conecte-se conosco


Agro News

Congresso aprova crédito suplementar que garante recursos para o Plano Safra 2019/2020

Publicado

O Congresso Nacional aprovou nesta terça-feira (11), em sessão conjunta, o projeto de crédito suplementar em que o Executivo pede autorização para quitar, por meio de operações de crédito, despesas correntes de R$ 248,9 bilhões (PLN 4/19). O texto foi aprovado por unanimidade pela Câmara dos Deputados e pelo Senado e vai à sanção presidencial. 

Com a aprovação da proposta, ficam garantidos os R$ 10 bilhões previstos para a equalização dos financiamentos do Plano Safra 2019/2020, que será anunciado na semana que vem.

Tereza Cristina se reuniu mais cedo com a Frente Parlamentar da Agropecuária

A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) acompanhou a sessão do Congresso que aprovou o PLN 4 e se reuniu mais cedo com a Frente Parlamentar da Agropecuária para pedir a aprovação do projeto. Segundo ela, o Plano Safra previsto para 2019/2020 irá oferecer novas ferramentas de acesso ao crédito para médios e grandes produtores.

O relatório do deputado Hildo Rocha (MDB-MA) promoveu ajuste para elevar em R$ 80 milhões o repasse ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), cancelando igual montante em subvenções.

Leia Também:  Tereza Cristina participa da assinatura de contratos que vão beneficiar 41 municípios

Regra de Ouro

A Constituição Federal proíbe a realização de operações de crédito que excedam as despesas de capital. Essa “regra de ouro” só pode ser contornada por meio de créditos suplementares ou especiais com finalidade específica e aprovados pelo Congresso por maioria absoluta.

O PLN 4/19 busca essa autorização, já que as despesas de R$ 248,9 bilhões estão previstas no Orçamento para 2019 e são obrigatórias. Além do Plano Safra, a maior parte dos gastos envolvidos corresponde a benefícios previdenciários, como pensões e aposentadorias, mas estão incluídos Bolsa Família, Benefício de Prestação Continuada (BPC), entre outros itens.

*Com informações da Agência Câmara

Mais informações à imprensa:Coordenação-geral de Comunicação Social
[email protected]

Fonte: MAPA GOV
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Agro News

Agrofoco é lançado e traz dados setoriais e econômicos da agropecuária nacional

Publicado

Com informações setoriais e indicadores econômicos, a Secretaria de Política Agrícola (SPA) lança o informe Agrofoco. Elaborado pela equipe do Departamento de Estudos e Prospecção, os dados serão atualizados mensalmente com a consolidação de indicadores setoriais do PIB da Agropecuária, PIB do Agronegócio, números da exportação, da produção de grãos e Valor Bruto da Produção, entre outros resultados.

 Já os indicadores econômicos incluem o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado), taxa de câmbio e da Selic, o percentual de crescimento do PIB, o saldo da balança comercial e o CDI (Certificado de Depósito Interbancário).

De acordo com o coordenador-geral de Suporte Econômico do Mapa, Marcelo Guimarães, “o objetivo do informe é disponibilizar ao público um instrumento ágil de consulta a um conjunto sintético dos principais dados e projeções econômicas e setoriais de interesse da agropecuária brasileira para auxiliar a tomada de decisões, tendo como diferencial sua característica prospectiva”.

O Agrofoco será publicado no site do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento em publicações da SPA.

Leia Também:  Técnicas sustentáveis de plantio preservam o solo e aumentam rendimento da produção

Confira o link: http://www.agricultura.gov.br/assuntos/politica-agricola/todas-publicacoes-de-politica-agricola/agrofoco

 
Mais informações à Imprensa:
Coordenação-geral de Comunicação Social
Inez De Podestà
[email protected]

Fonte: MAPA GOV
Continue lendo

Agro News

CAFÉ/CEPEA: Preço do arábica sobe mais de R$ 27/sc em sete dias

Publicado

Cepea, 26/6/2019 – Os preços domésticos do café arábica subiram significativamente nos últimos dias, impulsionados pela expressiva recuperação externa e pelo avanço do dólar frente ao Real. O Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6, bebida dura para melhor, posto na capital paulista, fechou a R$ 424,04/saca de 60 kg, alta de fortes 6,8% (ou 27,24 reais por saca) em relação à terça-feira anterior, 18. Segundo colaboradores do Cepea, agentes seguiram mais ativos no mercado, possibilitando o fechamento de negócios. Na Bolsa de Nova York (ICE Futures), a valorização dos futuros do café arábica foi reflexo de fatores técnicos e preocupações quanto ao clima no Brasil. Para o robusta, os preços domésticos também foram impulsionados pela alta externa da variedade. O Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6, peneira 13 acima, fechou a R$ 291,29/sc de 60 kg, 4,1% superior ao da terça-feira anterior, 18. Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br

Fonte: Diárias de Mercado
Leia Também:  Aprosoja lança campanha de incentivo ao patriotismo
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana