CSA, Avaí e Juventude vencem na Série B do Brasileirão

Publicado


Três partidas abriram a 12ª rodada da Série B do Campeonato no início desta terça (29) à noite. O visitante vencedor foi o CSA, que enfrentou o Vitória em Salvador e ganhou por 1 a 0.

No clássico catarinense entre Avaí e Figueirense, no estádio da Ressacada, melhor para os anfitriões que também venceram por 1 a 0.  Em Caxias do Sul, o Juventude superou por 1 a 0 o Operário-PR.

 

No Barradão, os alagoanos surpreenderam os donos da casa. Aos 14 minutos do primeiro tempo, Paulo Sergio recebeu livre dentro da área e mesmo desequilibrado, conseguiu marcar o gol da vitória. Foi o terceiro triunfo consecutivo do CSA que chegou a 13 pontos e já respira próximo do meio da tabela.

Em Santa Catarina, o clássico local começou com poucas emoções. Na segunda etapa, o Avaí passou a criar mais, porém, finalizava sem precisão, errando muitos chutes em direção à meta do Figueirense. O jogo caminhava para o empate, quando aos 42 minutos, Gáston Rodriguez acertou o gol. O zagueiro Alemão perdeu a cabeça e foi expulso, por pouco o jogador não agride o árbitro.

No Alfredo Jaconi, o time da casa sofreu, mas também levou a melhor. Aos 18 minutos do segundo tempo, Dalberto recebeu cruzamento pela esquerda e com um toque colocado venceu o goleiro Thiago Braga. O resultado levou provisoriamente os gaúchos ao G-4 com 19 pontos.

 

Edição: Liliane Farias

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana