conecte-se conosco


Nacional

Conheça casos bizarros que aconteceram na sexta-feira 13

Publicado

gato preto arrow-options
Reprodução/Twitter

Gato Preto se tornou símbolo da sexta-feira 13

Sabia que muitos prédios e hotéis evitam o 13º andar, utilizando o espaço para armazenamento e manutenção ou o ignorando totalmente? Isso inclui três dos prédios mais famosos da cidade de São Paulo : o edifício do Banco Safra (Avenida Paulista, 2100, Cerqueira César), inaugurado em 1988; o da torre norte do Centro Empresarial Nações Unidas (Avenida das Nações Unidas, 12901, Vila Nova Conceição), construído 2000; e o do Novotel Jaraguá (Rua Martins Fontes, 71, Centro), de 1954. Eles simplesmente pulam o 13º andar.

Não se sabe ao certo quando a crença surgiu. Alguns dizem que começou na Idade Média, outros que está enraizado em crenças religiosas e tem relação com o 13º convidado da Última Ceia, Judas, o apóstolo que disse ter traído Jesus, além da crucificação de Jesus, que aconteceu também no dia 13 , em uma sexta-feira. Há também quem acredite que a origem veio de forças místicas, já que a décima terceira carta do Tarô é “a morte”.

Leia também: Sexta-feira 13: entenda a fama da data

Independente da origem da crença , não há como ignorar que coisas bizarras de grande magnitude acontecem nesse casamento malévolo de número e dia. O misterioso assassinato do rapper Tupac Shakur, nos anos 90, o naufrágio do Costa Concordia e o bombardeio no Palácio de Buckingham são alguns dos exemplos. Listamos acontecimentos que marcaram essa data:

Incêndio na Austrália

Incêndio toma grandes proporções na Austrália arrow-options
undefined

Incêndio toma grandes proporções na Austrália



O pior incêndio de florestas na história da Austrália ocorreu em uma sexta-feira 13 de 1939, onde cerca de 20 mil quilômetros de terra foram queimados e 71 pessoas morreram.

Queda de avião na Cordilheira dos Andes

Queda do avião da Força Aérea do Uruguai arrow-options
Divulgação/PM

Queda do avião da Força Aérea do Uruguai



O avião da Força Aérea do Uruguai, que levava 45 pessoas, incluindo a equipe uruguaia de rúgbi, caiu na Cordilheira dos Andes no dia 13 de outubro de 1972, uma sexta-feira. Os 16 sobreviventes tiveram que praticar antropofagia para sobreviver e enfrentaram um frio de 30 graus negativos. Eles foram resgatados 72 dias depois do acidente e os acontecimentos deram origem ao filme Alive (Vivos), de 1993.

Leia também: Telefone que pertencia a Adolf Hitler é leiloado por R$ 750 mil

Britânico atingido por um raio

Momento em que raio atinge jovem britânico arrow-options
Reprodução/Youtube

Momento em que raio atinge jovem britânico


Segundo o jornal Daily Mail, um jovem britânico de 13 anos foi atingido por um raio na sexta-feira 13 , às 13h13 durante um show aéreo na Inglaterra. O hospital informou que o garoto está vivo e que foi tratado apenas com queimaduras no ombro.

Naufrágio do Costa Concórdia

Naufrágio do Costa Concórdia, em 2012 arrow-options
Reprodução

Naufrágio do Costa Concórdia, em 2012



O Costa Concordia afundou no oceano em 13 de janeiro de 2012. Segundo a Vanity Fair, tornou-se o maior navio de passageiros já destruído, com quase o dobro da quantidade de pessoas a bordo do que no Titanic, mas apenas 32 pessoas morreram . O capitão foi condenado por homicídio culposo em 2015.

Inundações no Kansas

Chuva forte no estado do Kansas arrow-options
Reprodução/Twitter – @psol50

Chuva forte no estado do Kansas


Em 13 de julho de 1951, o estado do Kansas foi atingido por mais de 40 cm de chuva . As cidades de Manhattan, Lawrence e Topeka foram as mais afetadas e mais de dois milhões de acres de terra foram danificados pela enchente. A tempestade também afetou tanques de petróleo, alguns dos quais pegaram fogo e explodiram.

Leia também: A ‘árvore da morte’, a mais perigosa do mundo segundo o livro dos recordes

Queda de avião na Rússia

Queda de avião deixa 174 pessoas mortas na Rússia arrow-options
Saad Kaiser Khan / Twitter

Queda de avião deixa 174 pessoas mortas na Rússia


Em 13 de outubro de 1972, um avião que estava indo para Leningrado (agora São Petersburgo) caiu com 174 pessoas a bordo (incluindo os dez tripulantes). Na época, a tragédia do Aeroflot 217 foi o pior acidente de avião na história da Rússia. 

Ataque Terrorista na França

O grupo terrorista Estado Islâmico assumiu a autoria do atentado em 2015, na França arrow-options
Reprodução/Twitter

O grupo terrorista Estado Islâmico assumiu a autoria do atentado em 2015, na França


Dia 13 de novembro de 2015, sexta-feira, uma série de ataques terroristas deixaram 137 pessoas mortas e outras 415 feridas. Os ataques aconteceram em Paris e Saint-Denis, na França e consistiram em fuzilamentos em massa, atentados suicidas, explosões e uso de reféns, e foram praticados pelo Estado Islâmico.

Tempestade em Nova York

Tempestade em Nova York paralisa cidade arrow-options
Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Tempestade em Nova York paralisa cidade


Na sexta-feira, 13 de outubro de 2006, uma tempestade em Nova York deixou aproximadamente 350.000 pessoas sem energia e a cidade paralisada.

Leia também: De inseto a menino urinando: Veja esculturas inusitadas pelo mundo

99942 APOPHIS

Segundo cientistas, asteróide 9942 APOPHIS passará perto do planeta Terra em 2029 arrow-options
Divulgação/Nasa

Segundo cientistas, asteróide 9942 APOPHIS passará perto do planeta Terra em 2029


Foi confirmado que até sexta-feira, dia 13 de abril de 2029, o asteróide “99942 APOPHIS” ​​passará muito perto do planeta Terra, a 30 mil quilômetros de distância. Não terá impacto, mas fechará a comunicação com os satélites por algumas horas.

Mas nem tudo está perdido! Sextafeira 13 não é motivo de alarme em alguns países, como Espanha e Grécia, que fazem da  terça-feira 13 sua data mais perigosa. Na Itália, o dia de azar é sextafeira 17. Já em Portugal, muitas cidades e vilas celebram a Sextafeira 13 , incluindo a cidade do Porto. A maior de todas acontece no castelo de Montalegre, em Trás-os-Montes. As festas incluem bruxas, teatro, fogueira e banquetes com produtos locais.

Leia também: Camisinha de papiro egípcia: Conheça fatos surpreendentes sobre o mundo 

Em breve, esta sexta-feira 13 terminará, e até os mais supersticiosos de nós poderão ficar tranquilos – pelo menos até a próxima, no dia 13 de dezembro de 2019. Melhor já ir se planejando: todos os anos têm pelo menos uma sexta-feira 13 , e no máximo três. E é muito fácil de saber: é só checar os meses que começam no domingo. Algumas pessoas podem até ficar em casa – embora estatisticamente, a maioria dos acidentes ocorra em ambiente domiciliar, então essa pode não ser a melhor estratégia. Mas independentemente do lugar que você escolha passar o dia de hoje, aqui vão algumas dicas que evitam uma sexta-feira 13 desastrosa:

  • Evite andar sob uma escada
  • Tocar em objetos feitos de madeira
  • Não quebrar espelhos
  • Abençoar alguém quando espirra
  • Cruzar os dedos
  • Pegar moedas de um centavo
  • Quebrar um osso da sorte – a fúrcula, que é um osso bifurcado encontrado nas aves, como frango, conhecido como amuleto da sorte – e fazer um desejo
  • Jogar sal por cima do ombro esquerdo
  • Evitar abrir um guarda-chuva dentro de um espaço fechado
  • Evitar colocar sapatos novos em cima da mesa
  • Evitar contar a alguém seu desejo de aniversário
  • Evitar ultrapassar alguém nas escadas
  • Evitar lugares com o número 13
  • Evitar andar sobre uma rachadura
  • Evitar comer queijo antes de dormir
  • Evitar deixar um gato preto cruzar seu caminho
  • Evitar pisar em uma grade
  • Empurrar uma colher no fundo de uma casca de ovo vazia depois de terminar de comer
  • Carregar um pé de coelho da sorte com você
  • Cortar as duas extremidades do pão
publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

Homem é preso com cem seringas de ‘maconha líquida’ em Volta Redonda

Publicado


source
Seringas com maconha líquida
Divulgação

Seringas com maconha líquida


Policiais da 93ª DP (Volta Redonda) apreenderam, na tarde desta segunda-feira, quase 8 mil pinos de cocaína e cerca de cem seringas com “maconha líquida”, conhecida também como óleo de butano. As drogas estavam dentro um carro que foi interceptado na Rodovia Presidente Dutra, na entrada da cidade, e que era conduzido por um homem de 32 anos. A variação da maconha age diretamente nos pulmões e corrente sanguínea.

— É uma situação bastante nova aqui na cidade. Nós temos informações, após trabalho de investigação, de que esse indivíduo abasteceria comunidades da região, principalmente no bairro da Conquista, com essas drogas que vieram do Complexo da Maré e da Nova Holanda, na Zona Norte do Rio — explica o delegado Edézio Ramos, titular da 93ª DP.

O butano que dá nome à “maconha líquida” é, na verdade, utilizado na extração do tetra-hidrocanabinol (THC), que é a substância psicoactiva encontrada nas plantas do gênero Cannabis. Ao entrar em contato com a matéria orgânica, o gás produz uma espécie de óleo que contém uma concentração de THC bem maior do que encontrada nos brotos.

Leia Também

Leia Também

Ainda de acordo com o delegado, as seringas que contêm o óleo não têm agulha. Isso porque a droga é aquecida e inalada com a ajuda de um vaporizador, como um cachimbo ou cigarro eletrônico, por exemplo, e não injetada. Dessa forma, a substância tóxica segue para os pulmões e tem um poder entorpecente muito maior do que as outras formas.

Leia Também

Segundo especialistas, a utilização desse gás é prejudicial. A inalação pode deixar resquícios no organismo e causar danos neurológicos.

Aos policiais, o homem confessou ser responsável pelo abastecimento de drogas a traficantes da cidade do interior do Rio. A droga impressionou os agentes devido ao alto teor de pureza e grande potencial alucinógeno.


Segundo a polícia, a ação desenvolvida é fruto do trabalho de inteligência realizado pela unidade para identificar traficantes, a forma como a droga segue até lá e o intercâmbio entre integrantes de facções criminosas.

Continue lendo

Nacional

Após acusações de assédio sexual, Vaticano intervém no Mosteiro de São Bento

Publicado


source
Mosteiro de São Bento
Divulgação/Alexandre Diniz

Mosteiro de São Bento

Quatro religiosos do Mosteiro de São Bento, no centro de São Paulo, são investigados pelo Ministério Público por  abuso sexual dentro das dependências da instituição, caso que motivou a intervenção do Vaticano, de acordo com reportagem do “Fantástico” deste domingo, 5. Ainda de acordo com o programa de TV, o abade responsável pelo mosteiro foi afastado. Os suspeitos foram ouvidos pela polícia e negam as acusações.

Nesta semana, a Igreja Católica passa a adotar medidas mais rígidas contra a pedofilia e o assédio sexual . É a revisão mais abrangente em quatro décadas, endurecendo regulamentos para clérigos que abusam de menores de idade e adultos vulneráveis, cometem fraudes ou ordenam mulheres.

As acusações são feitas por dois jovens , que teriam sofrido assédio sexual de religiosos quando ainda eram menores de idade. Os crimes teriam ocorrido entre 2016 e 2018 . Os monges que foram denunciados pelos rapazes são Rafael Bartoletti, conhecido como irmão Hugo, Marcílio Miranda Proença, chamado de Dom Francisco, Josiel Amaral e João Baptista Barbosa Neto, conhecido como Dom João Batista. Dom Francisco morreu em 2020 de covid-19.

Uma das vítimas contou ao programa da Rede Globo que os abusos começaram quando ele tinha 16 anos. O primeiro a assediá-lo teria sido Rafael Bartoletti.

“Ele aproveitou, fechou a porta e trancou. Veio na minha direção e começou a me forçar pra baixo. Com o objetivo de um ato de sexo oral. Eu tirei a mão dele. Fiquei um pouco nervoso, falei que queria sair de lá, queria voltar para onde estavam os outros meninos. E ele falou: ‘Calma’. E aí abriu a porta e me levou de volta”, conta.

Outro rapaz, que trabalhava como alfaiate no mosteiro, afirma que foi vítima dos abusos aos 17 anos. O jovem entregou à polícia uma série de mensagens trocadas com Rafael Bartoletti. Em 28 de maio de 2016, o alfaiate diz que iria dormir porque teria uma missa logo cedo no dia seguinte. O monge se despede com um beijo e diz: “lindo vc” (sic). Em seguida, pergunta se o rapaz se incomoda em ser chamado de lindo. No dia 22 de julho do mesmo ano, Rafael mandou uma foto sem camisa para o rapaz, que respondeu: “mó cara de playboy, estudante de medicina, filho de pai rico” (sic). O monge completa: “vc esquece de falar gato, muito gato”.

A vítima contou ainda que os religiosos costumavam abraçá-lo e descer as mãos até quase tocar suas nádegas. Ele alegou que pediu ajuda ao monge Marcílio Miranda Proença. Mas, segundo o rapaz, o sacerdote também passou a assediá-lo.

De acordo com a reportagem, os suspeitos foram ouvidos pela polícia e negam as acusações.

Leia Também

Em nota enviada ao “Fantástico”, o Mosteiro de São Bento informa que os denunciados foram afastados e respondem não só perante a lei civil, mas também à Justiça eclesiástica.

Investigação do MP

Após mais de um ano de investigação, quatro religiosos (dois noviços e dois monges) foram acusados de abuso sexual pelo Ministério Público em junho do ano passado. Um deles morreu de covid em dezembro de 2020, mas os outros seguem respondendo processo. Eles já foram ouvidos pela polícia e negam o crime. Em primeira instância, o processo foi extinto pela 8ª Vara Criminal da capital, que entendeu que o caso estava prescrito, pois as vítimas não haviam denunciado o crime à polícia no prazo de seis meses, como prevê a lei.

Por outro lado, o MP avalia que a prescrição não se aplicava porque as vítimas eram menores de idade na época em que os crimes ocorreram. Neste caso, o prazo de prescrição só começa a contar após elas completarem 18 anos. O Tribunal de Justiça acolheu o entendimento do MP e determinou o prosseguimento da ação penal. Ainda não há data para esse julgamento ocorrer.

“Devido ao segredo de Justiça decretado pelo Judiciário, nós não podemos passar qualquer tipo de informação a respeito do caso”, informou o Ministério Público ao Estadão.

Preocupação do Vaticano

O caso ilustra a preocupação do Vaticano com os abusos de pedofilia e abusos sexuais cometidos por padres. Nesta semana, a Igreja Católica passa a adotar medidas mais rígidas para punir esses crimes. A revisão é a mais extensa desde que o código atual foi aprovado pelo Papa João Paulo, em 1983. A reformulação do Código de Direito Canônico entra em vigor nesta quarta-feira dia 8.

Um dos artigos aponta que os padres podem ser destituídos, se os atos forem comprovados. “Um clérigo que pela força, ameaças ou abuso de sua autoridade viola o mandamento contra o adultério ou força alguém a cometer ou submeter-se a atos sexuais deve ser punido, não excluindo a demissão do estado clerical se o caso assim o justificar”, diz trecho do documento.

O abuso sexual de menores de idade foi colocado sob uma nova seção intitulada “Delitos Contra a Vida, a Dignidade e a Liberdade Humanas”, ao invés da mais vaga “Crimes Contra Obrigações Especiais” anterior. O aliciamento de menores ou adultos vulneráveis para abuso sexual e posse de pornografia infantil passam a ser considerados crimes.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana