conecte-se conosco


Cuiabá

Comunidade São Gonçalo Beira Rio será projeto piloto de reestruturação do turismo em Cuiabá

Publicado


Luiz Alves

Clique para ampliar

Os moradores da Comunidade São Gonçalo Beira Rio estão felizes com a iniciativa da Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Turismo em traçar novos objetivos voltados para o local. Em reunião realizada na última quinta-feira (28), solicitada pela secretária da Pasta, Iracilda Campos e com a participação do secretariado municipal, a gestora falou do projeto de transformar a comunidade em um projeto piloto de reestruturação do turismo cuiabano, que vai focar na valorização do que já existe para o público regional e local. Preocupado em fomentar o segmento, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, criou no ano passado uma pasta destinada a desenvolver a área.

Seguindo a premissa, o objetivo da Secretaria de Turismo é fazer da comunidade um modelo para a nova cara do turismo cuiabano, revitalizando o que já temos em questão de estrutura física, de bares, peixarias, atendendo a nova realidade do turismo diante da pandemia e capacitando os empreendedores locais. 

“A determinação do prefeito Emanuel Pinheiro quando desmembrou a Secretaria de Turismo era de criar possibilidades, novas perspectivas de fomento do setor, levando em consideração o cenário de pandemia que vivemos. E é isso que queremos construir, fazendo da Comunidade São Gonçalo Beira Rio o nosso projeto piloto para reestruturar o turismo em Cuiabá. Vamos entregar o Marco Zero e revitalizar o rio, que é peça chave para desenvolver e valorizar a cultura de Cuiabá, que é o nosso grande potencial turístico”, declarou a secretária de Turismo, Iracilda Campos. 

Seu Dalmir Lucio de Almeida, que é um dos moradores mais antigos da região, há pouco mais de 30 anos, lembra bem de como era a realidade de outrora. Ele que é presidente da Associação de Moradores, conta que o vilarejo por muito tempo serviu como ponto de chegada para os bandeirantes. Por isso, logo na entrada, está sendo construído o memorial com a figura dos três barcos que faziam os passeios curtos de navegação pelo Rio Cuiabá, Coxipó e região, conhecido como “Marco Zero”. 

“Essa é uma obra bastante esperada por nós moradores. Acreditamos que desse ano não passa. O prefeito está muito bem representado por seus secretários que estão trabalhando por nós. Estamos todos confiantes”, comentou Dalmir.

Atualmente, a comunidade conta com diversas peixarias e inúmeros pontos de venda de artesanato, que atraem centenas de pessoas principalmente nos finais de semana e feriados. O presidente do Trade Turístico, Luiz Carlos Nigro, presente também durante a visita técnica, considera São Gonçalo como o berço de Cuiabá. 

“Com os investimentos que estão sendo executados pelo Executivo Municipal, o lugar será ainda mais atraente e possibilitará a geração de emprego e renda para a comunidade”, destacou Luiz Carlos Nigro.

A Pasta também trabalha em outras frentes do turismo local. Há projetos voltados para a revitalização dos pontos históricos e turísticos existentes na capital, como Museu do Rio, Morro da caixa D’Água Velha, Centros de Atendimentos aos Turistas (CAT’s), dentre outros, com foco na preparação desses locais para receber feiras e eventos, fomentando a geração de emprego e renda. 

Na ocasião, também estavam presentes o secretário de Governo e interino de Cultura, Esporte e Lazer, Luiz Cláudio Sodré, o secretário-adjunto de Cultura, Esporte e Lazer, Justino Astrevo, o diretor técnico de Serviços Urbanos, Anderson Matos, o secretário-adjunto de Turismo, Rogério Noronha e o presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, Juca do Guaraná Filho, além de moradores da região.

 

 

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cuiabá

Vereador participa da entrega de 64 salas equipadas para pessoas com deficiência

Publicado


Da assessoria

O vereador Eduardo Magalhães preside a Comissão de Amparo à Criança, Adolescente, o Idoso e as Pessoas com Deficiência da Câmara
A entrega dos materiais aconteceu na quarta-feira (15), no Auditório Maestro China, da Secretaria Municipal de Educação


O vereador por Cuiabá e presidente da Comissão de Amparo à Criança, Adolescente, o Idoso e as Pessoas com Deficiência da Câmara Municipal, Eduardo Magalhães (Republicanos), participou nesta quarta-feira (15) da entrega de 64 salas equipadas com tablets interativos, instalados em mesas inteligentes para alunos com deficiência que estudam na rede municipal de educação, na capital.

São mais de 54 mil alunos matriculados na rede&nbsppública municipal, sendo 1.200 estudantes com deficiência. São alunos com deficiência auditiva, visual, Transtornos do Espectro Autista (TDA), Síndrome de Down, deficiências múltiplas, física, intelectual e mental, microcefalia, paralisia cerebral, hidrocefalia, Atraso do Desenvolvimento Neuropsicomotor e Transtornos do Déficit de Atenção (TDH).

“A inclusão na educação infantil é uma ação social e cidadã muito importante, pois ajuda diretamente as crianças com necessidades especiais e também promove um aprendizado valiosíssimo para todos os alunos, que é o respeito às diferenças”, afirma Eduardo Magalhães.

Stephanie Romero/Gabinete Vereador Eduardo Magalhães

Continue lendo

Cuiabá

Vereador propõe abertura de CPI da Águas Cuiabá

Publicado


Walfredo Rafael/Secom Câmara

O requerimento foi apresentado pelo vereador Marcus Brito Junior na sessão desta quinta (16)
A intenção do parlamentar é verificar se o contrato firmado entre o município e a Águas Cuiabá está sendo cumprido, levando em consideração investimento, prazos, obras e demais itens que foram pactuados

O vereador Marcus Brito Junior (PV) apresentou durante a sessão ordinária desta quinta-feira (16) um requerimento que visa garantir a instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o cumprimento do contrato por parte da concessionária de saneamento Águas Cuiabá.


Diante das inúmeras reclamações e denúncias envolvendo a empresa responsável pelo abastecimento de água e rede de esgoto da Capital, a intenção do parlamentar é verificar se o contrato firmado entre o município e a Águas Cuiabá está sendo cumprido, levando em consideração investimento, prazos, obras e demais itens que foram pactuados.


“A medida ainda se justifica pelas inúmeras reclamações que munícipes realizam sobre a qualidade dos serviços prestados pela concessionária, tais como o refazimento de obras que já foram executadas, o estado em que a Águas Cuiabá deixa a pavimentação das vias públicas após intervenções”, diz trecho do requerimento.


Conforme o Regimento Interno do Parlamento Municipal, para garantir a instauração de uma CPI na Câmara de Cuiabá são necessárias nove assinaturas, o equivalente a um terço dos parlamentares.


“Todos os vereadores recebem denúncias e queixas envolvendo a Águas Cuiabá. Estou propondo uma investigação séria e transparente que vá responder aos questionamentos da população cuiabana, e espero contar com o apoio dos colegas vereadores”, disse Brito Junior.


O parlamentar ainda afirma que a investigação ainda levará em consideração o Termo de Ajustamento de Conduta – TAC, firmado com o Estado de Mato Grosso, o Município de Cuiabá e a Concessionária Águas Cuiabá S/A para resolver a questão do lançamento de esgoto, por órgãos públicos e privados, na lagoa do Parque das Águas, um dos principais cartões-postais da Capital.


Por fim, cita o artigo 34ª da Lei nº 8.987 de 1995, o qual prevê intervenção em caso de descumprimento contratual.

Kamila Arruda/Gabinete Vereador Marcus Brito Junior

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana