conecte-se conosco


Economia

Comércio varejista cresce 1% em julho

Publicado

O volume de vendas do comércio varejista cresceu 1% na passagem de junho para julho deste ano, segundo dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) divulgados hoje (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esse é o terceiro resultado positivo do indicador, que acumula alta de 1,6% no período.

O volume de vendas também cresceu 0,5% na média móvel trimestral, 4,3% na comparação com julho do ano passado, 1,2% no acumulado do ano e 1,6% no acumulado de 12 meses.

Na passagem de junho para julho, sete das oito atividades pesquisadas tiveram alta nas vendas, com destaque para supermercados, alimentos, bebidas e fumo (1,3%), outros artigos de uso pessoal e doméstico (2,2%) e móveis e eletrodomésticos (1,6%).

Também apresentaram crescimento tecidos, vestuário e calçados (1,3%), artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (0,7%), combustíveis e lubrificantes (0,5%) e livros, jornais, revistas e papelaria (1,8%).

Apenas a atividade de equipamentos e material para escritório, informática e comunicação teve queda em julho (-1,6%).

No varejo ampliado, que também analisa os setores de veículos e materiais de construção, o volume de vendas cresceu 0,7%. O setor de materiais de construção cresceu 1,1%, mas a atividade de veículos, motos e peças recuou 0,9%.

O varejo ampliado também teve crescimentos de 0,5% na média móvel trimestral, 7,6% na comparação com julho de 2018, 3,8% no acumulado do ano e 4,1% no acumulado de 12 meses.

A receita nominal do varejo cresceu 1% na comparação com junho, 6,7% na comparação com julho do ano passado, 4,9% no acumulado do ano e 5,4% no acumulado de 12 meses. Já a receita do varejo ampliado cresceu 0,3% na comparação com junho, 9,5% na comparação com julho de 2018, 6,8% no acumulado do ano e 7,2% no acumulado de 12 meses. 

Edição: Graça Adjuto

publicidade
1 comentário

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
lucas silva Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
lucas silva
Visitante
lucas silva

Com o software Bruno Espião vocês pais podem executar,
funções no celular de seus filhos através dos comandos sms…

Acesse: https://brunoespiao.com.br/espiao-de-comandos-sms
E veja como é fácil enviar comandos sms…

Economia

Rede de supermercados Comper realiza a campanha “Tá Pintando Coelhinho na Escola”

Publicado

Para incrementar ainda mais a Páscoa, a rede Comper de Supermercados está realizando a campanha “Tá Pintando Coelhinho na Escola”, que visa uma grande ação social e com crianças de escolas públicas. Trata-se de um concurso cultural no qual as tradicionais esculturas de cabeças de coelho, que ficam no topo das parreiras de Páscoa nas lojas, passaram por uma intervenção artística dos alunos de 1º até o 3º ano. As esculturas dos coelhos personalizadas pelos talentosos alunos das escolas participantes estão em exposição nos supermercados da rede e a divulgação das fotos no site da promoção, onde os consumidores podem votar nas esculturas mais criativas. A votação se encerra no dia 14 de abril. As esculturas mais votadas receberão um prêmio no valor de R$ 10.000,00 para ser utilizado na compra de material pedagógico em um total de quatro prêmios, um para cada estado MS, MT e DF, onde a empresa atua, e um prêmio para o segundo mais votado entre todos os estados. A divulgação do vencedor acontecerá no dia 20 de abril.

E o incremento para a Páscoa continua com a promoção “Está Pintando Viagem” e a rede Comper vai sortear três viagens, uma para cada local onde a rede atua MT, MS e DF, no valor de R$ 10.000,00 cada uma, para os clientes das lojas. Para participar o cliente recebe, a cad

a 100 reais em compras, uma rasgadinha com um código interno que deverá ser cadastrado no site da promoção junto com os dados p

essoais do cliente. Além disso, os consumidores que realizam o pagamento com o Vuon Card recebem rasgadinhas em dobro até o dia 12 de abril, sendo que os cadastros no site da promoção poderão ser realizados até o dia 14 de abril e o sorteio acontecerá pela loteria federal do dia 18 de abril. Os ganhadores serão divulgados até o dia 21 de abril.

Então participe para tornar a sua Páscoa mais doce, e depois que tudo voltar a normalidade, você e um acompanhante poderão desfrutar de uma deliciosa viagem para relaxar e desfrutar das belezas do Brasil.

Continue lendo

Economia

Imposto de Renda: como fazer a declaração se mudei de emprego em 2019?

Publicado


source
leão arrow-options
Kevin Pluck/Creative Commons

Saiba como declarar o Imposto de Renda caso tenha tido mais de uma fonte de renda em 2019

Se você mudou de emprego em 2019 ou trabalhou para duas ou mais empresas e a soma de todos os seus salários superou R$ 28.559,70 durante os doze meses do ano passado, você terá de apresentar declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) neste ano. A entrega da declaração do IR, prorrogada em função do novo coronavírus (Sars-Cov-2), vai até 30 de junho. 

Leia também: Governo amplia prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda

As orientações valem para todos os trabalhadores que receberam rendas tributáveis de mais de uma fonte, ou seja, incluem quem mudou de emprego, quem trabalhou para duas ou mais empresas e ainda quem atuou por apenas uma empresa, mas recebeu por atuações como  microempresário ou microempreendedor individual (MEI).

Para cada fonte pagadora de rendimentos, deve-se incluir na ficha ” Rendimentos tributáveis recebidos de pessoa jurídica” preenchendo os campos com os dados de cada uma das empresas, os respectivos rendimentos recebidos e os valores pagos de Imposto de Renda e Previdência oficial (INSS), informa Flávia Thirion, consultora tributária da Crowe, oitava maior rede global nas áreas de tributos, auditoria e consultoria.

O mesmo procedimento vale para todos os dependentes que forem incluídos na declaração que possuem emprego, estágio ou recebem aposentadoria. Cada um deve ter seus rendimentos tributáveis informados na aba “dependentes”, no alto da ficha “Rendimentos tributáveis recebidos de pessoa jurídica”. Basta selecionar o dependente na lista e abrir uma nova ficha para cada emprego ou fonte de renda.

Todas as fontes de renda tributável do titular e do dependente, independentemente do valor, devem ser declaradas. Mesmo que a atuação tenha sido por apenas um mês, é necessário pedir o informe de rendimentos ao RH da companhia.

A soma de todos os rendimentos tributáveis do titular e de seus dependentes, serão consideradas declaração. Deste total, serão descontadas as despesas dedutíveis , como gastos ccom educação e saúde, do titular e dos dependentes, para então ser feito o cálculo do imposto devido no ano.

Concluído esse processo, serão considerados todos os valores de IR já pagos ao longo do ano passado para se chegar ao resultado da restituição ou de imposto a pagar.

Leia também: Sem correção, tabela do Imposto de Renda deixa de isentar 10 milhões de pessoas

Pensão recebida e renda de aluguel precisam ser declaradas

Caso titular ou um dos dependentes receba pensão alimentícia ou tenha renda de aluguel, os valores recebidos devem sempre ser informados na declaração. Deve ser selecionada, para isso, uma outra ficha, diferente da anterior, denominada ” Rendimentos tributáveis recebidos de pessoa física /exterior”, já que, neste caso, o dinheiro vem de uma pessoa física, e não de uma empresa.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana