conecte-se conosco


Meu Pet

Como escolher a tatuagem e outras formas para eternizar o animal de estimação

Publicado

source

Não são só as tatuagens de pets as única opções para eternizar o animal de estimação . Hoje em dia no mercado existem diversas outras formas de mantê-los por perto, seja durante a vida ou após a morte do bichinho. Joias, quadros e mesmo os desenhos permanentes na pele são algumas das formas de fazer do pet eterno.

Leia também: Já viu uma exposição de gatos de raça? Saiba como é

Algumas empresas estrangeiras possibilitam ao tutor produzir um cristal com as cinzas do pet após sua morte, assim como relicários para guarda-las. No mercado nacional existem marcas especializadas em joias que lembrem os animais de estimação, como a Luli Bella. Moabe Araújo, idealizador da marca, conta como tudo começou: “Minha esposa teve uma visão em um sonho, e nesse sonho, de alguma forma, ela criava algo diferente para conectar as pessoas com os animais”.

Colares de raças de cães arrow-options
Jade Lourenção/ Portal IG

Colares de raças de cães


Há um ano no mercado, a Luli Bella já está em 11 estados brasileiros, e traz uma realização grande para Moabe e sua esposa. “Nós mudamos, crescemos, e nos tornamos pessoas melhores por causa dos nossos animais de estimação ”, finaliza. 

Além da marca do casal, pessoas também focam em eternizar os pets na pele. Lua Hermanni trabalha com tatuagem de animais , fazendo o carimbo da patinha do pet, um desenho realista do rosto e até objetos que o tutor possa ligar ao bicho de estimação. “Para escolher o desenho perfeito da tatuagem o dono deve optar por um brinquedinho que ele goste, ou algo que realmente vá representar o animal para ele”, explica.

Estação de tatuagem de animais de estimação arrow-options
Jade Lourenção/ Portal IG

Estação de tatuagem de animais de estimação


Realizar esse tipo tatuagem dos tutores veio de uma vontade antiga. “Eu quis dar a oportunidade para as pessoas poderem marcar na pele o seus bichinhos, marcar a história que a pessoa e o Pet tiveram juntas” explica Lua.


Além dessas opções, existe também a possibilidade de levar para casa um objeto de decoração que lembre o amigo de quatro patas. O artista Grilo, por exemplo, trabalha fazendo pinturas estilizadas de pets em grande escala. Outros artistas também oferecem serviços de comissões, trabalho em que o cliente encomenda um desenho com uma foto de referência do animal e recebe uma aquarela, um quadrinho e até um bordado que represente o bichinho.

Leia também: Cadela rouba dentadura e promove fotos hilárias

Quadro de Grilo Art arrow-options
Jade Lourenção/ Portal IG

Quadro de Grilo Art


quadro de cachorro arrow-options
Jade Lourenção/ Portal IG

Quadro realizado por artista Grilo (@Griloart)


Fonte: Canal do Pet
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Meu Pet

Viaje preparado! Tudo que precisa ter no kit de primeiros socorros do pet

Publicado

source

Uma pesquisa feita pelo Booking.com mostrou que viajar com o animal de estimação é uma tendência para 2020. Isso porque 65% dos brasileiros que têm um bichinho dizem que ele é tão importante quanto um filho e outros 51% afirmam que a escolha do destino depende da possibilidade de levá-lo junto. Essas pessoas estão cientes de que a viagem com o pet pode sair mais cara e não se importam muito com isso. 

Porém, além da vontade de viajar com o animal é preciso também tomar alguns cuidados.  Além de resolver toda a documentação e fazer um seguro viagem para o pet , preparar um kit de primeiros socorros para levar é muito importante. Isso permite que o dono atenda seu bichinho prontamente e evite complicações. 

cachorro com kit de primeiros socorros arrow-options
Shuttersock

Montar um kit de primeiros socorros para o cachorro é muito importante

O grupo Vet Popular, primeiro hospital veterinário popular do país, separou algumas dicas para montar um kit. Vale lembrar que todos os itens devem estar organizados em uma maleta e serem de uso próprio para animais. 

  • Termômetro: importante para verificar febre; deve ser esterilizado após o uso.
  • Conta-gotas: utilizado para inserir líquidos na boca do pet – é importante lavar bem após o uso para não acumular resquícios.
  • Sabonete antisséptico: é utilizado para lavar um possível ferimento com água corrente para desinfetar a região.
  • Soro fisiológico: fundamental para fazer a limpeza dos ferimentos (em caso de feridas mais infeccionadas utilizar água oxigenada).
  • Gazes: usadas para curativo, auxiliam a estancar sangramentos e limpar ferimentos.
  • Esparadrapo e ataduras: servem para segurar o curativo e imobilizar a área afetada.
  • Tesoura: deve ser de uso exclusivo para os primeiros socorros, evitando assim contaminação. É utilizada para cortar a gaze, o esparadrapo e as ataduras. 
  • Luvas descartáveis: devem ser usadas pelo dono na hora de manipular o animal para prevenir a transmissão de bactérias e germes.
  • Pinça: auxilia na retirada de espinhos ou vidros, pode ser utilizada pinça de costureira, mas é importante esterilizar após o uso.
  • Focinheira: é importante prevenir incidentes: por mais dócil que o pet seja, poderá tornar-se agressivo quando estiver sentindo dor. 
  • Analgésicos e anti-inflamatórios: reduzem a sensação de dor e aceleram o processo de cura. Nunca utilize medicamentos de uso humano, apenas remédios prescritos pelo veterinário.
  • Toalhas de pano ou cobertor: servem para manter o animal aquecido, também pode ser utilizado como maca.
Leia Também:  Filhote de Labrador é melhor no jogo Jenga do que seus donos; veja vídeo

Leia também: Vai viajar com o pet? Cuidado para não ter que deixá-lo para trás  

Caso opte por deixar um kit de primeiros socorros para o pet sempre montado, verifique  periodicamente a validade dos medicamentos. Se for viajar e deixar os animal sob os cuidados de alguém, entregue a maleta para essa pessoa. 

Fonte: Canal do Pet
Continue lendo

Meu Pet

Homem e gato “competem” para ver quem manda mais na casa

Publicado

source

Quando foi adotado por Nicole Jones, o gato Carrot ainda não tinha demonstrado 100% de sua personalidade. Foram apenas alguns meses depois que o felino começou a botar as “garrinhas” de fora, aprontando todas na casa. O marido dela então começou a querer colocar o pet no lugar dele e “competir” para ver quem mandava na casa. 

Leia também: Coelha “customiza” vestido de dona e fotos viralizam

gato arrow-options
Facebook/ Carrot The Cat

Carrot, o gato que briga com o marido de Nicole


Em um vídeo hilário registrado por Nicole, o marido tenta fechar as persinas da janela enquanto o gato tenta deixá-las abertas. Os dois ficam muito tempo abrindo e fechando a janela.  A disputa que parece coisa de criança até apareceu na televisão. 

Nicole acha tudo muito engraçado, mas o marido fica realmente encomodado. “Ele abre potes, mexe no lixo, derruba todos os imãs da nossa geladeira e rouba comida do nosso prato enquanto estamos comendo”, contou ele em entrevista ao site The Dodo. “Meu marido persegue Carrot pela casa para evitar que ele faça coisas erradas”, completou. 

Leia Também:  Cachorro carente não dorme sem objetos que lembrem sua família


Fonte: Canal do Pet
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana