conecte-se conosco


Policial

Condenado por homicídio, homem é localizado pela Polícia Civil em área rural de Juruena

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Em diligências no interior do estado, policiais civis da Gerência Estadual de Polinter e Capturas (Gepol) prenderam mais um foragido da Justiça, que era procurado pelo crime de homicídio qualificado. O foragido foi localizado nesta sexta-feira (23) em uma área no município de Juruena (880 km a noroeste de Cuiabá).

 Após receber a ordem judicial de prisão, os policiais passaram a realizar as investigações para localizar o fugitivo. Os investigadores apuraram que o foragido, de 31 anos, poderia estar escondido em uma região de mata densa na zona rural entre os municípios de Juara, Juína e Juruena.

Depois de percorrer vários quilômetros em locais de difícil acesso, a equipe da Polinter conseguiu localizar o homem na altura do quilometro 45, da MT-174, conduzindo um veículo Chevrolet Vectra.

Após acompanhamento tático, os investigadores realizaram a abordagem e, em um primeiro momento, o homem se identificou com nome diverso do que constava no mandado judicial.  Porém, ao ser reinquirido pelos policiais, ele revelou seu verdadeiro nome e recebeu voz de prisão.

Ao ser questionado se tinha arma de fogo, ele revelou que possuía uma arma longa em sua residência. Na casa, os policiais  localizaram o armamento e 82 munições de calibre 22 e mais 12 cartuchos intactos de calibre 32.

O preso foi encaminhado à delegacia da Polícia Civil para apresentação à autoridade policial e registro do cumprimento da prisão.

O mandado de prisão foi expedido pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Sinop, por sentença penal condenatória de 14 anos por homicídio qualificado, cometido por motivo torpe ou circunstâncias que impossibilitaram a defesa da vítima.

O crime ocorreu em fevereiro de 2011 após uma discussão entre o réu e a vítima ocorrida por conta de uma dívida contraída após a aquisição de uma motocicleta. O réu tem antecedentes criminais pelos crimes de corrupção ativa, furto qualificado e estelionato.

 

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Deputado homenageia servidores da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes

Publicado


Samantha dos Anjos – Assessoria de Imprensa 

Os servidores da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC) de Cuiabá (MT), nesta terça-feira (24), receberam o reconhecimento público pelos trabalhos relevantes prestados para a sociedade mato-grossense com a Moção de Aplausos de  n.º 1.280/2019 concedida pelo deputado estadual Delegado Claudinei (PSL). Três delegados de polícia, nove escrivães e 29 investigadores foram agraciados com a homenagem.

A unidade que atua no combate ao tráfico de drogas, teve um aumento neste ano, de mais de 38% do número de inquéritos policiais instaurados em relação aos últimos anos. De acordo com o delegado titular da DRE, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, a equipe de policiais atinge, a cada ano, números expressivos. “Este ano de 2020, batemos todos os recordes de prisões e apreensões de drogas. Semana passada, chegamos a um número de mil inquéritos policiais que nunca tínhamos alcançado essa quantidade, sendo que sempre era no máximo 800”, explica.

Moção 

Durante a explanação, Vitor Hugo – que foi um dos homenageados – salientou que conhece Claudinei desde o ano de 2007, quando o substituiu e assumiu a delegacia do Vale de São Lourenço, nos municípios mato-grossenses de Jaciara e Juscimeira, onde foi uma experiência árdua e que o parlamentar deixou um trabalho reconhecido perante a sociedade. 

“Desde essa época, nos tornamos amigos. Ele é um excelente delegado, tem um trabalho brilhante à frente da Assembleia Legislativa como deputado. Fico muito honrado e, nesta missão, fico muito feliz com este reconhecimento em todo estado e toda a sociedade. Aproveito para agradecer toda a equipe, a família DRE, equipe de guerreiros. Essa moção é de 2019 com os excelentes trabalhos realizados. Agradeço cada um de vocês pelo sangue, dedicação e agradeço o deputado por este reconhecimento”, posiciona o delegado titular.

Delegado Claudinei expôs aos presentes que, se hoje atua como parlamentar estadual, se deve a instituição da polícia civil que confiou nele, principalmente, nos dois anos como delegado regional, em Rondonópolis (MT), em que teve que atender 21 delegacias em 15 municípios das regiões sul e sudeste de Mato Grosso. “Isso realmente me possibilitou entrar na política para tentar fazer algo em favor da segurança pública, principalmente por essa instituição que faz parte da minha vida. Em Mato Grosso busco ajudar todas instituições da melhor forma. Sempre via trocar governo e não via ninguém se mexer para a segurança”, esclarece o parlamentar.

Em relação a Moção de Aplausos, Claudinei conta que só tem que parabenizar a equipe da DRE pelos trabalhos desenvolvidos até hoje, como, também, importantes ações realizadas no ano passado que garantiu o reconhecimento público por ter demonstrado ser um trabalho diferenciado e com resultados. “Como representante da sociedade em nível estadual, é uma satisfação proporcionar essa singela homenagem. Vocês são merecedores!”, conclui o deputado que atuou por 18 anos como delegado de polícia na PJC. 

DRE – Desde dezembro de 2008, a DRE foi reativada para centralizar informações sobre o tráfico de drogas, com atuação no enfrentamento ao tráfico interestadual. Em destaque, a unidade atende todas as ocorrências relacionadas à Cuiabá e Várzea Grande

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Criminoso procurado por sequestro e pedido de resgate de R$ 1 milhão é preso em Cuiabá

Publicado

A Gerência Estadual de Polinter e Capturas (Gepol) da Polícia Civil localizou na terça-feira (24) mais um foragido da justiça e procurada na região Norte do País pelo crime de extorsão mediante sequestro. Ele foi localizado no bairro do Porto, em Cuiabá, após diligências realizadas pelo Núcleo de Busca e Capturas da Polinter de Mato Grosso.

Considerado de alta periculosidade, o homem de 36 anos estava com mandado de prisão decretado pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Ariquemes, em Rondônia, onde ele responde por crimes de porte ilegal de arma de fogo e roubo qualificado, sendo condenado a 12 anos de reclusão.

O foragido foi preso anteriormente pela participação em um crime de extorsão mediante sequestro praticado em outubro de 2008, na cidade de Monte Negro, também no interior de Rondônia. Na ocasião, o filho de um empresário do ramo madeireiro foi sequestrado por duas pessoas armadas e encapuzadas, quando entrava em seu veículo. Os sequestradores exigiram 1 milhão de reais como pagamento para libertar o rapaz, que ficou mantido em dois cativeiros distintos, nos municípios de Vilhena e Ariquemes. Posteriormente, após o pagamento de parte do resgate, a vítima foi libertada. Com a evolução das investigações, os envolvidos no sequestro foram presos.

As diligências da Polinter para localização do foragido contaram com da equipe do Núcleo de Pessoas Desaparecidas da DHPP de Cuiabá.

Após encaminhado à sede da Polinter para formalização do mandado de prisão, ele foi enviado a uma unidade prisional de Várzea Grande, onde permanecerá a disposição do Poder Judiciário.

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana