conecte-se conosco


Policial

Comando Especializado da PM lança ‘Operação Guardião III’ em Cuiabá

Publicado

O Comando Especializado da Polícia Militar (Cesp) lançou nesta quinta-feira (14.11), em Cuiabá, a ‘Operação Guardião III’. Da Arena Pantanal, local do lançamento, centenas de policiais dos batalhões Bope, Rotam, Ambiental, Trânsito e Cavalaria saíram às ruas para ações de saturação, bloqueios, abordagens e revistas.

Os bairros e pontos onde as tropas especializadas estarão

Semelhante a outras operações especiais, a idéia é sufocar a bandidagem

presentes, reforçando as ações do policiamento de rotina, foram definidos com base nas análises criminais feitas pela PM, ou seja, nos estudos das estatísticas sobre os locais, incidência e tipos de crimes.

A ‘Guardião III’ se estenderá até o dia 31 de dezembro em diferentes regiões de Cuiabá, Várzea Grande e cidades vizinhas. Ontem, durante o dia todo e parte da noite, os policiais atuaram em bairros como Santa Izabel, Cidade Alta, Cidade Verde e Coophamil.

Nas duas primeiras edições dessa operação a PM prendeu 1.170 pessoas, desses 339 em flagrante delito e 99 foragidos da justiça. Também apreendeu 480 quilos de droga e 179 armas de fogo, recuperou 43 veículos roubados e apreendeu 205 por irregularidades diversas.

Leia Também:  Posto de Combustível é alvo de fiscalização de órgãos de Defesa do Consumidor

No lançamento, o coronel Carlos Eduardo Pinheiro, comandante do Cesp, destacou que essa operação tem como foco a repressão aos crimes de roubo,  homicídio, tráfico de droga, homicídio, porte ilegal de armas de fogo entre outros.

Pinheiro reforçou a importância das tropas especializadas nas ruas citando como exemplo um dos resultados das primeiras edições: “tiramos de circulação quase meia tonelada de drogas”.

O comandante geral da PM, coronel Jonildo José de Assis, disse que a ‘Operação Guardião’ nasceu com o propósito de tornar o Comando Especializado mais proativo no sentido do emprego operacional, de não se limitar ao apoio das atividades operacionais das demais unidades militares.

Assis assinalou que as tropas atuam nos locais onde os índices estão alterados e dentro de planejamentos estratégicos feitos a partir de análises criminais, ou seja, de dados estatísticos.

De acordo com o comandante, esse reforço que está nas ruas será agregado a operação de final de ano que a PM lançará semana que vem. “A ‘Guardião’ é uma importante inovação do Comando Especializado nas ações de segurança em 2019”, avaliou Assis.

Leia Também:  Polícia Civil cumpre prisão de autor de feminicídio de empresária em Várzea Grande

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Criminosos são presos após roubo de caminhão com carga de carne avaliada em R$ 360 mil em Várzea Grande

Publicado

A carga seria levada para mercados dos próprios integrantes da quadrilha

Policiais militares de Várzea Grande prenderam F.C.N. (48 anos) e J.R.M.F. (32), flagrados descarregando um caminhão com carga de carne, avaliada em R$ 360 mil. Os dois foram presos em flagrante, no bairro Mapim, na noite deste domingo (8).

A Polícia Militar recebeu a denúncia do roubo de um caminhão Scania branco carregado com carne. O veículo possuía rastreador e o sinal do equipamento apontava localização na comunidade rural de Pai André. No local, os policiais flagraram quando a dupla retirava a carne do caminhão e a transferia para um Fiat Fiorino branco.

Os homens tentaram fugir, ao perceber a aproximação dos policiais, mas foram contidos e abordados. Eles confessaram que o assalto foi cometido por “encomenda” de um terceiro homem, identificado como G.J.S. (37), e que levariam a carga para um mercado, que G. é proprietário, localizado no bairro São Mateus. Ambos disseram que receberiam cada um R$ 1 mil pelo serviço.

Os suspeitos também contaram que outras pessoas participaram do roubo e indicaram a residência do dono do mercado, para onde a carga roubada seria levada.

Leia Também:  Jovens são detidos por tráfico de drogas em Mirassol D’Oeste

No imóvel, localizado no bairro Gonçalo Botelho de Campos, foram encontrados um veículo Fiat Uno branco com mais caixas de carne e documentos pessoais do suposto mandante e da mulher dele. Em um dos cômodos da casa ainda foram encontrados 23 maços de cigarros e 16 pares de chinelos de marcas diversas com etiquetas, dentro de uma mala.

Continue lendo

Policial

Em 30 minutos de Operação Lei Seca, 2 condutores são multados e 3 veículos removidos na Capital

Publicado

Em 2019 foram realizadas 36 operações Lei Seca em Mato Grosso e 161 pessoas foram presas dirigindo embriagadas – Foto por: Assessoria

Em meia hora da 36º edição da Operação Integrada de Lei Seca, foram aplicados 28 testes de alcoolemia, uma pessoa foi multada por dirigir sob efeito de álcool, uma por conduzir carro sem licenciamento, dois carros e uma moto foram removidos. Ao todo, foram aplicados sete Autos de Infração de Trânsito.

Policiais militares do Batalhão de Trânsito, Delegacia Especializada de Transito (Deletran), Gabinete de Gestão de Integrada (GGI) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), agentes penitenciários, fiscais do Detran, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e agentes da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana montaram a blitze na MT-251, no km 4, no sentido contrário ao Posto de Combustível Ecomania. A ação iniciou às 16h e encerrou às 16h30, devido à chuva.

Em 2019, foram realizadas 36 operações Lei Seca em Mato Grosso, contemplando os municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Cáceres, Rondonópolis e Campo Novo do Parecis. Foram 161 presas por dirigir bêbadas, 436 CNHs recolhidas, 368 documentos de veículos recolhidos, 857 veículos removidos, 438 pessoas dirigindo embriagadas.

Leia Também:  Polícia Civil apreende mais de 350 uniformes piratas do Cuiabá Esporte Clube

Os dados não incluem os quatro dias da Operação Vida no Trânsito, realizada em parceria entre os órgãos que compõe a blitze da Lei Seca e a Universidade Federal de Goiás. Na ocasião, 10 pessoas foram presas por dirigir embriagadas e 47 foram multadas por estarem no volante sob efeito de álcool. Ao todo, foram cinco pontos de blitze, sendo aplicados 567 testes de alcoolemia no período de 28 de novembro a 1º de dezembro.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana