conecte-se conosco


Meu Pet

Como adestrar gato para usar o vaso sanitário

Publicado

Existem diversos vídeos virais na internet em que gatos não usam mais a caixa de areia para aliviar suas necessidades – nesses vídeos, muitos tutores optaram por adestrar gato para que ele utilize o vaso sanitário para fazer suas necessidades. Porém, como são animais que não funcionam como cachorros, ensiná-los um truque pode ser um pouco demorado e difícil.

Leia também: Como identificar dor em gatos? Conheça os sinais mais comuns


gato usando vaso sanitário
shutterstock

Algumas dessas dicas podem te ajudar na hora de adestrar gato para que ele utilize o vaso sanitário


Além de ser ainda mais higiênico do que a caixa de areia, o vaso sanitário não requer a limpeza diária e reposição de areia. Alguns dos donos conseguiram adestrar gato até na hora de apertar a descarga. Para ajudar no momento de tentar ensinar o bichano a usar a privada, confira as dicas abaixo:

  1.  O primeiro passa é alterar o lugar onde a caixa de areia fica. Como os gatos apenas fazem suas necessidades dentro da caixa instintivamente, ele irá procurar o novo local onde ela está. Esse lugar será o banheiro, preferencialmente perto do vaso sanitário.
  2. Mude a altura da caixa de areia: para que o animal se acostume com o tamanho do vaso sanitário, é indicado que a cada semana, o tutor coloque apoios embaixo da caixa para que ela fique mais alta. Podem ser livros no começo, e depois até um banquinho para deixar a caixinha e o vaso do mesmo tamanho.
  3. Coloque a caixa de areia em cima da tampa do vaso sanitário: Esse passo vai fazer com que o gato perceba que a privada é um lugar onde ele pode ficar em cima. Ele vai se acostumar a fazer as necessidades naquele espaço, e quando for o momento de retirar a caixa, vai ser mais fácil.
  4. Utilizar um recipiente menor ou próprio para que o animal faça xixi e cocô em um espaço pequeno: pode ser uma vasilha antiga do tamanho da abertura do vaso, ou um “gatoalete”, acessório vendido especialmente para esse tipo de adestramento. Basta coloca-lo na posição e adicionar um pouco de areia.
  5. Depois de algumas semanas nesse processo, retire o adaptador do vaso e monitore o felino para ver se ele vai direto ao local para aliviar as necessidades. Se sim, dê descarga e recompense o animal com sachê ou algum petisco que ele goste, para que ele perceba que aquilo é algo certo que ele pode fazer.
Leia Também:  Sangue nas fezes do gato? Saiba o que isso pode significar para a saúde do pet

Leia também: Saiba para que serve, como e quando usar malte para gatos

Cada bichano tem sua própria personalidade, então não é garantido que todos aprendam ou que o processo seja rápido. Se o seu animal de estimação se adaptar com mudanças facilmente, é provável que adestrar gato seja mais simples do que seria com um felino teimoso.

Fonte: Canal do Pet
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Meu Pet

Conheça os dois Dachshunds que recolhem lixo durante seus passeios

Publicado

Hooch e Dudley são dois Dachshunds que não gostam nem um pouco de lixo na rua. Os dois cães, que moram na Escócia junto com Amber Lednor, sua tutora, foram treinados por ela para recolher papéis, garrafas pet, e outros objetos recicláveis do chão e levá-los até a lixeira durante suas caminhadas diárias. 

Leia também: Vídeo de entregadora fazendo carinho e dando petisco para cachorro viraliza

dachshunds arrow-options
YouTube/ Reprodução

Hooch e Dudley, os dois Dachshunds que recolhem lixo durante seus passeios na rua


Segundo Amber, em entrevista ao site Metro, os dois salsichinhas são muito ativos e adoram roubar coisas um do outro. “Tudo começou quando percebi que eles roubavam plástico e papel do lixo reciclável de casa e corriam pela casa tentando roubar do outro”, diz.

Os cães adoram uma garrafa de plástico para brincar, e claro que recolher o lixo reciclável no parque onde eles caminham seria uma diversão a mais, já que a maioria das coisas descartadas no chão são as garrafinhas. “Eles amam passear no parque, e eu os levo lá todo dia”, conta. Amber também fala sobre como o “jogo” funciona. “Eu seguro o máximo de lixo que posso, e eles vão pegando cada vez mais.”

Leia Também:  5 erros comuns que os donos de calopsitas costumam cometer

Leia também: Dona de Lébrel Irlandês conta motivo para não ter um exemplar da raça

Veja os dois em ação:


Esse foi um jeito divertido e ecologicamente correto de divertir os pets e levá-los para passear ao mesmo tempo, utilizando as habilidades deles para limpar o parque.

Fonte: Canal do Pet
Continue lendo

Meu Pet

Filhote de cachorro ajuda idoso a lidar com perda da esposa

Publicado

Jack Felice, um morador do Reino Unido, compartilhou uma foto que amoleceu o coração de todos que a viram. Na imagem, seu avô, um homem já idoso, está com um filhote de cachorro em um canguru de bebê, aquele acessório que os pais utilizam para carregar o filho no colo.

Leia também: Dona tem ideia genial para proteger as orelhas longas de suas cadelas

Mesmo o motivo para Tika – o novo membro da família – ter chegado aos braços do avô de Jack ser triste, a nova pet animou muito o idoso. Ele estava sofrendo com a morte de sua esposa, e agora tem uma companheira para amenizar a dor.

A imagem conta com mais de nove mil curtidas no Facebook, o que significa que Tika é muito amada por muitas pessoas, inclusive o avô de Jack.

Veja:

filhote de cachorro em canguru arrow-options
Facebook/ Jack Felice

Avô de Jack com o filhote



Fonte: Canal do Pet
Leia Também:  Poodle herói avisa donos sobre incêndio antes que casa pegue fogo
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana