conecte-se conosco


Tecnologia

Computador infectado com seis vírus devastadores é leiloado por R$ 5 milhões

Publicado

O modelo é ultrapassado, um netbook Samsung NC10 com tela de 10,2 polegadas lançado há mais de uma década. O sistema operacional é o Windows XP, que não recebe atualizações desde 2014. Mas a máquina, batizada como “The Persistence of Chaos” (A persistência do caos), foi leiloada por US$ 1,345 milhão, cerca de R$ 5,4 milhões, graças aos arquivos que carrega: seis dos vírus mais destrutivos já criados, que geraram prejuízos estimados em US$ 95 bilhões.

Leia também: Os perigos do Wi-Fi aberto: saiba como navegar de maneira segura


computador
shutterstock

Computador com vírus é, na verdade, considerado uma obra de arte

O “The Persistence of Chaos” foi criado pelo artista Guo O Dong, como uma forma de expressar de forma física as abstratas ameaças cibernéticas. Em entrevista ao site The Verge , ele explicou que, apesar dos vírus , o computador é completamente inofensivo, desde que fique completamente isolado, sem conexões com a internet ou com as portas de entrada. Por esse motivo, quando for entregue ao comprador ele terá as entradas e conexões desabilitadas.

Leia Também:  Falta uma semana para o Enem: YouTube oferece ‘aulão’ hoje

“Nós temos essa fantasia de que coisas que acontecem nos computadores não podem realmente nos afetar, mas isso é um absurdo”, explicou Guo O Dong. “Vírus que afetam redes de distribuição elétrica ou infraestruturas públicas podem causar danos diretos”.

Os seis malwares foram selecionados pela magnitude dos danos financeiros provocados. O mais devastador é o worm MyDoom, identificado em janeiro de 2004, que gerou prejuízo de US$ 38 bilhões. Sua atuação como malware que se espalhou por e-mails infectados é parecida com a do SoBig, também no “The Persistence of Chaos”, que gerou danos de US$ 37 bilhões.

O ILOVEYOU infectou mais de 50 milhões de computadores , número impressionante para o ano 2000, quando foi identificado. Ao todo, as perdas estimadas foram de US$ 15 bilhões, sendo US$ 5,5 bilhões apenas na primeira semana.

Também estão na obra de arte de Guo O Dong o ransomware WannaCry, que gerou prejuízos de US$ 4 bilhões; o malware bancário DarkTequila; e o BlackEnergy, que provocou um apagão na Ucrânia em 2015.

Leia Também:  Facebook lança novo aplicativo para fazer memes

Leia também: Sinal de alerta: Chromecast pirata pode levar vírus a outros aparelhos por WiFi

“O WannaCry provocou perdas equivalentes a US$ 100 milhões ao Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido e levou a cancelamentos de dezenas de milhares de consultas médicas”, pontuou Guo O Dong. “Não é exagerado dizer que isso causou danos humanos significativos, embora seja difícil mensurar os efeitos até os pacientes”.

Fonte: IG Tecnologia
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Tecnologia

Sony deve lançar versão Pro do PlayStation 5

Publicado

source

Olhar Digital

PlayStation 5 arrow-options
Reprodução/LetsGoDigital

PlayStation 5 deve ser lançado no ano que vem


A Sony planeja iniciar sua próxima geração de consoles no fim de 2020, com o PlayStation 5 , porém, esse pode são ser o único console lançado pela empresa nos próximos anos. A companhia está considerando a ideia de lançar uma versão Pro para o PlayStation 5 .

Em um artigo comemorativo dos 25 anos do PlayStation , Masayasu Ito, vice-presidente executivo de engenharia de hardware da Sony , declarou que um ciclo de 7 a 10 anos não é suficiente para acompanhar os avanços tecnológicos da indústria.

Leia também: Vídeo revela novo design do PlayStation 5; assista

Além disso, ele disse que a única forma de acompanhar essas mudanças é com o lançamento de um modelo mais poderoso no meio do ciclo. “Durante o ciclo de vida de uma plataforma, devemos ser capazes de mudar o hardware em si e tentar incorporar avanços na tecnologia. Foi esse o pensamento referente ao PS4 Pro , lançado no meio do ciclo do PS4 “, declarou Ito.

Leia Também:  PlayStation 5 pode ser mais barato do que você esperava

As palavras do engenheiro praticamente confirmam que em 2023 ou 2024 poderemos ter uma versão mais poderosa e atualizada do PlayStation 5 .

Fonte: IG Tecnologia
Continue lendo

Tecnologia

Quanto vale um disquete assinado por Steve Jobs? Peça é vendida por R$350 mil

Publicado

source

Olhar Digital

Disquete Steve Jobs arrow-options
Reprodução/PR Auction

Disquete assinado por Steve Jobs é comprado por R$350 mil


No final do mês de novembro, o site de leilões RR Auction colocou um disquete com o software Macintosh de 1988, assinado por Steve Jobs , em leilão. A peça foi avaliada inicialmente em US$ 7.500, pouco mais de R$ 31 mil reais em conversão direta. O vencedor da disputa comprou o item por US$ 84.115, pouco menos de R$ 350 mil.

Leia também: Disquete assinado por Steve Jobs vai a leilão; lance já chega a R$34 mil

Com esse valor é possível comprar 84 unidades do iPhone 11 . E por que esse disquete é tão valioso? Segundo o próprio site, além de estar em bom estado, a peça é “um formato extremamente desejável em função do autógrafo raramente visto de Jobs ”. Essa não é a primeira vez que uma assinatura do fundador da Apple é vendida por um alto preço.

Em setembro, um pôster assinado por Steve Jobs para o filme original de Toy Story custou mais de US$ 31 mil, cerca de R$ 128 mil. No ano passado, um pedido de emprego escrito por ele em 1973 custou mais de US$ 174 mil, aproximadamente R$ 722 mil.

Leia Também:  Do Live Gold ao Insider: 5 dicas de ouro do Xbox que todo gamer tem que saber

Fonte: IG Tecnologia
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana