conecte-se conosco


Esportes

Começa hoje a temporada 20/21 do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia

Publicado


.

Nesta quinta-feira (24), as duplas masculinas de vôlei de praia entraram em ação para os primeiros jogos da fase classificatória da etapa inicial do Circuito Brasileiro 20/21. As partidas seguem até o próximo domingo (27), no Centro de Desenvolvimento de Voleibol, em Saquarema (RJ). Esse é o primeiro torneio do naipe masculino após a paralisação do calendário pela pandemia do novo coronavírus (covid-19) e tem diversos protocolos de prevenção, inclusive a ausência de público.

Uma das presenças confirmadas na competição é a do campeão mundial e atleta olímpico Evandro, que junto de Bruno Schmidt representará o Brasil nos Jogos de Tóquio no próximo ano. “Estou muito feliz em poder voltar a fazer o que amo, estar novamente competindo, colocando nosso time à prova. Voltamos aos treinamentos há cerca de dois meses, mas o ritmo de jogo volta somente jogando os torneios, será muito importante para nossa caminhada. Os protocolos são necessários para que possamos voltar em segurança, vimos que tudo transcorreu bem no feminino e acredito que o mesmo acontecerá agora”, disse Evandro.

A fase principal do torneio é formada por 16 duplas – 12 já classificadas pelo ranking e quatro que saem do qualifyig -, começando na sexta-feira (25).

Os 12 times já garantidos pelo ranking são André Stein/George (ES/PB), Alison/Álvaro Filho (ES/PB), Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF), Guto/Arthur Mariano (RJ/MS), Pedro Solberg/Vinícius (RJ/ES), Vitor Felipe/Arthur Lanci (PB/PR), Hevaldo/Saymon (CE/MS), Renato/Adrielson (PB/PR), Oscar/Thiago (RJ/SC), Allison Francioni/Fábio Bastos (SC/CE), Bernardo Lima/Eduardo Davi (CE/PR) e Jô/Bruno de Paula (PB/AM).

Uma das novidades da temporada é a estreia de algumas duplas. Entre elas, a do carioca Guto, melhor defensor da temporada 17/18, com o bloqueador Arthur Mariano, terceiro colocado geral na última edição do circuito. 

Guto comentou a expectativa pela nova formação e volta às quadras após o período de pandemia. “Estamos bem preparados psicologicamente. Sabemos o que temos que fazer, o que pode acontecer no torneio, estamos preparados tanto para as vitórias quanto para as derrotas. Na parte física, estamos em processo de adaptação, ninguém nunca parou de treinar tanto tempo, é uma novidade para todos. Arthur também está vivendo a mudança de cidade, de técnico e preparador físico. Estamos prontos para jogar, sabendo que não estamos 100% fisicamente, ainda longe do auge, mas temos uma base. Felizes e motivados, sabendo que esse retorno será um espetáculo e que vamos dar nosso máximo”, declarou Guto.

O paraibano Vitor Felipe, vice-campeão da temporada passada ao lado de Ricardo, começará uma nova parceria no torneio desta semana. O medalhista pan-americano atuará ao lado do campeão mundial Sub-21 Arthur Lanci e não esconde a empolgação para retomar as atividades e, de quebra, disputar os primeiros jogos oficiais ao lado do jovem paranaense. 

“Estou conhecendo o Arthur Lanci dentro da quadra agora, fizemos as primeiras atividades nesta semana, também por conta de toda a pandemia. Ele tem um astral muito bom, estou adorando essa convivência inicial fora de quadra. Nos primeiros treinos deu para ver que o jogo será de uma maneira que gosto muito, bastante encaixado, com volume. Arthur é um craque, possui muito controle de bola e uma visão de jogo absurda, está me ensinando muito. Acredito que será um time muito competitivo, com muito potencial. Estou confiante. Vamos jogo a jogo, mas sabendo que cada um trabalhou muito e está muito motivado”, destacou Vitor.

Formato de disputa

Depois que as 16 duplas estiverem definidas, elas serão divididas em quatro grupos com quatro duplas. Eles jogam duas vezes no grupo. Quem vence as duas partidas, sai em primeiro, quem vence um dos dois duelos, fica em segundo ou terceiro, e o time derrotado duas vezes, termina em quarto, eliminado na primeira fase.

Os primeiros colocados de cada grupo seguem direto às quartas de final, enquanto segundos e terceiros disputam uma rodada eliminatória a mais, da repescagem. 

O torneio segue em formato eliminatório direto, com quartas de final, semifinais e disputas de bronze e ouro. 

O calendário ainda prevê outras quatro etapas para este ano. A próxima será em Saquarema, em outubro, entre os dias 15 a 18 (feminino) e 22 a 25 (masculino). As outras três etapas da temporada 20/21 ainda terão locais definidos, mas já possuem datas. A terceira parada será de 5 a 8 de novembro (feminino) e 12 a 15 de novembro (masculino). O quarto torneio será de 2 a 6 de dezembro, e o quinto de 16 a 20 de dezembro, com possibilidade de realização dos dois naipes.

Serviço

CIRCUITO BRASILEIRO OPEN DE VÔLEI DE PRAIA

1ª Etapa – Torneio Masculino – Temporada 20/21

Local: Centro de Desenvolvimento de Voleibol, Saquarema (RJ)

Data: 24 a 27 de setembro

Horários: Quinta – 8h às 15h; Sexta – 9h às 13h e 15h às 21h;

Sábado – 9h às 15h e 19h às 21h; Domingo – 11h às 13h

Transmissão: voleidepraiatv.cbv.com.br e Facebook da CBV

Edição: Fernando Fraga

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

EUA e Reino Unido denunciam Rússia por ciberataques contra Olimpíada

Publicado


O Reino Unido e os Estados Unidos condenaram nesta segunda-feira (19) o que chamaram de ciberataques que teriam sido orquestrados por agentes de serviços de espionagem russos, incluindo tentativas de atingir os Jogos Olímpicos de Tóquio.

Autoridades britânicas e norte-americanas afirmaram que os ataques foram conduzidos pela Unidade 74455 da agência de espionagem militar russa GRU, também conhecida como Centro Principal de Tecnologias Especiais. O Departamento de Justiça dos EUA afirmou que seis membros da unidade tiveram papéis importantes nos ataques contra alvos que variaram desde a Organização para a Proibição de Armas Químicas às eleições de 2017 na França. As acusações envolvem quatro anos de atividades entre 2015 e 2019.

As autoridades dos EUA não comentaram se o momento da revelação, há poucas semanas da eleição nos Estados Unidos, foi escolhido para alertar sobre a atividade de grupos de hackers apoiados por governos estrangeiros. Já autoridades britânicas afirmaram que os hackers do GRU também conduziram operações de “ciber reconhecimento” contra os organizadores dos Jogos Olímpicos de Tóquio, que seriam realizados neste ano, mas acabaram sendo adiado para 2021 por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

As autoridades britânicas se recusaram a dar mais detalhes sobre os ataques ou a afirmar se foram bem sucedidos, mas disseram que tinham como alvo os organizadores das Olimpíadas, fornecedores e patrocinadores. O secretário do Exterior do Reino Unido, Dominic Raab, afirmou que as “ações do GRU contra as Olimpíadas são cínicas e imprudentes. Condenamos elas nos termos mais fortes possíveis”.

O vice-diretor da polícia federal dos EUA (FBI) David Bowdich afirmou: “O FBI repetidamente tem alertado que a Rússia é um adversário altamente capaz em ciberataques e a informação revelada neste indiciamento ilustra como as atividades cibernéticas da Rússia são invasivas e destrutivas”.

Em dezembro de 2019, a  Rússia foi banida dos Jogos Olímpicos por quatro anos por causa de acusações de doping de seus atletas.

As autoridades britânicas e norte-americanas afirmaram nesta segunda-feira (19) que os hackers russos se envolveram em outros ataques, como o que comprometeu sistemas de computadores dos Jogos de Inverno em 2018, durante a cerimônia de abertura na Coreia do Sul. Este ataque comprometeu centenas de computadores, derrubou acesso à internet e interrompeu as transmissões de mídia.

Continue lendo

Esportes

Série D: em partida truncada, Brasiliense vence Villa Nova por 1 a 0

Publicado


O Brasiliense (DF) chegou a terceira vitória consecutiva pela Série D do Campeonato Brasileiro. Nesta segunda-feira (19), em uma partida muito truncada, o Jacaré venceu o Villa Nova (MG) por 1 a 0, pela sétima rodada da primeira fase da competição. O jogo no estádio Elmo Serejo Farias, o “Serejão”, em Brasília (DF), teve transmissão ao vivo na TV Brasil.

O clube do Distrito Federal foi a 14 pontos, permanecendo na segunda posição do Grupo 6, a cinco pontos do líder e rival Gama (DF). O Leão do Bonfim, estacionado nos sete pontos, segue em sexto lugar e perdeu a chance de entrar na zona de classificação. As equipes se reencontram já na quarta-feira (21), às 19h (horário de Brasília), no estádio Castor Cifuentes, em Nova Lima (MG).

O primeiro tempo teve transpiração, mas pouquíssima inspiração de ambos os lados. Ter a posse de bola não fazia do Brasiliense necessariamente um time perigoso. Na única chance real, aos 36 minutos, o meia Luquinhas aproveitou a sobra de uma dividida na grande área e chutou forte, próximo à marca do pênalti, parando em grande defesa do goleiro Deola.

Após o intervalo, o Jacaré subiu as linhas e intensificou a presença no campo do Villa Nova. Os mineiros se seguraram como puderam até os 14 minutos, quando o árbitro Jose Ricardo Vasconcellos Laranjeira viu um toque de mão na grande área do atacante João Guilherme, do Leão do Bonfim, após cruzamento do lateral Peu. De pênalti, o centroavante Zé Love abriu o marcador.

Aos 19 minutos, o atacante Marcos Aurélio, batendo falta, acertou o travessão e quase ampliou. A partir daí, o cenário do jogo mudou. O Villa se lançou ao ataque e pressionou o Brasiliense no campo de defesa. A dependência da bola parada e os erros no passe final, porém, dificultaram a vida dos mineiros, que não conseguiram assustar o goleiro Fernando Henrique.

Em outro jogo iniciado às 15h, o Bragantino (PA) venceu o Rio Branco (AC) por 2 a 1, de virada, no estádio Diogão, em Bragança (PA). O duelo pelo Grupo 1 seria domingo (18), mas, foi adiado após 17 atletas do time acreano terem indisposição estomacal. O Tubarão do Caeté manteve a ponta da chave, agora com 16 pontos. O Estrelão, que perdeu a invencibilidade, caiu para terceiro, com três pontos a menos.

A primeira fase da edição 2020 da Série D reúne 64 clubes, abrange os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal. Sob critérios regionais, as equipes foram divididas em oito grupos com oito times em cada. Os quatro melhores de cada chave avançam ao mata-mata. Os quatro classificados para a semifinal ganham o direito de disputar a Série C em 2021.

Confira a classificação da Série D do Campeonato Brasileiro.

Edição: Cláudia Rodrigues

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana