conecte-se conosco


Política MT

Com Yanai, eleilões de 2020 em Sinop ganham também embate entre dois adversários históricos

Publicado

Juarez Costa, PMDB, e Nilson Leitão, PSDB, foram a trinca com Jorge Yanai

Depois do MDB e do PT anunciarem a disposição de disputar a prefeitura de Sinop, em 2020, agora é a vez do Podemos articular uma pré-candidatura para as eleições do ano que vem no município. O suplente de senador Jorge Yanai, ex-deputado estadual, se filiou ao Podemos e já anunciou sua pré-candidatura a prefeito. A disputa pela vaga da prefeita Rosana Martinelli (PR), promete acirrar as fileiras das agremiações.

Além da intenção do deputado federal Juarez Costa (MDB), que já foi prefeito da cidade, e do suplente de senador Jorge Yanai (Podemos), quem também deve buscar a cadeira de prefeito é o ex-deputado-federal Nilson Leitão (PSDB), que também já foi prefeito de Sinop. Leitão fracassou em 2018, quando tentou se eleger senador, mas ficou em quinto lugar na disputa, com pouco mais de 330 mil votos.

Juarez Costa deixou seu mandato de prefeito com aprovação próximo a 80%, no final de 2016, o  que lhe credenciou, inclusive, boa votação na disputa para uma das oito vagas de deputado federal. Ele foi o terceiro mais bem votado, obtendo quase 50 mil votos.

Jorge Yanai, do Podemos

Segundo o deputado federal José Medeiros, presidente regional do partido, “o Podemos vem crescendo com muita qualidade em Mato Grosso e no país. A filiação da senadora Selma Arruda, do vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro, e agora do senador Jorge Yanai, demonstra o fortalecimento do nosso partido em várias cidades”, adiantou.

Leia Também:  ALMT realiza primeira exposição com artesãos independentes

“Com apoio do Podemos de Sinop, vamos construir um amplo arco de aliança para disputar a prefeitura. Além de ser suplente do senador Wellington Fagundes, Yanai é médico e têm serviços prestados em Sinop e no estado todo. É uma liderança forte que agrega vários setores da sociedade. Eu e senadora Selma trabalhamos juntos para trazê-lo para o nosso partido”, observa Medeiros.

Segundo o líder partidário, o Podemos prevê, além de Cuiabá e Sinop, ter candidatos a prefeito em Várzea Grande, Tangará da Serra, Nova Mutum, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Colniza, Nova Xavantina, Brasnorte, Campo Verde, Chapada dos Guimarães, Rondonópolis, dentre outras. Na capital, o vice-prefeito Niuan Ribeiro é o pré-candidato.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política MT

Estado aguarda resultado das medidas fiscais para definir pagamento da RGA; números serão mostrados em abril

Publicado

Presidente do Sisma, Oscarlino Alves, que se reuniu durante a semana com membros do Governo de MT[F-Sisma/MT]

O Governo do Estado deverá se reunir em abril com representantes do Fórum Sindical, entidade que congrega os sindicatos que representam os servidores públicos do Estado, para mais uma rodada de negociações sobre o pagamento da Revisão Geral Anual (RGA),dos anos de 2018, 2019 e chegando a data base maio/2020.

Afirmação partiu do presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Saúde do Estado de Mato Grosso (Sisma-MT) e membro do Fórum Sindical, Oscarlino Alves, logo após reunião no Palácio Paiaguás com os secretários de Planejamento e Gestão, Basílio Bezerra, e da Casa Civil, Mauro Carvalho na terça-feira (21).

“O secretário Mauro [Carvalho] disse que o governo está trabalhando para pagar a RGA e irá analisar os impactos sobre a receita do Estado em função das medidas fiscais já tomadas frente as leis aprovadas em janeiro/2019 que criaram condicionantes para o pagamento da RGA”, disse

“Já ficou pré-agendado uma nova reunião para o início do mês de abril, onde o Governo deverá apresentar os números das finanças estaduais”, completou.

Leia Também:  Dr. Eugênio cobra retomada da obra da escola Tiradentes de Barra do Garças

Na reunião de terça-feira, o Governo do Estado sinalizou positivamente para o pagamento da RGA e também melhorar o andamento dos processos administrativos de progressão de carreira dos servidores. “Estamos trabalhando arduamente para pagar a RGA e as leis de carreira aprovadas em governos anteriores”, destacou o chefe da Casa Civil.

Continue lendo

Política MT

Em MT, 500 mil eleitores podem não conseguir votar na suplementar ao Senado; TRE prorroga prazo para biometria

Publicado


O número representa 20% do eleitorado mato-grossense; prazo é estendido para 21 de fevereiro

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Gilberto Giraldelli, revelou na última quarta-feira (22), que 500 mil eleitores mato-grossenses correm o risco de não poderem votar na eleição suplementar ao Senado que acontece no próximo dia 26 de abril, porque não realizaram o cadastro biométrico.

Por esse motivo, o prazo para que os eleitores possam fazer a biometria vai até o dia 21 de fevereiro. “Temos um número de 500 mil eleitores com títulos cassados. Talvez por estarem desacreditados, muitos não fizeram ainda o cadastramento eleitoral. Nós temos feito várias e várias campanhas aqui para chamar a atenção da população para a necessidade de vir fazer a sua regularização eleitoral”, afirmou.

Para regularizar o título, o eleitor deve acessar o site do TRE-MT e verificar os locais disponíveis na Justiça Eleitoral.

A realização da eleição em 26 de abril foi estabelecida após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinar que eleições suplementares ocorram no prazo de até 90 dias. A vaga foi aberta após a cassação da senadora Selma Arruda (Podemos) pelo TSE por abuso de poder econômico e uso de caixa 2 nas eleições de 2018.

Leia Também:  Empresários do ramo de combustíveis cobram ações que inibam sonegação; CPI será retomada em agosto
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana