conecte-se conosco


Mulher

Como montar a melhor estratégia para emagrecer correndo

Publicado

Runner's

Emagrecer correndo é possível ? O que a gente sabe é que a natação, a bicicleta e até um spa no Sul da França queimam, sim, calorias. Mas essas atividades podem ser mais difíceis de começar do que a corrida .

pessoas correndo arrow-options
shutterstock

Com o treino certo – e cuidados com alimentação e descanso – a corrida será sua aliada na perda de peso

Para eles, você precisa de uma piscina, uma bicicleta e um salário bem gordo, respectivamente. Por outro lado, se você puder comprar um par de tênis baratos, pode correr. Seja no calor, no frio, na chuva. Com os amigos ou sozinho, você pode até praticar diariamente se souber como se recuperar da forma correta. 

É esse tipo de acessibilidade que torna a corrida uma das melhores opções para quem quer emagrecer . “Você só precisa de um par de tênis decente, alguma criatividade e talvez um amigo ou dois para desenvolver um plano de caminhada ou corrida”, diz Daniel O’Connor, professor de saúde e performance na University of Houston. “É mais barato do que uma academia ou ter um personal trainer”.

Esse ponto é muito positivo, considerando que encontrar tempo é um dos maiores obstáculos que as pessoas enfrentam quando tentam ser fitness. “Todo mundo está lidando com agendas cheias e outras prioridades. Por isso, muitas vezes é difícil adicionar algo novo à sua rotina sem ter que abrir mão de outra coisa”, diz O’Connor.

É claro que você precisará se organizar para tornar a corrida uma parte séria da sua vida. Mas ser capaz de correr sem custos, elimina alguns obstáculos da vida real.

Ainda assim,  emagrecer correndo  é um pouco mais complicado do que sair na rua e esperar que os quilos se dissolvam. Há uma estratégia envolvida e podemos ajudar. Aqui está tudo que você deve saber sobre a  corrida e perda de peso .

O que os corredores devem comer para emagrecer correndo?

Há bilhões de benefícios na corrida, incluindo perda de peso. Mas o esporte não é um motivo para você ignorar sua dieta. Especialmente se você estiver tentando perder peso. Na verdade, há as chances até de engordar caso você consuma muito combustível. 

“A maioria das pessoas superestima as calorias queimadas em uma corrida”, diz Angela Rubin, treinadora de triatlo da USAT e ​​gerente do Precision Running Lab, nos Estados Unidos. Geralmente, você queima cerca de 100 calorias a cada 1,6 quilômetro. Então, se você correr de 3 a 5 quilômetros, queimará cerca de 200 a 300 calorias.

O problema é que muitas pessoas adicionam um brownie de 400 calorias ou uma fatia extra de pizza à sua dieta porque “mereceram”. Contudo, a realidade é que você precisa criar um déficit calórico se quiser eliminar uns quilos. 

Leia Também:  Horóscopo do dia: previsões para 26 de setembro de 2019

“A perda de peso é sobre a criação do desequilíbrio calórico, em que você usa um pouco mais de calorias do que consome. Digamos 200 por dia”, diz O’Connor. Então, enquanto é normal querer algo doce ou rico em carboidratos depois de uma corrida, você precisa manter o controle se a perda de peso é o seu objetivo final.

Quantos dias por semana você deve treinar para emagrecer correndo?

Sim, os atletas estão constantemente otimizando seus planos de treinamento e estratégias de corrida. Mas você não precisa focar nisso se estiver apenas começando. “Quando se trata de perda de peso, movimentar e queimar calorias é o que importa”, diz O’Connor. “Se você gosta de sprints, que têm uma taxa maior de calorias queimadas por minuto, então faça isso. Mas se você preferir caminhar ou trotar, precisará gastar mais tempo para queimar essas calorias.”

Dito isso, um estudo da Medicine & Science in Sports & Exercise descobriu que os corredores perdem mais peso do que os caminhantes ao longo de um período de seis anos, possivelmente devido ao efeito pós-queima. “Correr em alta intensidade cria uma pós-combustão (ou  efeito EPOC ), que é quando seu corpo continua a queimar calorias quando você não está mais em movimento”, diz Rubin. Ela sugere começar com três corridas de 30 minutos por semana, correndo por 30 segundos e depois se recuperando por 30 segundos a um minuto.

Como você perde peso com o treinamento de força?

O cross-training é importante por alguns motivos. Primeiro, ele faz de você um corredor mais forte e reduz o risco de lesões . “Correr só lesiona as articulações se você não tem o músculo para apoiá-las”, diz Rubin. Em segundo lugar, a musculação ajudará a perder peso. “Quanto mais massa magra você tiver, mais calorias queimará em repouso”, diz ela. Isso mesmo, mais músculo significa mais calorias queimadas quando você está apenas sentado. 

Como você consegue sentir o barato da corrida?

O barato da corrida é real: um estudo do Journal of Experimental Biology mostra que o esporte libera endocanabinóides, que são associados ao prazer e podem fazer com que você queira mais. Mas não se preocupe se a ideia da brisa da corrida parecer mais distante do que uma maratona. Você só precisa passar para a fase em que correr deixa de ser uma obrigação. 

“Seu corpo foi feito para correr, mas você não terá o condicionamento se nunca fizer isso”, diz Rubin. “Trabalhe isso correndo regularmente. Com o tempo, vai parecer mais natural, geralmente depois de um mês.”

Leia Também:  “Loteria dos gêmeos”: mãe dá à luz dois pares de bebês no mesmo ano

Antes que você perceba, a perda de peso pode acontecer. 

É melhor se exercitar de manhã?

Embora sair da cama mais cedo do que o normal nem sempre seja atraente, correr logo de manhã é um ótimo hábito. Primeiro, garante que você não desista dos quilômetros mais tarde, quando o trabalho atrasar ou aparecer uma obrigação inesperada. Além disso, os quilômetros da manhã podem torná-lo mais produtivo e comunicativo com seus colegas e amigos. Isso porque estudos descobriram que a corrida pode aprimorar seu foco e suas habilidades de pensamento crítico.

Além disso, de acordo com pesquisas recentes, as pessoas que se exercitam de manhã são mais bem sucedidas em perder peso do que aquelas que correm à noite. No estudo, os cientistas dividiram 48 mulheres em dois grupos – um fazia exercícios aeróbicos pela manhã durante seis semanas e o outro malhava à noite.

Nesse período, elas tinham que registrar tudo o que comiam. Os resultados mostraram que as mulheres que treinavam pela manhã consumiam menos calorias ao longo do dia e acabaram perdendo mais peso que as demais.

Outros estudos descobriram que o exercício em jejum – ou seja, correr antes de tomar o café da manhã – queima mais gordura do que correr depois de comer. Se você estiver com o estômago vazio, procure um percurso mais curto e mais fácil, assim você evitará passar mal no meio do caminho. (Leia: não faça uma corrida longa ou de alta intensidade sem combustível!)

Por que é importante dormir o suficiente?

Embora manter bons hábitos durante o dia – comer bem e fazer exercícios regularmente – seja crucial para a perda de peso, descansar à noite é tão importante quanto. Em um estudo publicado pela revista Plos One no ano passado, os pesquisadores descobriram que as pessoas que dormiam mal eram mais propensas a maiores índices de massa corporal e circunferência abdominal do que aquelas que conseguiam dormir adequadamente.

Leia também: 11 dicas para ter uma excelente noite de sono

A boa notícia é que correr pode ajudá-lo a adormecer mais fácil e profundamente. Numerosos estudos descobriram que o exercício aeróbico diário – especificamente do tipo moderado a intenso, como cardio, treinamento de força e yoga – melhora nossa qualidade de sono. O que nos ajuda a evitar as consequências da privação do sono, como aumento do risco de doenças cardiovasculares e metabolismo lento.

Se você quer correr à noite, certifique-se de reservar tempo suficiente antes de dormir para deixar a temperatura do seu corpo e a frequência cardíaca mais baixas. Desse modo, você não se sente muito pressionado para adormecer.


Fonte: IG Delas
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Mulher

Horóscopo do dia: previsões para 20 de janeiro de 2020

Publicado

source

A mandala arrow-options
Marcelo Dalla

A mandala “o caminho” foi desenhada por Marcelo Dalla



Leia mais: 2020 é Ano do Rato! Confira as previsões de acordo com o Horóscopo Chinês

ÁRIES

Não é bom acumular tarefas agora. É tempo de fechamento, com a Lua minguante em Sagitário. Mas tudo deve ser feito sem atropelos. A Lua encontra Marte, é importante controlar a impaciência, a agressividade, os arroubos do ego e a ansiedade. Vale fazer intervalos no trabalho para espairecer, evitar longas esperas e serviços demorados. Sempre cabe espaço para buscar algo que possa trazer inspiração.Com o ingresso do Solem Aquário, tem início uma etapa de novas experimentações, de deixar pra trás o que já está antiquado.

TOURO

Vale cultivar pensamentos positivos e grandiosos e dar asas à imaginação! A Lua minguante segue em Sagitário: é tempo de filosofar e de deixar para trás tudo o que está velho, já não serve mais e atravanca seu crescimento. As novidades chegarão com a Lua nova do dia 24. Até lá, conclua o que for possível. Porém, continue a controlar impulsos imediatistas que possam prejudicá-lo no futuro. Com o ingresso do Sol em Aquário e a Lua minguante, vale finalizar pendências e se desapegar do que está em desuso.

GÊMEOS

Procure resolver os assuntos possíveis, mas sem forçar demais as situações, nem exigir demais de si mesmo. Com o encontro entre Lua e Marte, é bom redobrar a calma e a paciência. Aproveite para se expressar com mais amor e inspiração. O Sol ingressa no inovador Aquário, você pode buscar soluções alternativas para velhos impasses. Procure utilizar sua capacidade criativa e diplomática para esclarecer e concluir qualquer assunto. Aí sim, poderá planejar os próximos passos com mais segurança.

CÂNCER

Período de autoanálise, reflexão, conclusões e finalizações.. A Lua minguante segue em Sagitário, favorecendo a liberdade e uma visão mais ampla da vida. Questione valores, emoções, sua capacidade criativa e diplomática para se superar. Vale também abandonar velhos assuntos, cultivar fé, otimismo, motivação e entusiasmo. Além disso, o Sol ingressa em Aquário: aproveite para refletir com mais leveza e independência sobre velhos sentimentos, manifestar suas emoções de forma mais desapegada.

Leia Também:  Mulheres são internadas após usarem aspirador de pó para menstruação acabar

LEÃO

O período é de recolhimento, no clima da Lua minguante. Vale reservar momentos de introspecção para revisar erros e aspectos que quer mudar em sua vida. A preferência vai para tudo o que é diferente e original. Com o ingresso do Sol em Aquário, aproveite para descartar o que já perdeu o sentido e já não serve mais. Essas libertações são necessárias pra que possa dar boas vindas às novidades, aos novos compromissos que deve assumir. Ao mesmo tempo, esteja ligado nas parcerias e na colaboração. A força vem dos parceiros e do grupo.

VIRGEM

Em tempos de Lua minguante, é melhor deixar a vida fluir. A solução de assuntos que representavam um obstáculo pode surgir naturalmente. O próximo ciclo lunar chega no dia 24, quando terá poder para desenvolver seus projetos. Por enquanto, vale diminuir as expectativas, simplificar a vida e finalizar as pendências possíveis. Sua mente segue afiada e os condicionamentos ficam mais baixos. Você pode mudar o que for preciso para tornar a vida mais harmoniosa e seguir com mais independência.

LIBRA

Etapa reflexiva, romântica, apaixonada e introspectiva. Vênus segue em Peixes: vale recorrer às artes e à tudo o que traz um significado maior para a vida, ao invés de querer cobrar dos outros definições. Com o ingresso do Sol em Aquário é importante cultivar independência. O próximo ciclo lunar chega na sexta-feira, quando você poderá iniciar novos projetos. Agora é hora de recuperar as energias. Leituras, atividades culturais, assuntos elevados e filosóficos também estão favorecidos.

ESCORPIÃO

Prefira os assuntos mais leves, sem grudar demais nos outros ou fazer cobranças. É bom investir em tudo o que possa realizar com autonomia e independência. Vale gastar energia para controlar a ansiedade também, pois a Lua encontra Marte. É tempo de elevar a alma e os sentimentos. Programas ligados às artes e atividades de cunho espiritual ficam favorecidos. Filosofia, estudos, literatura ou qualquer atividade criativa são alimento para a alma e também ganham destaque.

Leia Também:  Loja cria catálogo com móveis de “Stranger Things”, “Os Simpsons” e “Friends”

SAGITÁRIO

É hora de parar para observar, rever os últimos passos, ganhar tempo antes de tomar decisões. Hoje a Lua encontra Marte em seu signo, cuidado com atitudes imprudentes ou agressivas. Vale cultivar responsabilidade, mostrar-se mais profissional e presente. Mas sem exigir demais da vida, dos outros ou de si mesmo. Aproveite o ingresso do Sol em Aquário para se conectar com o futuro, com as novas tendências e as novas soluções. Reserve tempo para espairecer também, com uma boa caminhada.

CAPRICÓRNIO

O período de conclusões gerais continua com a Lua minguante em Sagitário, que hoje encontra Saturno Marte. É importante não dar margem para o meu humor, cultivar liberdade e reservar tempo para fazer tudo com calma. É propício libertar-se, deixar para trás o que não funciona, buscar novos conhecimentos, traçar novas rotas. O Sol ingressa em Aquário, inspirando independência e revoluções. Vale introduzir novas técnicas, cultivar criatividade. O entusiasmo está ligado à vontade de inovar.

AQUÁRIO

Com o ingresso do Sol em seu signo, um novo ser nasce em você. É tempo de reforçar a autoestima e a confiança para ganhar novo ímpeto. Faça os ajustes necessários, estabeleça novas regras em seus relacionamentos. Você pode agir com mais autonomia e se libertar dos laços que o prendem. Aproveite a Lua minguante para recarregar as baterias. Procure relaxar também, na próxima sexta-feira chegará um novo ciclo com muitas novidades. Promova o fechamento de velhos assuntos para que as novidades possam chegar.

PEIXES

A Lua segue minguante, os momentos de introspecção se tornam ricos a criativos. Prefira sair para caminhar, refletir sobre a vida, buscar liberdade com assuntos transcendentais e espirituais. Dê espaço para si mesmo e os outros. O ingresso do Sol em Aquário representa o último trecho de um grande processo material, emocional e espiritual. Muitas finalizações entram em pauta. Ações e decisões devem ser tomadas agora, em nome de mais independência, liberdade e qualidade para sua vida.


Fonte: IG Delas
Continue lendo

Mulher

6 exageros para evitar nos cuidados da pele e do cabelo

Publicado

source

Women's Health

Você já deve ter ouvido que “tudo em excesso faz mal” e realmente existem muitos momentos na vida em que “um é bom e dois é demais”. Nos cuidados com a pele e o cabelo isso também se torna uma regra.

Leia também: 4 erros na rotina de cuidados que podem deixar a sua pele oleosa

mulher se olhando no espelho arrow-options
shutterstock

Alguns cuidados devem ser revistos para não causar complicações à pele e ao cabelo

Às vezes exageramos na dose dos produtos de beleza e acabamos prejudicando ao invés de ajudar. Já viu aquela amiga que por ter a pele muito oleosa acaba passando sabonete facial várias vezes por dia? Ou quando você acaba fazendo máscara capilar todos os dias porque quer deixar o cabelo mais macio.

Pois é, exagerar no autocuidado pode ser um erro dos grandes! Para não sobrecarregar a pele e os cabelos, fique atento aos 6 exageros nos cuidados da pele e cabelos, que fazem mais mal do que bem à beleza:

1. Aplicar muita máscara capilar nos fios

mulher aplicando máscara capilar arrow-options
shutterstock

A máscara capilar em excesso pode deixar o cabelo pesado e sem brilho

Embora esse produto faça parte da rotina de cuidados com o cabelo para mantê-lo saudável, é preciso tomar cuidado na hora de usar, pois, em exagero, o resultado pode não ser o esperado. “O uso frequente e em excesso de máscaras capilares, por exemplo, pode tornar o seu cabelo pesado e sem brilho”, explica o Dr. Jardis Volpe, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Segundo o especialista, isso acontece por que as máscaras capilares são soluções concentradas para que possam atuar profunda e rapidamente. Por isso que, se utilizadas com muita frequência, o produto pode acabar se acumulando nos fios, que se tornam rígidos, opacos e quebradiços”.

  • Qual deve ser a frequência e como aplicar

“Cabelos mais grossos, por exemplo, devem receber o tratamento com máscara capilar apenas uma vez por semana. Já os cabelos mais finos devem utilizar o produto a cada duas semanas”, explica. As máscaras capilares devem ser aplicadas apenas da metade dos fios até as pontas, pois é a região mais seca do cabelo, sempre evitando as raízes. O excesso do produto na raiz pode provocar o aumento da oleosidade no couro cabeludo, levando a problemas como a dermatite seborreica.

Leia também: Ruivo é tendência do verão; inspire-se nas famosas e veja dicas para adotar

2. Lavar em excesso – famoso overwashing

lavar o rosto arrow-options
shutterstock

Lavar demais o rosto pode alterar a barreira de proteção da pele

Muitas pessoas, principalmente com pele oleosa, abusam da limpeza facial com o objetivo de reduzir o brilho no rosto. O ideal é lavar o rosto de manhã e à noite, não mais do que isso, segundo a dermatologista e tricologista Dra. Kédima Nassif, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

  • O que acontece se lavar demais?
Leia Também:  Horóscopo do dia: previsões para 26 de setembro de 2019

O excesso de lavagem, mais do que duas por dia, pode alterar a barreira de proteção da pele, gerar tanto ressecamento quanto o aumento da produção de oleosidade. Além de poder causar uma dermatite de contato, explica a profissional.

  • Aumenta a oleosidade?

Sim. “O excesso de lavagem altera a produção natural de oleosidade da pele, tornando a barreira de proteção alterada e deixando a pele mais suscetível ao ressecamento. Uma pele suscetível ao ressecamento vai, em contrapartida, ter uma produção maior de oleosidade, como uma reação do organismo para compensar – que é entendido como uma agressão. Se essa oleosidade passar do ponto, a pele sai de ressecada para extremamente oleosa”, completa a médica.

3. Esfoliar demais

mulher esfoliando o rosto arrow-options
shutterstock

A frequência da esfoliação depende das necessidades da pele

A frequência com que se deve esfoliar o rosto é um fator que depende de cada tipo de pele, da estação do ano e dos procedimentos e tratamentos que estão sendo utilizados naquele momento. “E os intervalos precisam ser respeitados para que não irrite a pele, nem cause o efeito rebote, ou seja, o efeito contrário do esperado, estimulando a oleosidade, levando a abertura de poros”, afirma a dermatologista Dra. Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

“Em peles secas, o tecido pode ficar avermelhado ou sensível, se houver o uso excessivo do esfoliante, pois ocorre a retirada do manto lipídico natural de proteção e defesa do tecido”, complementa.

  • Como devem ser aplicados

A médica explica ainda que os esfoliantes faciais devem ser aplicados com massagens suaves na pele preferencialmente à noite, após a limpeza. De modo geral, não devem conter substâncias abrasivas em excesso, que arranhem a pele e que estejam em alta concentração. Estas substâncias podem provocar microfissuras, ou feridas que desequilibrem a integridade da barreira cutânea e facilitem a proliferação de micro-organismos. Isso tudo pode levar a perda da homeostase, levando a processos de dermatites e eczemas.

  • Para não ter mais erro

Peles mais secas, sempre com orientação do dermatologista, devem ser esfoliadas de uma a duas vezes por semana. Preferência para formulações com grânulos finos, de origem natural, associados a substâncias calmantes e hidratantes.

Peles levemente acneicas e oleosas podem ser esfoliadas até três vezes por semana. Logo após a esfoliação, é importante utilizar uma loção tônica adstringente com efeito anti-inflamatório e complementar com hidratantes aquosos e serosos.

4. Usar muitos produtos em sequência

mulher passando creme no rosto arrow-options
shutterstock

Passar muitos produtos ao mesmo tempo pode resultar na perda de eficiência dos componentes de cada um

Usar um creme em cima do outro não vai fazer milagres na sua pele. “Com relação aos cremes de tratamento, o anti-idade, o hidratante e o fotoprotetor estão entre os produtos realmente necessários para sua pele facial. Rotinas de beleza que incluem muitos produtos podem causar grandes problemas, como a dificuldade de penetração de um ingrediente e o fechamento dos poros”, explica o Dr. Jardis.

Leia Também:  Horóscopo do dia: previsões para 04 de outubro de 2019

Além disso, ao usar muitos produtos de maneira aleatória, há uma grande chance de cair em um erro de incompatibilidade química. Isso pode trazer problemas de pele como dermatite e ressecamento e também anular ou reduzir o efeito do cosmético.

“Quando você faz um tratamento orientado por dermatologista, a ação anti-idade pode ser adicionada ao hidratante no mesmo produto, e o médico ficará atento aos ativos”, afirma Lucas afirma o farmacêutico Lucas Portilho, consultor e pesquisador em Cosmetologia e diretor científico da Consulfarma.

5. Ingerir demais alimentos considerados saudáveis

ovo arrow-options
shutterstock

Presente no ovo, a vitamina A em excesso pode causar queda de cabelo, por exemplo

Muitos nutrientes exercem papel fundamental na saúde e beleza da pele. No entanto, quando passamos do limite de uma alimentação balanceada e abusamos da quantidade até mesmo dos “superfoods”, podemos fazer um mal danado à pele. “A ingestão demasiada da vitamina A pode causar perda de cabelo e dos cílios, além de ressecar a pele”, diz a dermatologista Dra. Claudia Marçal para citar um exemplo. Fígado, ovos, agrião, cenoura, mamão, tomate e abóbora estão entre os alimentos com maior quantidade de vitamina A, que também está presente em muitos polivitamínicos (então tome cuidado ao comprar).

Alimentos ricos em fibras são essenciais para a boa saúde da pele, no entanto especialmente quando consumidos em excesso também podem trazer problemas. Já que podem levar à prisão de ventre e desidratação. O próprio suplemento do soro do leite whey protein, o queridinho dos amantes da musculação, pode fazer mal, principalmente para pacientes com tendência à acne, por estimular a produção de oleosidade.

Leia também: Famosas usam acessórios na praia; veja 5 ideias que são tendências

6. Lixar os pés

lixando os pés arrow-options
shutterstock

A lixa é muito agressiva para a pele dos pés

A esfoliação dos pés deve ser feita, mas sempre deve ser evitado o uso da lixa. “Quanto mais agressivo for o quadro de esfoliação, maior será o efeito rebote produzido pela pele. Num primeiro momento, nós podemos perder a capacidade natural de autoproteção, tirando o estrato córneo, não só o excessivo, mas o natural que protege os pés”, afirma a dermatologista Dra. Claudia Marçal. 

Ao fazermos isso, abrimos a porta de entrada para fungos e bactérias. Além disso, podemos aumentar a sensibilidade dessa pele, no desenvolvimento de dermatite irritativa ou de contato, por andar descalços ou pelo uso de sapatos que nem sempre são feitos de materiais naturais.

  • Como esfoliar

Deve-se usar esfoliantes à base de cremes ou esfoliantes com microesfera em óleos. “Podemos usar sal grosso, numa emulsão com óleos naturais, ou mistura de açúcar com mel para fazer a esfoliação”, diz a profissional.

A esfoliação deve ser realizada em movimentos circulares e na região do dorso e planta dos pés. Logo depois deve ser feito o uso de um bom creme hidratante à base de lanolina, vaselina, nutriomega 3, 6, 7 e 9, manteiga de karité, Vitamina E, Pro Vitamina B5 e a ureia, segundo a especialista.

Fonte: IG Delas
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana