conecte-se conosco


Sem categoria

Comissão abre consulta para atualizar diagnóstico do diabetes

Publicado

A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec) abriu uma consulta pública para atualizar os critérios de diagnóstico e tratamento de diabetes mellitus do tipo 1. Podem colaborar pacientes, profissionais de saúde e pesquisadores. O prazo se encerra na próxima segunda-feira (16).

A Conitec assessora o Ministério da Saúde nas atribuições relativas à incorporação, exclusão ou alteração de tecnologias em saúde pelo SUS, bem como na constituição ou alteração de Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas (PCDT).

As sugestões devem ser enviadas por meio de um formulário eletrônico, disponibilizado no site da Conitec. Os novos parâmetros em vigor serão compilados em um Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas.

O diabetes tem como causa a produção insuficiente ou a má absorção de insulina, hormônio que regula a glicose no sangue e garante energia para o organismo. Considerada um transtorno metabólico, a doença engloba fatores genéticos, biológicos e ambientais.

Prevenção

Geralmente, o diabetes mellitus do tipo 1 se manifesta já na infância e na adolescência, mas também pode aparecer na fase adulta. A doença tem como sintomas a vontade de urinar diversas vezes ao dia, fome e sede constantes, perda de peso, fraqueza, fadiga, mudanças de humor, náusea e vômito. Se não tratado, o quadro pode ocasionar complicações agudas e crônicas, capazes de afetar os olhos, os rins, os nervos e o coração.

As principais medidas de prevenção da doença incluem uma dieta saudável, com ingestão de verduras, legumes e frutas e redução do consumo de sal, açúcar e gorduras. Como o sedentarismo é um fator de risco para o diabetes, a prática de exercícios físicos também ajuda a diminuir as chances de se ter a doença. Estudos indicam, ainda, que fumantes têm maior probabilidade de desenvolvê-la.

O diabetes pode ser detectado através do exame de glicemia, que mede a taxa de glicose no sangue. Em alguns casos, quando esse nível está mais alto do que o normal, o estado chamado de pré-diabetes pode estar caracterizado. Trata-se de um importante sinal de alerta do corpo, já que pode significar a última chance de a pessoa rever hábitos alimentares e de saúde e conseguir impedir o diabetes.

O tratamento do diabetes do tipo 1 é feito com injeções diárias de insulina. As doses são necessárias para que a glicose no sangue seja mantida em taxas normais.

Índices

Análise do Ministério da Saúde revela que, de 2006 para 2018, houve um aumento na incidência da doença no país. No período, a porcentagem saltou de 5,5% para 7,7% da população adulta.

Os dados mostram que a prevalência maior se dá entre mulheres. Ao todo, 8,1% delas tiveram o diagnóstico confirmado, contra 7,1% dos homens.

O governo federal informou que, em 2018, foram distribuídos 3,2 bilhões de medicamentos para diabetes. Estima-se que, ao todo, 7,2 milhões de pacientes tenham sido beneficiados pela ação.

 

 
Edição: Fernando Fraga
publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem categoria

Internações por Covid-19 volta ao nível que estava em agosto, diz secretaria de Saúde

Publicado

 

 

source
Registro de um leito para paciente Covid-19 em São Paulo
GOVSP

Registro de um leito para paciente Covid-19 em São Paulo

Pela primeira vez desde agosto, o estado de São Paulo voltou a registrar mais de mil novas internações por Covid-19 por dia. Neste sábado (15), a média diária de internações chegou a 1.044. A última vez que o estado teve  valores acima de mil foi em 10 de agosto de 2021, com 1.002.

Em leitos de enfermaria, o número de pacientes subiu de 1.712, no dia 29 de dezembro, para 3.413 em dia 11 de janeiro.

Devido ao avanço da pandemia causado pela variante Ômicron, Doria recomendou determinou redução no público de eventos musicais, festas e jogos de futebol para 70%.

A maior parte dos internados por Covid-19 são não vacinados. No Hospital Emílio Ribas, em São Paulo, 76% não têm a vacinação completa contra a doença, segundo a secretaria estadual da Saúde (15).

Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

Sem categoria

Polícia apreende carga com 102 tabletes de cocaína no interior do estado

Publicado

Uma ação conjunta entre a Delegacia de Pontes e Lacerda e a Delegacia Especializada de Entorpecentes resultou na apreensão de 102 tabletes de cocaína na manhã deste sábado (15.01),cujo destino seria o estado do Maranhão. A apreensão representa um prejuízo estimado em R$ 2,2 milhões contra o tráfico de entorpecentes.

O entorpecente estava acondicionado em um compartimento secreto, no assoalho de um caminhão Mercedes Benz, que foi abordado pelos policiais civis da DRE, quando chegava ao município de Campo Novo do Parecis. O motorista do veículo foi preso em flagrante.

De acordo com a delegada Bruna Caroline Laet, a investigação começou há trinta dias, quando a equipe de Pontes e Lacerda iniciou diligências para identificação do veículo utilizado pelo grupo criminoso e realizou o  acompanhamento até este sábado, quando foi possível realizar a apreensão da carga de cocaína que possivelmente teria como destino o Maranhão.

Conforme a apuração da Polícia Civil, o motorista preso tem ligação com pessoas investigadas e presas preventivamente por tráfico de drogas que resultou na apreensão, em maio do ano passado, de uma carga de 153 quilos de entorpecentes. O grupo criminoso também é investigado em inquérito na Delegacia de Pontes e Lacerda pelo crime de lavagem de dinheiro.

A delegada Juliana Palhares explica que a investigação sobre a carga de entorpecentes apreendida neste sábado seguirá pela DRE, para chegar aos proprietários da droga.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana