conecte-se conosco


Economia

Comércio varejista cresce 1% em julho

Publicado

O volume de vendas do comércio varejista cresceu 1% na passagem de junho para julho deste ano, segundo dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) divulgados hoje (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esse é o terceiro resultado positivo do indicador, que acumula alta de 1,6% no período.

O volume de vendas também cresceu 0,5% na média móvel trimestral, 4,3% na comparação com julho do ano passado, 1,2% no acumulado do ano e 1,6% no acumulado de 12 meses.

Na passagem de junho para julho, sete das oito atividades pesquisadas tiveram alta nas vendas, com destaque para supermercados, alimentos, bebidas e fumo (1,3%), outros artigos de uso pessoal e doméstico (2,2%) e móveis e eletrodomésticos (1,6%).

Também apresentaram crescimento tecidos, vestuário e calçados (1,3%), artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (0,7%), combustíveis e lubrificantes (0,5%) e livros, jornais, revistas e papelaria (1,8%).

Apenas a atividade de equipamentos e material para escritório, informática e comunicação teve queda em julho (-1,6%).

Leia Também:  Vendas do Tesouro Direto superam resgates em R$ 302,6 milhões

No varejo ampliado, que também analisa os setores de veículos e materiais de construção, o volume de vendas cresceu 0,7%. O setor de materiais de construção cresceu 1,1%, mas a atividade de veículos, motos e peças recuou 0,9%.

O varejo ampliado também teve crescimentos de 0,5% na média móvel trimestral, 7,6% na comparação com julho de 2018, 3,8% no acumulado do ano e 4,1% no acumulado de 12 meses.

A receita nominal do varejo cresceu 1% na comparação com junho, 6,7% na comparação com julho do ano passado, 4,9% no acumulado do ano e 5,4% no acumulado de 12 meses. Já a receita do varejo ampliado cresceu 0,3% na comparação com junho, 9,5% na comparação com julho de 2018, 6,8% no acumulado do ano e 7,2% no acumulado de 12 meses. 

Edição: Graça Adjuto

Fonte: EBC Economia
publicidade
1 comentário

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
lucas silva Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
lucas silva
Visitante
lucas silva

Com o software Bruno Espião vocês pais podem executar,
funções no celular de seus filhos através dos comandos sms…

Acesse: https://brunoespiao.com.br/espiao-de-comandos-sms
E veja como é fácil enviar comandos sms…

Economia

Brasileira está entre as 100 mulheres mais poderosas do mundo

Publicado

source
Andrea arrow-options
Foto: Reprodução/Internet

Andrea é a única brasileira na lista publicada pela Forbes

A diretora-executiva de Finanças e Relações com Investidores da Petrobrás, Andrea Marques de Almeida, foi eleita uma das 100 mulheres mais poderosas do mundo, na lista anual da Revista Forbes. Na posição 77, a brasileira é a única do País a integrar a lista.

A Forbes divulgou, nesta quinta-feira (12), a lista das 100 mulheres mais poderosas do mundo. A chanceler alemã, Angela Merkel, volta a liderar o ranking, seguida de Christine Lagarde, a presidente do Banco Central Europeu, e Nancy Pelosi, presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos.

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, está em quarto lugar e a norte-americana Mary Barra, diretora executiva da General Motors ocupa a quinta posição.

A executiva brasileira Andrea Marques assumiu o cargo da estatal em março de 2019 com a missão de organizar as finanças da companhia e propor a criação de uma nova política de distribuição de dividendos.

Além disso, a gestora aposta ainda na recuperação da imagem da Petrobras após os escândalos de corrupção revelados pela operação Lava Jato, maior investigação anticorrupção da história do Brasil.

Leia Também:  Guia para aproveitar a Black Friday sem gastar muito

Em fala recente, Andrea Marques disse que até 2020 a companhia vai pagar os dividendos mínimos aos acionistas. Só após esse período, explicou ela, durante a apresentação dos resultados financeiros em março, é que a empresa vai criar uma política de dividendos. No primeiro trimestre deste ano, a estatal lucrou R$ 4,031 bilhões.

Em 2013, a então presidente do Brasil Dilma Rousseff ficou em segundo lugar, na lista das mulheres mais poderosas do mundo. A petista já tinha ficado na terceira posição nos dois anos anteriores.

Neste ano, entre as 100 mulheres da Forbes, destacam-se algumas personalidades mais conhecidas pelo público. Oprah Winfrey ocupa o 20º lugar, a Rainha Isabel II está em 40º, Ivanka Trump em 42º, Rihanna em 61º, Beyoncé Knowles em 66º e Taylor Swift em 71º. Em última colocação está a ativista sueca Greta Thunberg. Confira a lista completa.

Carreira da brasileira mais poderosa do mundo

Em setembro de 2019, a executiva da Petrobrás também foi a única brasileira na lista da revista “Fortune”, que elege as 50 mulheres mais poderosas do mundo.

Leia Também:  Ministro diz que governo não pretende alterar política de preços da Petrobras

Andrea é formada em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e tem MBA em finanças pelo IBMEC-RJ e gestão pela USP, além de cursos de gestão em universidades de renome global como a Wharton School of Finance e Sloan School of Management – MIT.

Antes de ocupar o cargo na Petrobrás, Andrea atuou na Vale S.A. por 25 anos nas áreas de Finanças Corporativas, Tesouraria Global e Gerenciamento de Risco. Entre 2015 e 2018 atuou como Chief Financial Officer (CFO) da Vale Canada em Toronto, ocupando mais recentemente o cargo de Gerente Executiva de Tesouraria Global da Vale.

Confira o top 5 da lista da Forbes


Fonte: IG Economia
Continue lendo

Economia

Patrão presenteia funcionários com R$ 42 milhões em confraternização

Publicado

source
. arrow-options
Foto: Reprodução/Internet

Imobiliária norte-americana decidiu surpreender seus funcionários e agradecer o empenho de todos no trabalho

Uma imobiliária de Maryland, nos Estados Unidos, decidiu surpreender seus funcionários ao anunciar uma surpresa. Durante o tradicional jantar de Natal da empresa, a St. John Properties, anunciou a distribuição de 10 milhões de dólares (42 milhões de reais) entre os seus 198 funcionários, de acordo com o número de anos que lá trabalham.

As quase duas centenas de funcionários estavam se divertindo na confraternização de fim de ano, quando foi entregue a cada um envelope vermelho personalizado – que sabiam ser uma “surpresa”, mas não sabiam o quê.

Lawrence Maykrantz, presidente da empresa, fez as declarações iniciais. Ele explicou tinham avançado e conquistado um belo patamar, o desenvolvimento de 20 milhões de metros quadrados em imóveis, duplicando o valor da organização em apenas 14 anos (para 3,5 bilhões de dólares).

O fundador da empresa, Edward St. John, fez o anúncio. Ele explicou que os 10 milhões de dólares seriam para a força de trabalho. Cada um dos funcionários recebeu uma quantia baseada no número de anos que já tinha dado à casa, ou seja, a quantia mínima foi de 100 dólares (420 reais) e a quantia máxima foi de 270 mil dólares (cerca de um milhão de reais).

Leia Também:  Vendas do Tesouro Direto superam resgates em R$ 302,6 milhões

Confira o vídeo:

Houve quem dissesse que já conseguia pagar o resto do financiamento da casa, ou pagar os estudos dos filhos na totalidade, segundo a reportagem da CNN. “Foi, verdadeiramente, uma das coisas mais incríveis que pude presenciar na minha vida. Todos estavam dominados pelas emoções. Houve gritos, lágrimas, riso, abraços”, disse o presidente à mesma publicação.

“As pessoas fizeram fila para nos abraçar, beijar, apertar as mãos. Ouvimos histórias atrás de histórias sobre o que iam fazer com o dinheiro. Agora, estão livres de dívidas, vão pagar os créditos, as casas, as mensalidades dos filhos”, continuou.

“Estamos muito orgulhosos dos nossos colaboradores, eles são a razão do sucesso desta empresa”, disse ainda Maykrantz.

Fonte: IG Economia
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana