conecte-se conosco


Policial

Comando Especializado da PM lança ‘Operação Guardião III’ em Cuiabá

Publicado

O Comando Especializado da Polícia Militar (Cesp) lançou nesta quinta-feira (14.11), em Cuiabá, a ‘Operação Guardião III’. Da Arena Pantanal, local do lançamento, centenas de policiais dos batalhões Bope, Rotam, Ambiental, Trânsito e Cavalaria saíram às ruas para ações de saturação, bloqueios, abordagens e revistas.

Os bairros e pontos onde as tropas especializadas estarão

Semelhante a outras operações especiais, a idéia é sufocar a bandidagem

presentes, reforçando as ações do policiamento de rotina, foram definidos com base nas análises criminais feitas pela PM, ou seja, nos estudos das estatísticas sobre os locais, incidência e tipos de crimes.

A ‘Guardião III’ se estenderá até o dia 31 de dezembro em diferentes regiões de Cuiabá, Várzea Grande e cidades vizinhas. Ontem, durante o dia todo e parte da noite, os policiais atuaram em bairros como Santa Izabel, Cidade Alta, Cidade Verde e Coophamil.

Nas duas primeiras edições dessa operação a PM prendeu 1.170 pessoas, desses 339 em flagrante delito e 99 foragidos da justiça. Também apreendeu 480 quilos de droga e 179 armas de fogo, recuperou 43 veículos roubados e apreendeu 205 por irregularidades diversas.

Leia Também:  Delegacia da Mulher de VG cria ‘alerta’ nos inquéritos e projeto para homens com foco a evitar feminicídios

No lançamento, o coronel Carlos Eduardo Pinheiro, comandante do Cesp, destacou que essa operação tem como foco a repressão aos crimes de roubo,  homicídio, tráfico de droga, homicídio, porte ilegal de armas de fogo entre outros.

Pinheiro reforçou a importância das tropas especializadas nas ruas citando como exemplo um dos resultados das primeiras edições: “tiramos de circulação quase meia tonelada de drogas”.

O comandante geral da PM, coronel Jonildo José de Assis, disse que a ‘Operação Guardião’ nasceu com o propósito de tornar o Comando Especializado mais proativo no sentido do emprego operacional, de não se limitar ao apoio das atividades operacionais das demais unidades militares.

Assis assinalou que as tropas atuam nos locais onde os índices estão alterados e dentro de planejamentos estratégicos feitos a partir de análises criminais, ou seja, de dados estatísticos.

De acordo com o comandante, esse reforço que está nas ruas será agregado a operação de final de ano que a PM lançará semana que vem. “A ‘Guardião’ é uma importante inovação do Comando Especializado nas ações de segurança em 2019”, avaliou Assis.

Leia Também:  Polícia Civil prende homem suspeito da morte de feirante em Várzea Grande

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Homem é executado com três tiros por motoqueiros em avenida do bairro CPA 4

Publicado

Vítima era morador de Várzea Grande e não tinha passagens criminais

Um homem de 30 anos foi morto a tiros quando trafegava pela avenida Mutum, no bairro CPA IV, em Cuiabá, na tarde de sábado (25). Adriano Silva Albuquerque de Amorim, 30, estava em um veículo Chevrolet Corsa quando foi abordado por dois homens em uma motocicleta. Um deles efetuou diversos tiros, sendo que três deles atingiram a vítima. Em seguida, a dupla fugiu.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e a equipe médica constatou o óbito. A Polícia Militar também foi acionada e deu inicio a diligências pela região, mas nenhum suspeito foi preso.

Testemunhas informaram que os assassinos já estavam rondando o local onde ocorreu o crime, o que levanta suspeita de que eles sabiam o percurso que a vítima costuma fazer.

Imagens capturadas por circuito de segurança do comércio da rua ajudaram a identificar a motocicleta usada pelos atiradores. Em checagens, foi descoberto que ela é produto de furto há alguns meses. 

Adriano era morador de Várzea Grande e não tinha passagens criminais. O crime será investigado pela Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP).

 

Leia Também:  Autores de roubo à residência em Cuiabá são presos pela Polícia Civil
Continue lendo

Policial

Motorista é preso após transportar madeira extraída de terra indígena

Publicado

Suspeito tentou fugir da abordagem da PM, mas foi detido próximo à sua residência

Policiais militares de Campinápolis (a 648 km de Cuiabá) encaminharam à delegacia nesta sexta-feira (24), um homem suspeito de extração ilegal de madeira.

Conforme o boletim de ocorrência, os agentes realizavam patrulhamento pela área central quando viram o suspeito dirigindo um caminhão Ford F 4000, com a carroceria coberta. O homem saiu em alta velocidade quando viu a viatura.

Devido à atitude suspeita, foi solicitado ordem de parada, não obedecida. Depois de um longo trajeto de fuga, o homem parou o veículo na frente da sua residência. Ele ainda tentou correr, mas foi abordado e apresentou resistência.

Na carroceria do caminhão, os militares descobriram que a carga se tratava de 80 postes de madeira da espécie angico. O homem disse que teria pegado a carga em uma aldeia indígena.

 

 

Leia Também:  Mulher é presa ao tentar entrar com droga para o marido na PCE
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana